Veja vídeo de Jeff Waters tocando clássico do Megadeth

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Thiago Coutinho, Fonte: Blabbermouth.net
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 04/10/05. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Clique aqui e assista a um vídeo em que Jeff Waters, líder do ANNIHILATOR, toca o solo de “Symphony of Destruction”, clássico do MEGADETH.

3259 acessosMegadeth: cinco vezes onde a banda foi melhor que o Metallica5000 acessosGosto Musical: artistas falam do que devia ser banido para sempre

Para quem não se lembra, Waters chegou a ser convidado duas vezes para integrar a trupe Dave Mustaine. Confira, logo abaixo, a história completa:

”Em 1989, quando o Annihilator acabara de lançar seu primeiro CD, o “Alice In Hell”, estávamos em turnê com o Testament pelos Estados Unidos/Canadá. Chuck Billy veio até a porta do meu quarto e disse: ‘Mustaine está no telefone e quer falar com você’. Eu pensei que ele estava brincando, mas não estava. Lembro-me que Dave pediu para que eu aprendesse um lado-b do álbum ‘Peace Sells..’ e ele ainda estava considerando que o Megadeth regravasse a faixa ‘Crystal Ann’ — um pequeno clássico meu que abria o ‘Alice In Hell’. Eu lhe respondi que era uma honra ser chamado por ele para uma audição, mas que eu tinha as minhas coisas acontecendo naquele momento — meu primeiro álbum, um bom contrato com a Roadrunner Records, eu estava no meio de uma turnê, etc. — mas ele acabou fazendo a melhor escolha para o Megadeth com Marty Friedman.

Não falei mais com Dave por 14 anos. Mas, recentemente, enquanto ele gravava o ‘The System Has Failed’, eu lhe enviei um e-mail dizendo que havia usado suas guitarras ESP para gravar o ‘All For You’. Trocamos mais alguns e-mails e ele me disse que estava procurando por um guitarrista para sair em turnê. Depois de algumas boas conversas, ele me perguntou o que eu achava de entrar no Megadeth.

Acredito que as coisas aconteçam por um propósito, a popularidade e as vendas do Annihilator têm crescido e as coisas têm ido muito bem entre mim e a banda. Então, ser apenas um guitarrista de turnê seria legal, mas quando você tem as suas coisas, sua banda bem estabilizada, não é uma questão apenas de esquecer tudo isso.

Então, novamente, o cara certo para Dave pegou o emprego! E novamente, em meu novo CD, 'Schizo Deluxe', utilizei a linha ESP V de guitarras do Dave Mustaine”.

Por fim, em um momento de breve modéstia, Waters rasgou elogios a Marty Friedman: “Friedman é um grande guitarrista e o solo de ‘Symphony of Destruction’ é um desses raros momentos em que a guitarra concentra velocidade, técnica e melodia em um solo perfeito”.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

MegadethMegadeth
Cinco vezes onde a banda foi melhor que o Metallica

3028 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa501 acessosMarty Friedman: ouça "Miracle", single do novo álbum solo3499 acessosMetallica: e se James Hetfield cantasse no Megadeth?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Megadeth"

Sexta-feira 13Sexta-feira 13
Treze músicas para escutar nesta data

MegadethMegadeth
As várias versões de "Symphony of Destruction"

MetallicaMetallica
Mustaine vai assistir a banda hoje no Rock in Rio?

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Annihilator"0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"

Gosto MusicalGosto Musical
Artistas falam do que devia ser banido para sempre

Fotos de InfânciaFotos de Infância
Lemmy, do Motorhead, muito antes da fama

HumorHumor
Os dez maiores picaretas da música internacional

5000 acessosSlipknot: Corey Taylor não tem a cara limpa por baixo da máscara5000 acessosAC/DC: A origem do nome da banda5000 acessosEm vídeo: A diferença entre ser músico e ser rockstar2620 acessosSlayer: veja Tom Araya e seu cover para "Blackout" do Scorpions5000 acessosJaco Pastorius - um gênio atormentado5000 acessosCláudia Leite: musa do Axé adora Led Zeppelin e Iron Maiden

Sobre Thiago Coutinho

Formado em Jornalismo, 23 anos, fanático por Bruce Dickinson e seus comparsas no Maiden. O heavy metal surgiu na minha vida quando ouvi o vocalista da Donzela de Ferro em "Tears of the Dragon", em meados de 1994. Mas também aprecio a voz de pato bêbado do controverso Dave Mustaine, a simplicidade do Ramones, as melodias intrincadas do Helloween, a belíssima voz de Dio ou os gritos escabrosos de Rob Halford. A Whiplash apareceu em minha vida sem querer, acho que seus criadores são uns loucos amantes de rock e acredito que este seja o melhor site de rock do país, sem qualquer demagogia!

Mais matérias de Thiago Coutinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online