Metallica: Ulrich não quer esconder o fato de ser rico

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Douglas Morita, Fonte: Metallica Remains
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de Keith Spera, do The Times-Picayune, afirma que alguns acharam que o documentário "Some Kind of Monster" do METALLICA mostrou mais do que devia, principalmente no quesito "dinheiro". Como exemplo, em um encontro inicial com seus novos companheiros de banda, o baixista Robert Trujillo luta pra manter sua postura enquanto é presenteado com um milhão de dólares. E em uma das cenas mais comentadas, o baterista Lars Ulrich vende sua coleção de arte moderna enquanto bebe champagne e comemora um lucro de 13 milhões de dólares!

2836 acessosMetallica: vocalista e baixista falam sobre Chris Cornell5000 acessosIron Maiden: "Tenho inveja dos fogos do Slipknot",diz Bruce

Mas para Ulrich, retratar a realidade financeira da banda foi essencial para a integridade do filme: "Se você vai abrir as portas, você tem que abrir o máximo possível" disse Lars ao The Times-Picayune. "Eu não acho certo abrir e fechar dependendo da informação. É enganar as pessoas dizer, 'Tá, você pode saber disso, mas não sobre o dinheiro.'"

"As pessoas ficaram tão chocadas que nós revelamos essas coisas de dinheiro. Algumas podem achar isso horrível; eu respeito isso. Mas para mim, você fica limpo se não esconder nada. Não dá para fingir que se vendeu 90 milhões de discos e não se enriqueceu. Tornar isto público ajuda a desmistificar um pouco as coisas".

A entrevista completa e em inglês pode ser lida neste link.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 20 de dezembro de 2015

MetallicaMetallica
Vocalista e baixista falam sobre Chris Cornell

632 acessosMetallica: fã esquece onde estacionou e paga recompensa0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Metallica"

World Of MetallicraftWorld Of Metallicraft
E se o Metallica jogasse World Of Warcraft?

MetallicaMetallica
As treze melhores covers feitas pela banda

Chris CornellChris Cornell
Homenagem ao cantor durante show do Metallica

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Metallica"

Iron MaidenIron Maiden
"Tenho inveja dos fogos do Slipknot", diz Bruce

Bon JoviBon Jovi
Larissa Riquelme dança música com os seios de fora

Strip-TeaseStrip-Tease
Algumas canções que combinam com o tema

5000 acessosSeparados no nascimento: Paul McCartney e Kiko do Chaves5000 acessosTwisted Sister: Dee Snider responde bonito a Gene Simmons5000 acessosAlfabeto do Rock: as 15 melhores músicas de Metal5000 acessosIra!: Edgard Scandurra comenta a polêmica "Pobre Paulista"1981 acessosMarcas Corporativas: E se os logos fossem no estilo Heavy Metal?5000 acessosAC/DC: setlist, fotos e vídeos do show arrasador com Axl Rose

Sobre Douglas Morita

Douglas Morita acha que se existem constantes em sua vida, uma delas definitivamente é o Metallica. Fã da banda desde que se conhece por gente, criou o site Metallica Remains em 1998 e considera o grupo como sua principal - porém, obviamente, não única - influência musical. Além do Metallica, tenta ouvir de tudo um pouco, sem se limitar a estilos ou rótulos.

Mais matérias de Douglas Morita no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online