Resenhas: uma nota sete é algo bom ou ruim?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por João Renato Alves, Fonte: Blog Van do Halen
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Sou do tempo da média 5 na escola. Portanto, nota 7, apesar de não ser aquilo que nossos pais adorariam ver no boletim, até que livrava a cara da maioria. Mas, com o passar do tempo, a maior parte do sistema educacional adotou o 7. Só que esse número tem despertado uma grande confusão na minha cabeça quando vejo revistas supostamente especializadas dando nota a discos. Especialmente quando se trata de bandas conhecidas, já vi resenhas que claramente apontavam para uma nota menor. Mas na hora de fazer média com os fãs, o chapa-branquismo impera e colocam uma nota maior do que o texto poderia sugerir.

5000 acessos20 Filmes Mais Punk: "Rock N Roll High School" em primeiro5000 acessosSlash: por que ele usa óculos escuros o tempo todo?

E não se engane, você que está lendo essas linhas. A maior parte dos leitores simplesmente se deixa levar pela nota, a coloca com importância maior que qualquer outra coisa. Para mim, 7 é uma boa nota. Não atribuiria esse valor a um trabalho meia-boca, que até tenha lá suas qualidades, mas, no fim das contas, não revele nada demais. Da mesma forma, acho que nota 10 é algo muito forte para sair distribuindo sem critérios. Em contrapartida, já vi muito disco ser malhado e ganhar no final essa cotação, que o coloca na média geral.

Pior, já li bandas com status de melhor do mundo ter disco metralhado em resenha e textos posteriores, para levar um bizarro (nessas condições) 8,5. Esse é o grande problema quando um fã-nático acaba sendo designado para avaliar um álbum de sua banda preferida. Sou contra padronizações. Porém, muito a favor de critérios. Se um disco regular merece 7, por pior que seja, jamais um horrível merecerá zero. Por isso, vejo essa nota como boa e estranho muito quando vejo em revistas e sites um álbum ser classificado como fraco e receber essa avaliação. Acredito que todos saibam a quem estou me referindo com essa crítica.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Opiniões

20 Filmes Mais Punk20 Filmes Mais Punk
"Rock N Roll High School" em primeiro

SlashSlash
Por que ele usa óculos escuros o tempo todo?

Som ruim, fezes e urinaSom ruim, fezes e urina
Um brinde à farsa de Woodstock

5000 acessosGuns N' Roses - Perguntas e Respostas5000 acessosDavid Bowie: muito mais assustador que Michael Jackson5000 acessosShaman: baixista desabafa sobre cena brasileira5000 acessosGuns N' Roses: 50 modelos convidadas para festa, mas nada de namorado4419 acessosDave Grohl: ele será fã incondicional do Metallica até o fim5000 acessosMetal Injection: os dez melhores gifs animados do Slayer

Sobre João Renato Alves

27 anos, jornalista formado pela Universidade de Cruz Alta. Kissmaníaco inveterado, um verdadeiro apaixonado pela banda de Gene Simmons e Paul Stanley. Idolatra com quase a mesma paixão Queen, Van Halen e Black Sabbath. Aprecia desde o Rock dos anos 50 (Elvis, Little Richard, Chuck Berry, entre outros) e 60 (Beatles, Rolling Stones, The Who, Led Zeppelin...), Hard Rock dos 70's (AC/DC, Deep Purple, Alice Cooper...) e 80's (Mötley Crüe, Def Leppard, Europe, Talisman...), Metal Tradicional (Judas Priest, Dio, Ozzy...), NWOBHM (Iron Maiden, Saxon, Angel Witch...) e Thrash oitentista (Slayer, Destruction, Kreator...). Já teve um programa de rádio, chamado "Lavagem Cerebral", na Unicruz FM. Solteiro e seguidor das idéias de Gene Simmons em relação ao casamento.

Mais matérias de João Renato Alves no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online