Baterista do Police processa integrantes do The Doors

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Enviar Correções  

Stewart Copeland, baterista do POLICE, que estava atuando na versão 2003 do THE DOORS, entrou com um processo contra Ray Manzarek e Robby Krieger, pelo fato deles terem contratado um músico para substitui-lo no último dia 31 de janeiro em Los Angeles. O baterista está pedindo US$1 milhão de indenização por quebra de contrato e danos diversos, alegando que sua presença teria contribuído para dar credibilidade ao grupo.

Gigwise: as capas mais polêmicas dos anos 2000

Twisted Sister: segundo Dee, "ser pobre e famoso é uma merda"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Vale lembrar que o baterista original, John Densmore, também está processando Manzarek e Krieger pelo que considera uso indevido do nome THE DOORS, tanto que nos últimos cartazes promocionais a banda vêm sendo apresentada como "THE DOORS 21ST.CENTURY".




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Gigwise: as capas mais polêmicas dos anos 2000Gigwise
As capas mais polêmicas dos anos 2000

Twisted Sister: segundo Dee, ser pobre e famoso é uma merdaTwisted Sister
Segundo Dee, "ser pobre e famoso é uma merda"


Cli336x280