RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemFatboy Slim confessa ter se arrependido de conhecer David Bowie pessoalmente

imagemA influente banda que acabou causando a "separação" do Guns N' Roses

imagemQuando Roberto Carlos foi alfinetado por Raul Seixas, mas o Rei gostou do que ouviu

imagemO megahit dos Beatles inspirado em desenho de amiguinha do filho de John Lennon

imagemOzzy Osbourne é contemplado com dois Grammy na edição de 2023 do evento

imagemO grande amor de Renato Russo que durou pouco mas marcou sua vida para sempre

imagemAs polêmicas escolhas do Nirvana para o "MTV Unplugged in New York"

imagemAs 5 bandas confirmadas no Summer Breeze Brasil que não tocarão em outras cidades

imagemO hit da Legião Urbana que Renato Russo considerava "pretensioso e babaca"

imagemA única música tocada no Festival de Woodstock que atingiu o primeiro lugar nas paradas

imagemQuando o Lynyrd Skynyrd irritou Mick Jagger ao abrir o show dos Rolling Stones

imagemNovo álbum do Angra será o melhor da era Fabio Lione, segundo Felipe Andreoli

imagemLendário empresário do Kiss se manifesta sobre acusações de playback de Paul Stanley

imagemKiss: Segundo Gene Simmons, Ace Frehley votou pela demissão de Peter Criss, em 1980

imagemMax Cavalera escolhe seus álbuns "não metal" preferidos


Stamp

Dimmu Borgir: Público compareceu em peso ao Credicard Hall

Resenha - Dimmu Borgir (Credicard Hall, São Paulo, 24/04/2004)

Por Adriano Coelho
Postado em 24 de abril de 2004

Fotos: Carolina Oliveira

Uma das principais polêmicas geradas em relação ao Dimmu Borgir é se a banda é realmente Black Metal ou se isso não passa de puro marketing. Aparentemente a dúvida pouca diferença fazia para o público que compareceu em peso ao Credicard Hall para prestigiar a banda que no momento recebe o rotulo de "Black Metal Melódico" ( tá bom assim?).

Encarregados de abrir a noite, o Torture Squad - quarteto paulistano formado por Victor (vocal), Amílcar (bateria), Castor (Baixo) e Ronaldo (Guitarra) - teve meia hora para mostrar todo seu peso e energia. Tocaram músicas dos cds "Pandemoniun", "The Unholy Spell" e "Asylum of Shadows" e acabaram agradando o público.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

O Dimmu Borgir entrou mandando logo de cara "Spelbound". O som alto, a iluminação baixa e o desenho do artista Joachin Luetke no fundo faziam uma combinação perfeita, criando um clima extremamente sombrio, ou seja, tudo aquilo que a platéia queria.

Apesar do preconceito da maioria das pessoas com relação ao Black Metal, a galera foi super pacifica e comportada, dando um bom exemplo.

Uma das dúvidas do show era com relação ao baterista, já que o novato Reno teria a difícil tarefa de substituir o competente Nicholas. Porém poucos minutos após a início do show essa dúvida já havia sido totalmente dissolvida. Reno mostrou que dá conta do recado, castigando a batera sem dó. Mas os maiores destaques do Dimmu foram sem dúvidas o teclado, que chegou a soar de forma macabra e os Backing Vocals, que se destacaram bastante do vocal principal.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Com um set List bem curto, composto pricipalmente por músicas dos dois últimos cds "Death Cult Armagedon" e "Puritanical Euphoric Misanthropia", o show teve apenas uma hora e quinze minutos de duração. A banda tem muito mais som para tocar e ficaram devendo músicas como "Stormblast". Mesmo assim foi um grande espetáculo, fecharam o show com "Progenies of the Great apocalypse".

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |

[an error occurred while processing this directive]

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Def Leppard Motley Crue 2

Veja Dimmu Borgir tocando "Puritania" no Bloodstock 2022

Veja Dimmu Borgir tocando "Gateways" no Bloodstock 2022

Dimmu Borgir: por que a banda ficou 8 anos sem lançar um disco

Canal Barbônico: Dimmu Borgir e as multi-fases do Black Metal


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal