RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemOs 10 maiores vocalistas de heavy metal de todos os tempos, em lista do Ruthless Metal

imagemEx-guitarrista do Megadeth não liga para Mustaine e diz que está "fazendo dinheiro para ele"

imagemComo Tommy Lee e o Mötley Crüe ajudaram Axl Rose a escrever "November Rain"

imagemQual era a opinião de Tony Iommi sobre Ozzy Osbourne solo e Randy Rhoads em 1984?

imagemOs 10 maiores álbuns da história do grunge, em lista do Brave Words

imagemSlash se sente feliz por não existir internet nos primórdios do Guns N' Roses

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemPor que Lemmy odiava tocar "Ace of Spades" nos shows do Motörhead

imagemPara John Lennon, os Beatles poderiam ter acontecido sem George e Ringo

imagemVocalista do Skid Row divulga cover matador de "Painkiller", do Judas Priest

imagemO hit dos Beatles que talvez seja sobre drogas e que "Jesus" acompanhou gravação

imagemPaul McCartney quase foi atropelado ao tentar recriar famosa cena de capa de disco

imagemQuatro músicas de artistas brasileiros que citam Os Paralamas do Sucesso

imagemO brasileiro com a voz parecida com a de Axl Rose que viralizou no TikTok


Stamp

Blaze Bayley: Depois de muitos adiamentos, o show em SP

Resenha - Blaze Bayley (Directv Music Hall, São Paulo, 07/04/2002)

Por Nati Oliveira
Postado em 07 de abril de 2002

Enfim aconteceu! Depois de tantas datas marcadas e desmarcadas, dia 07/04 aconteceu em São Paulo o show de Blaze Bayley, ex-vocalista do Iron Maiden, e sua banda, Blaze, no Directv Music Hall.

Por volta das 20:30 subiu ao palco o Fates Prophecy, responsável pela abertura da noite. Acabando com todos os comentários que se criaram após o triste falecimento de André Boragina (ex-vocalista), sobre o final da banda, o Fates veio com Sérgio Faga (vocal), Paulo de Almeida (guitar), Conrad Michelucci (guitar), Alexandre Ferreira (bass) e Sandro Muniz (drums). Após uma introdução muito bem preparada, abriram o show com Wings Of Fire. Em seguida veio Beast Within, onde foi possível notar a perfeição do som que não irritava os ouvidos do público.

Não se pode deixar de comentar sobre a performance de Sérgio Faga que mostrou muita habilidade no palco, ainda mais se tratando da responsabilidade que ele teve à frente do Fates Prophecy ao assumir o lugar de André.

Outro destaque da apresentação foi o guitarrista Paulo de Almeida que deu um show de presença de palco, participando ativamente e agitando a galera. Uma das músicas mais bonitas da apresentação foi Trap (Projeto Hamlet) e também a bem executada cover de Run To The Hills (Iron Maiden).

O Fates Prophecy está mais vivo que nunca e provou isso nessa belissima "reestréia".

Algum tempo depois vem a banda Blaze com Blaze Bayley (vocal), Steve Wray (guitar), John Slater (guitar), Jeff Singer (drum) e Rob Naylor (bass), abrindo com The Launch.

O que mais impressionou foi ver a evolução do vocalista. Parece um novo Blaze no palco, muito mais solto e com uma presença maravilhosa, uma jovialidade incrível, o tempo todo animando, brincando com o público. Realmente ele se destacou durante todo o show, mas também não é possível deixar de destacar as performances do baixista Rob Naylor e do guitarrista John Slater, muito bem elaboradas, mesclando técnica e melodia.

O set foi composto por: Futureal, Ghost in the Machine, Evolution, Identity, Steel, Stare at the Sun, Como, Leap, Kill, Silicon Messiah, Virus, The Brave, 2 Worlds, Tenth Dimension, Man On The Edge, Born a Stranger e Manhunt.

O ponto mais alto do show foi a maravilhosa participação de André Matos em Man On The Edge (do álbum X Factor, primeiro álbum de Blaze no Iron Maiden). O público delirou ao ver André juntamente com Blaze no palco, e realmente foi uma parceria bem sucedida. Nesse momento podemos dizer que o Directv veio abaixo.

Realmente o show do Blaze impressionou a muitos dos presentes que possivelmente não esperavam um show tão bem montado, simples, porém maravilhoso, com peso, agressividade e uma boa dose de simpatia. Podemos dizer que o Blaze Bayley conquistou São Paulo com uma fórmula muito simples: O bom e velho Heavy Metal bem elaborado!

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps



Blaze Bayley: as 10 músicas preferidas do Maiden que ele não canta

Blaze Bayley: dentro ou fora do Maiden, Bruce Dickinson sempre o apoiou


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal