Children Of Bodom: Alex Laiho defende a idéia da gravação de cover de

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Coutinho, Fonte: MetalUnderground.com
Enviar Correções  

Alex Laiho, guitarrista e vocalista do CHILDREN OF BODOM, defendeu a idéia da banda em gravar um cover da cantora pop Britney Spears. E adorou a reação dos fãs que detestaram a idéia do grupo. "Isso é só entretenimento", defendeu Laiho.

Metal: por que os metalheads vivem presos no passado?Slipknot: Veja membros atuais sem máscara

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Confira, logo a seguir, a entrevista que Laiho concedeu ao site MetalUnderground.com:

MetalUnderground.com — Como Kimberly Goss, do Sinergy, acabou compondo as letras de "Bastards of Bodom" com você?

Alex Laiho — Logo ao fim do processo de gravação, você sabe, gravando os vocais e tal, eu não tinha as letras para três faixas. Eu já estava estressado pra caramba. E depois da gravação, fiquei mais ou menos assim: ‘caras, eu vou tirar uns dias de folga para escrever as letras das faixas que estão faltando’. Na verdade, eram quatro faixas. Então, sentei em meu apartamento com um copo de uísque e fiquei dias compondo as letras. Acabei falando com Kimberly pelo telefone e disse a ela a história toda. E ela acabou me respondendo: ‘olha, se você quiser eu posso ajudá-lo com essas letras’. E eu lhe disse que se ela pudesse, seria demais. E foi assim que ela acabou compondo essas letras. Acho que elas soam muito bem. Como disse anteriormente, eu estava muito estressado já. E ela me ajudou com tudo isso.

MetalUnderground.com — E como foi trabalhar com o novo guitarrista, Roop Latvala?

Alex Laiho — Foi muito bom. Como guitarrista, ele é muito melhor do que o nosso anterior, o Alexander, definitivamente. E, como pessoa, encaixou-se muito bem. Na verdade, foi por isso que antes dizíamos que ele era apenas um músico de estúdio quando se juntou a nós. Queríamos ter certeza de que ele era a pessoa certa para o posto. Para nós, é importante encontrarmos um cara que se de bem conosco. Não brigamos ou não ficamos enjoados um dos outros. Sempre nos damos bem com tudo. Então, isso era muito importante. O cara errado poderia acabar arruinando tudo. Definitivamente, ele é o cara certo.

MetalUnderground.com — Sobre o cover de Britney Spears, eu sei que a idéia de vocês era que isso soasse como uma piada, mas por que vocês escolheram uma faixa tão horrível como "Ooos I Did It Again"?

Alex Laiho — [risos] À parte o fato de que obviamente isso era para ser uma piada, nós queríamos fazer algo que realmente surpreendesse as pessoas, sabe, chocá-las mesmo. Veja, nós já havíamos feito uma da Ramones, outra do Billy Idol e depois aquela do Andrew WK. E depois desta última, não sabíamos mais qual fazer. Então, pensamos em algo bem louco com a Britney Spears. E acho que saiu algo bem legal mesmo.

MetalUnderground.com — Você sabe o que Britney Spears achou da sua versão?

Alex Laiho — Acho que ela nem sabe que fizemos isso, uma banda de metal cheio de malucos fazendo um cover dela. Eu definitivamente gostaria de saber o que ela achou, se ela sequer ouviu. Acho que ela odiaria.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

MetalUnderground.com — Mas muitas pessoas ficaram mais ou menos assim: ‘nossa, estou tão desapontado com o Children of Bodom por tirar um cover da Britney Spears, perdi todo meu respeito por eles’. Que tipo de reação vocês esperavam?

Alex Laiho — Essa, definitivamente. Aliás, foi essa uma das razões pelas quais escolhemos fazer este cover. Foi divertido para nós ler todas essas merdas. Entende, ver como as pessoas podem levar isso tão a sério. Algo como: ‘nossa, esses caras não são mais ‘true metal’, porque eles tiraram um cover da Britney Spears, por isso vou atirar todos os meus CDs deles pela janela e queimar todas minhas camisetas’. Cara, mas que porra é essa, você está me dizendo que eu não sou metal mais? Você é um maluco do caralho, isso sim! Como disse, essas pessoas que levam o metal tão a sério, que levam as bandas tão a sério, acho isso sim engraçado. Só de ler essas reações, como disse, é definitivamente só entretenimento.

Para ler a entrevista na íntegra, clique aqui.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Doors: a tenebrosa versão de Angélica para Light My FireDoors
A tenebrosa versão de Angélica para Light My Fire

Slayer: o que acontece quando tentam tocar com um violão?Slayer
O que acontece quando tentam tocar com um violão?


Metal: por que os metalheads vivem presos no passado?Metal
Por que os metalheads vivem presos no passado?

Slipknot: Veja membros atuais sem máscaraSlipknot
Veja membros atuais sem máscara


Sobre Thiago Coutinho

Formado em Jornalismo, 23 anos, fanático por Bruce Dickinson e seus comparsas no Maiden. O heavy metal surgiu na minha vida quando ouvi o vocalista da Donzela de Ferro em "Tears of the Dragon", em meados de 1994. Mas também aprecio a voz de pato bêbado do controverso Dave Mustaine, a simplicidade do Ramones, as melodias intrincadas do Helloween, a belíssima voz de Dio ou os gritos escabrosos de Rob Halford. A Whiplash apareceu em minha vida sem querer, acho que seus criadores são uns loucos amantes de rock e acredito que este seja o melhor site de rock do país, sem qualquer demagogia!

Mais matérias de Thiago Coutinho no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280