Evanescence finaliza produção de novo clipe

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Wesley Patryck Dultra de Almeida, Fonte: MTV.com
Enviar correções  |  Ver Acessos

O clipe de "Call Me When You're Sober" do EVANESCENCE, o primeiro single do próximo CD da banda, "The Open Door", irá estrear em 7 de agosto na MTV. De acordo com a MTV.com, o clipe apresenta a cantora Amy Lee usando uma capa de cetim vermelha e sentada em uma penteadeira antiga. Um homem jovem - com olhos azuis claros e maltrapilho, barba por fazer e costeletas - se aproxima dela por trás, acariciando seus ombros e beijando suavemente seu pescoço enquanto ela tenta repelir as investidas dele.

Machismo na música: Sharon den Adel e Amy Lee falam sobre o assuntoVocalistas: as vozes mais agudas do Metal segundo o Noisecreep

"A música é tão literal, as letras e tudo - Eu quero dizer, obviamente, só pelo título - que nós quisemos que o vídeo tivesse a liberdade de ir em uma direção menos literal," Amy explicou. "Então é uma [reimaginação moderna de] Chapeuzinho Vermelho e o Lobo Mau e tipo de uma Chapeuzinho Vermelha mais descolada, superheroína e rock and roll".

A estréia do clipe de "Call Me When You're Sober" irá preceder o lançamento em 3 de outubro de "The Open Door", o disco seguinte ao disco de lançamento do EVANESCENCE em 2003, "Fallen". O video provavelmente não mostrará o baixista William Boyd, que recentemente deixou o grupo.

O assunto da música, disse Lee, envolve "algo que todo mundo já viveu" - a frustração de "lidar com alguém com um vício, o que é realmente difícil, especialmente quando se ama alguém." Entretanto, Lee não está tão acostumada a escrever canções com sentidos literais.

"É muito novo para nós, e é divertido, na verdade," ela disse. "Neste disco eu meio que superei todos os meus limites e fiz todas as coisas que talvez eu não tive coragem de fazer da última vez ou apenas que eu estou mais velha agora e mais madura - eu não sei - uma escritora melhor. Eu trabalhei muito mais duro e acho que as músicas estão melhores e eu estou animada. Eu gostaria que o disco saísse na semana que vem."

"Eu sinto que tenho a habilidade de fazer muitas coisas que eu não podia fazer antes, por várias razões," ela continuou. "Como uma musicista, eu sinto que eu posso fazer qualquer coisa. Este disco é completamente do jeito que eu queria que fosse em todos os níveis, e é mais de mim e mais do meu estilo de escrever. Muitas portas foram meio que abertas na minha vida - não apenas desde que tudo aconteceu para nós. Mas recentemente, eu meio que aprendi a dizer, 'OK, é isso,' e cortar alguns laços e seguir em outra direção - aprender como dizer 'Não' e procurar a felicidade."




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Evanescence"


Machismo na música: Sharon den Adel e Amy Lee falam sobre o assuntoMachismo na música
Sharon den Adel e Amy Lee falam sobre o assunto

Evanescence: banda faz show acústico de surpresa na RússiaEvanescence
Banda faz show acústico de surpresa na Rússia

Evanescence: Jen Majura mostra em vídeo por que não fez audiçãoEvanescence
Jen Majura mostra em vídeo por que não fez audição

Evanescence: Amy Lee conta qual a música mais difícil de cantar ao vivoEvanescence
Amy Lee conta qual a música mais difícil de cantar ao vivo


Vocalistas: as vozes mais agudas do Metal segundo o NoisecreepVocalistas
As vozes mais agudas do Metal segundo o Noisecreep

Satanismo: O que pensam os que acreditam que rock é coisa do demo?Satanismo
O que pensam os que acreditam que rock é coisa do demo?


Sobre Wesley Patryck Dultra de Almeida

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adClio336|adClio336