Músicos Iniciantes: vale a pena largar a faculdade pela música?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Por ARI HERSTAND para o site do próprio.

Convencer seus pais que tudo vai dar certo ainda é provavelmente a coisa mais difícil que um músico tem que fazer - isso e achar o produto certo para os cabelos.

Show de Rock: as diferenças entre os anos 80 e 2010Vocalistas: belíssimos timbres de alguns cantores de rock

Por anos, minha mãe me telefonou perguntando quando eu iria voltar para a faculdade e tirar minha licença. Até hoje ela ainda se preocupa demais e preferiria que eu voltasse para a faculdade de medicina do que viver na estrada colocando minha vida em risco.

Então, se você estiver na faculdade a caminho de se graduar em História, você deve se perguntar algumas coisas. 1] A diversão de estar na faculdade agora vale a prestação do FIES que você vai ter que pagar depois que se formar [desempregado e tocando por dinheiro de pinga em um bar da cidade]? 2] Você quer ser um professor de história, e caso o queira, por que está lendo isso? 3] O que é que ALGUÉM faz com um diploma universitário de História?!

Falando sério, eu não quero te dizer para largar a faculdade agora, porque há muitos fatores que precisam ser levados em conta para tal decisão. Se seus pais estão pagando por sua educação e várias outras despesas enquanto você está na escola, então tire proveito disso e olhe para a faculdade como seu emprego diurno por enquanto. Que bom para você e seus pais de posses. Eles ficarão muito mais dispostos a lhe ajudar mais para a frente quando você ficar sem dinheiro na metade da turnê e precisar de grana para a gasolina e comida para chegar até o próximo show. Então, só levando isso em conta, faça-os felizes por agora e vá bem na escola o suficiente para passar e passar todo seu tempo livre trabalhando em sua música, de modo que, quando você se formar, já saia atirando, e quem sabe, talvez você possa fazer disso sua ocupação em tempo integral.

Se os seus pais não estão pagando sua faculdade e você está, então pergunte-se: 1] Eu estou 100% certo de que quero ser um músico pelo resto da minha vida? 2] Eu preferiria viver na sarjeta com minha guitarra comendo arroz e feijão todo dia por 3 anos ao invés de não tocar música? 3] Há alguma outra carreira que me faria feliz?

Se você respondeu SIM para todas as perguntas, então LARGUE A FACULDADE HOJE. Se você titubeou em qualquer uma delas, FIQUE NA FACULDADE. Porque com a sociedade em que vivemos, há muito poucas empresas e organizações que paguem salários altos e lhe contratam sem um diploma de bacharel. Então, se daqui a cinco anos, sua banda acabar e você não tiver talento para a carreira solo, e se der conta de que você podia simplesmente dar aula de história, então eu não quero ser aquele que te fez arruinar sua vida, se há alguma dúvida de que a música seja como você queira passar a vida, cada fôlego que você inspira para o resto dela, então pega o diploma e depois veja no que dá.

Estamos na era dos astros do rock de nível universitário. Não era assim nos anos 60 e 70 porque os astros do rock SÓ SABIAM tocar - via de regra, eles não tinham outros talentos e não se importavam em aprender nada. Se eles não estivessem tocando, estariam na cadeia ou mendigando na rua. Hoje em dia, trata-se de mais do que simplesmente a música - seja isso bom ou ruim.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção OpiniõesTodas as matérias sobre "Indústria Musical"


CD Players: ainda vale a pena um top de linha? Sim - e muitoCD Players
Ainda vale a pena um top de linha? Sim - e muito

Vinil: comprar toca-discos com USB para converter LP é estupidezVinil
Comprar toca-discos com USB para converter LP é estupidez

Bandas Novas: como vocês NAO devem tratar o técnico de somBandas Novas
Como vocês NAO devem tratar o técnico de som


Show de Rock: as diferenças entre os anos 80 e 2010Show de Rock
As diferenças entre os anos 80 e 2010

Vocalistas: belíssimos timbres de alguns cantores de rockVocalistas
Belíssimos timbres de alguns cantores de rock

Separados no nascimento: Ozzy Osbourne e Jim CarreySeparados no nascimento
Ozzy Osbourne e Jim Carrey

Papai Truezão: astros do Heavy Metal em fotos com seus filhosPapai Truezão
Astros do Heavy Metal em fotos com seus filhos

Kiss: 15 bandas que abriram shows deles e se tornaram famososKiss
15 bandas que abriram shows deles e se tornaram famosos

Slipknot: não queremos tocar perto do Foo Fighters, diz ClownSlipknot
Não queremos tocar perto do Foo Fighters, diz Clown

Phil Anselmo: Sem Vince, não há reunião do PanteraPhil Anselmo
"Sem Vince, não há reunião do Pantera"


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336