Antigo baixista de Ozzy critica o Madman

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por João Paulo Andrade
Enviar correções  |  Ver Acessos

Bob Daisley, baixista das primeiras formações da banda de OZZY OSBOURNE, em entrevista à revista Chart Atack, prestou declarações bastante agressivas quanto ao fato de no relançamento de "Blizzard of Ozz" as gravações do seu baixo e da bateria original (feita por Lee Kerslake) terem sido substituidos pelas de Robert Trujillo e Mike Bordin, baixista e baterista atuais da banda do Madman. Daisley informou ainda ter sido o responsável por todas as letras de "Blizzard Of Ozz", "Diary Of a Madman", "Bark At The Moon" e "Ultimate Sin", além de ter salvado a pele de Ozzy ao gravar, na última hora, o baixo em "No Rest For The Wicked" e "No More Tears". "Ozzy não escreve letras. Ele nunca escreveu letras para o Sabbath. Geezer escrevia aquelas letras. Randy Rhoads não escrevia letras e Lee Kerslake não escrevia letras, então eu assumi o posto de letrista."

Milho Wonka: quem são os Posers do Rock hoje em dia?Megadeth: fã tem siricutico ao encontrar Mustaine; veja vídeo

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre os relançamentos, Daisley comentou: "Eu de certa forma esperava por isso; eles fariam alguma coisa para nos ofender ou insultar. Mas não esperava um insulto à memória de Randy Rhoads. O álbum saiu logo depois do aniversário de 20 anos da morte de Randy e isso é um insulto à sua memória, porque ele não opinou sobre as mudanças. Falei com a mãe de Randy sobre isso. Ela também se sente insultada. Eles teriam de colocar um adesivo avisando que não se tratam das gravações e nem da banda original nestes novos álbuns."

Indo mais fundo nas críticas, Daisley declarou ainda: "Ozzy não toca nenhum instrumento. Ele nem é o grande músico que todos pensam. Ele dava boas idéias para as melodias mas a maioria das músicas do Blizzard foram compostas por mim e Randy e no álbum seguinte por mim, Randy e Lee. Acho que ele se emputeceu por causa da lealdade existente entre eu e Lee. Ozzy queria controle sobre as coisas, então se livrou de nós. Nós gravamos as últimas notas de Diary of a Madman e não vimos a mixagem do álbum."

Dias depois, em entrevista à revista Undercover, Bob Daisley confirmou suas declarações, e foi além. Daisley deu detalhes sobre o verdadeiro significado de algumas de "suas" letras, como, entre outras, "Suicide Solution", que seria não sobre a morte de Bon Scott (vocalista do AC/DC) por coma alcoólico, mas sobre os problemas que o próprio Ozzy enfrentava com o álcool à época. Para uma transcrição completa da entrevista visite a Undercover Magazine (em inglês).




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Ozzy Osbourne"


Ozzy Osbourne: relembre 10 momentos insanos da vida do vocalista (vídeo)Ozzy Osbourne
Relembre 10 momentos insanos da vida do vocalista (vídeo)

Ozzy Osbourne: Quando John Lennon morreu, meu mundo parou!Ozzy Osbourne
"Quando John Lennon morreu, meu mundo parou!"


Milho Wonka: quem são os Posers do Rock hoje em dia?Milho Wonka
Quem são os Posers do Rock hoje em dia?

Megadeth: fã tem siricutico ao encontrar Mustaine; veja vídeoMegadeth
Fã tem siricutico ao encontrar Mustaine; veja vídeo


Sobre João Paulo Andrade

Sempre quis viver de Rock e/ou Heavy Metal. Tentou tocar baixo mas era tremendamente incompetente no instrumento. Em 1996 criou o site Whiplash.Net e hoje vive do seu sonho. :-)

Mais matérias de João Paulo Andrade no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL