Líder do Camisa de Vênus critica pobreza do momento

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Fonte: Folha Ilustrada
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 30/01/04. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

SHIN OLIVA SUZUKI
da Folha de S.Paulo

292 acessosCamisa de Vênus: veja a banda no Estúdio Showlivre5000 acessosHistória do Rock: dos primórdios aos anos 70

Berço do Camisa de Vênus e amanhã palco da primeira reunião após sete anos de silêncio da banda --que deve começar a se reagrupar de forma esporádica-- Salvador não é exatamente fonte de inspiração para Marcelo Nova, do mesmo modo como tem servido para alguns de seus conterrâneos famosos.

"Eu tenho muito mais um laço afetivo com algumas pessoas do que propriamente um vínculo cultural com Salvador. Sempre quis ir embora porque nunca me senti integrante do ufanismo baiano e dessa pretensa impressão digital em que tudo pode ser identificado e codificado sob a égide do misticismo, do axé e da magia."

Para o cantor, os estereótipos que cercam a Bahia acabam por asfixiar o próprio desenvolvimento social da região: "Não se coloca diante desta rotulação o desejo de lutar por algo. Contanto que você tenha a bunda de alguém mexendo ou esteja bêbado atrás de um trio elétrico, está tudo bem. É um conceito avalizado pela mídia, pelos homens de marketing. Tornou-se "big business'".

Os negócios, para Nova, também tomaram conta do atual cenário do mercado fonográfico de maneira que não há segundas chances e espaço para o desenvolvimento de carreiras musicais.

Algo bastante diferente do que aconteceu com o Camisa de Vênus, que após a saída da Som Livre, não se abalou. O grupo manteve a postura e encontrou abrigo no próprio mercado; ganhou dois discos de ouro e um de platina.

"Se não acertar no primeiro disco, não tem segundo. E o pior é que o acerto é visto pelo viés estritamente comercial", afirma.

A falta de brilho da atual geração de bandas tampouco contribui para o cenário musical atual, onde Marcelo Nova identifica uma grande pobreza lírica. "Falando de uma forma geral falta sustança no texto. Olho para um lado, olho pro outro, e é uma falta de qualidade nas letras. Surgiu uma geração que não lê nada, que não adquiriu o hábito da leitura", diz o músico.

E quem se salva na safra? Charlie Brown Jr., cujo "Acústico" o cantor do Camisa de Vênus fez participação especial? "Descobri em Chorão uma pessoal maravilhosa, muito generosa, alguém que pensei que eu não encontraria no mundo do rock", diz. Mas musicalmente? "Não sei se é bom ou ruim, mas eles me parecem autênticos, no sentido de eles terem criado sua própria sonoridade. Tem dezenas de bandas copiando o som deles". Depois, ele faz um esforço para se lembrar de outros nomes e cita os gaúchos do Walverdes como nome que lhe chamou a atenção.

Marcelo Nova diz não estar passando o bastão do confronto para ninguém. Mas, ao mirar o impacto provocado por sua banda, faz a convocação: "Depois de tudo que o Camisa provocou em Salvador, de polêmica, discussão, interrogações, contradições, respostas e às vezes ausência de respostas, agora é preciso que venha alguém".

FESTIVAL DE VERÃO SALVADOR 2004
Onde: Parque de Exposições de Salvador (av. Luiz Viana Filho, s/n, Itapuã, Salvador, tel. 0/xx/11/241-0001)
Quando: até domingo
Quanto: de R$ 40 a R$ 80 (veja a programação completa do evento no site www.globo.com/festivaldeverao

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Camisa de VênusCamisa de Vênus
Morre o guitarrista Karl Franz Hummel

292 acessosCamisa de Vênus: veja a banda no Estúdio Showlivre189 acessosCamisa de Vênus: veja a banda no Estadão+Música241 acessosCamisa de Vênus: banda vai se apresentar no Showlivre642 acessosCamisa de Vênus: apresentando novo show "Toca Raul"93 acessosVitrola Verde: Lu Stopa conversa sobre Magazine e Camisa de Vênus0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Camisa De Venus"

Marcelo NovaMarcelo Nova
Treta com Samuel Rosa respingou em Herbert Vianna

Rock NacionalRock Nacional
12 discos fundamentais para explicar os anos 80

Marcelo NovaMarcelo Nova
"Na música brasileira existem belas bundas!"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Camisa De Venus"

HistóriaHistória
A história do rock, dos primórdios aos anos 70

Jack BruceJack Bruce
"Foda-se o Led Zeppelin! Eles são um lixo!"

Collectors RoomCollectors Room
A coleção de cerca de vinte mil títulos de Kid Vinil

5000 acessosVocalista: dez razões pelas quais os demais integrantes o odeiam5000 acessosMetallica: prejudicando as finanças da Igreja Universal5000 acessosMalmsteen: Slash, Vai, Satriani e Wylde falam do guitarrista5000 acessosMetal: dez álbuns provam que 1986 foi o ano do Thrash5000 acessosTaylor Hawkins: ele diz qual banda matou o glam metal oitentista5000 acessosPitty: O Rock precisa ocupar a mídia sem fazer papel de rídiculo

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online