Vocal do Satyricon perde briga na Justiça

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Fonte: Blabbermouth
Enviar Correções  

Segundo o site Dagbladet.no, o frontman do SATYRICON, Sigurd "Satyr" Wongraven, foi condenado a pagar 16 mil dólares relativos a despesas legais por uma má sucedida tentativa de processo contra o jornal VG que havia acusado a banda de envolvimento em estupros. A matéria no jornal continha uma foto de Wongraven, embora citasse que o músico em questão não tinha envolvimento nos estupros de que eram acusados outros membros da banda.

Helter Skelter: a música que Charles Manson "roubou" dos Beatles

Em cana: os rockstars em suas fotos mais constrangedoras

Em dezembro de 2004 a tour da banda pela América do Norte foi interrompida quando os guitarristas contratados Steinar Gundersen e Arnt Gronbech foram acusados de agressão sexual envolvendo consumo de drogas, dentro do tour-bus da banda, no Canadá (leia um artigo da época, em inglês).

Wongraven pediu ao jornal indenização de 6 mil dólares pelo artigo, e ofereceu um acordo de 2 mil dólares. O jornal rejeitou os termos do acordo e o caso foi a julgamento. Em primeira instância o jornal perdeu o caso, mas apelou da decisão, revertendo a situação.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Sexo: os clipes mais sensuais do Metal segundo a Metal HammerSexo
Os clipes mais sensuais do Metal segundo a Metal Hammer

Metal norueguês: as dez melhores bandas segundo o About.comMetal norueguês
As dez melhores bandas segundo o About.com


Helter Skelter: a música que Charles Manson roubou dos BeatlesHelter Skelter
A música que Charles Manson "roubou" dos Beatles

Em cana: os rockstars em suas fotos mais constrangedorasEm cana
Os rockstars em suas fotos mais constrangedoras


adWhipDin adWhipDin