RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA atitude ousada da Legião Urbana ao peitar Globo e Faustão no meio de uma grande crise

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemA razão que levou Humberto Gessinger a decidir não usar mais nome "Engenheiros do Hawaii"

imagemPor que Gisele Bündchen e Ivete Sangalo deturparam "Imagine", segundo André Barcinski

imagemDiva Satânica explica qual foi a razão que a fez deixar a banda Nervosa

imagemO último show de Bon Scott com o AC/DC, três semanas antes de sua morte

imagemA hilária reação de Keith Richards ao encontrar músicos do Maneskin

imagemDavid Coverdale relembra parceria com Jimmy Page, e fala sobre relançamento

imagemAs duas razões que levaram RPM a passar por segunda separação em 2003

imagemEm entrevista, Tony Iommi contou como aprendeu a tocar guitarra

imagemAlém do Moonspell, São Paulo Metal Fest anuncia Beyond Creation em seu cast

imagemAngra parabeniza a aniversariante Sandy nas redes sociais

imagemJimmy Page sobre o "Presence": "Não se faz músicas como aquelas caindo de bêbado"

imagemGuitarrista do Offspring continuou em seu emprego normal mesmo depois da fama

imagemPrika explica por que nova vocalista da Nervosa não é brasileira e promete single em março


Summer Breeze

Motorhead: Lemmy poderia ter sido um professor de história

Fonte: AOL Música
Postado em 17 de março de 2005

Matéria de Dean Goodman, publicada no AOL Música em 2014

LOS ANGELES (Reuters) - O mundo acadêmico perdeu, mas o heavy metal saiu ganhando. Ian Kilmister, vulgo Lemmy, vocalista do trio de rock inglês Motorhead, poderia ter sido um instigante professor de história, compartilhando com os alunos sua admiração relutante por Goering e seu desdém por "bastardos" como Hitler e Roosevelt.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em lugar disso, porém, o músico ganhou fama e status de cult junto a gerações de metaleiros por cantar e compor hinos de fúria como "Osgasmatron" ou "Killed by Death".

Mas ele conserva seu fascínio com a 2a Guerra Mundial e gasta seu dinheiro colecionando objetos da era nazista, que lotam seu apartamento de dois quartos perto do Sunset Strip, em Los Angeles.

"Nasci em 1945, o ano em que tudo aquilo terminou", disse Kilmister em entrevista concedida em seu bar local predileto, o Rainbow Bar and Grill.

"Aquela época não é história antiga para mim, e não a enxergo apenas em termos de ingleses e norte-americanos bons e alemães ruins."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Suas opiniões já provocaram muita polêmica. No passado, Kilmister se dizia anarquista.

APOSENTADORIA

Seu amigo Ozzy Osbourne lhe deu um punhal da SS e algumas bandeiras, depois de decidir que não precisava de tantos elementos sombrios em sua vida.

O bem que ele mais preza é uma espada Damascus da Luftwaffe, que, segundo um marchand, pode valer pelo menos 10 mil dólares.

"Ela será minha aposentadoria," disse Kilmister, falando de sua coleção.

Por coincidência, o Motorhead, que ele fundou há 30 anos, tem seu maior número de fãs na Alemanha. E Kilmister nunca perde uma oportunidade de visitar locais históricos em toda a Europa, embora nunca tenho ido aos campos de concentração.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"É preciso distinguir entre o que você gosta de colecionar e o que aquele pessoal realmente fez", diz ele.

Kilmister diz que Herman Goering é o único nazista que ele admira um pouco, em parte porque o gordo líder da Luftwaffe criou a Gestapo, a polícia secreta nazista, e assumiu a responsabilidade por ela quando foi a julgamento em Nurembergue, após a guerra. Seu suicídio, horas antes de sua execução prevista por enforcamento, foi "fantástico", segundo o metaleiro.

Mas Kilmister inclui Adolf Hitler, Franklin D. Roosevelt, Neville Chamberlain e Josef Stalin todos na mesma categoria: a de "bastardos mentirosos e ladrões". O atual primeiro-ministro britânico, Tony Blair, também o irrita.

Kilmister diz que seu interesse por história e acontecimentos atuais lhe ensinou algo sobre a hipocrisia e a recusa das pessoas em aprender com o passado e que isso inspira suas canções.

"Sexo, guerra e morte, sem falar em injustiça -- acho que não vão me faltar temas no futuro", comentou.

Mas muitas de suas canções também são marcadas pelo humor, como é o caso de "Killed by Death", de 1984. E, não se sabe bem como, o Motorhead conseguiu incluir uma canção sua na trilha sonora do filme infantil "Bob Esponja".

FAVORITOS DO METALLICA

Kilmister é o único membro original remanescente do Motorhead. Ele canta e toca baixo ao lado do guitarrista Phil Campbell e do baterista Mikkey Dee.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas a influência exercida pelo Motorhead é enorme. O Metallica, por exemplo, foi tremendamente influenciado pelo trio, tendo incluído covers de quatro músicas dele no álbum "Garage Inc.", de 1998.

O Motorhead, por sua vez, gravou um cover da canção "Whiplash" num disco de tributo ao Metallica, com isso conquistando seu primeiro Grammy, no mês passado.

Kilmister já compôs as letras de alguns sucessos de Ozzy Osbourne, entre eles a balada "Mama, I'm Coming Home". Mas nunca conseguiu ficar rico, como Osbourne e o Metallica.

O cantor nunca se casou, mas desfruta a companhia de cinco mulheres na faixa dos 18 aos 25 anos, a quem pode convocar quando quiser.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

No passado, ele chegou a dividir algumas namoradas com seu filho. "Mas nunca transei com a mulher dele", faz questão de deixar claro. "Era preciso traçar um limite em algum lugar."

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Motorhead: Segundo Lemmy Kilmister, "Rap não é música"

Motörhead: em 1995, Lemmy comenta versão do Sepultura

Lemmy: "Coleciono apenas material nazista, não as ideias"


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal