Líder do Pro-Pain é preso, acusado de agressão

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Wesley Patryck Dultra de Almeida, Fonte: Sarasota County Sheriff
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 29/07/06. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

De acordo com o site da Delegacia de Polícia de Sarasota County, Gary Meskil, líder do PRO-PAIN e baixista da banda CRUMBSUCKERS, foi preso no início da manhã de domingo, 23 de julho pela acusação de agressão.

5000 acessosGuitarras: as 15 músicas mais complicadas para tocar5000 acessosKiss FM: as 500 mais tocadas pela rádio em 2008

Gary e alguns dos outros membros do CRUMBSUCKERS supostamente se envolveram em uma briga no Paddy Wagon Irish Pub em Sarasota, Florida, após uma noite de ensaios pelo show de reunião que irá acontecer em breve e Meskil foi preso às 2:49 a.m., de acordo com o boletim de ocorrência oficial da delegacia de Sarasota Couty. Gary foi fichado às 4:54 a.m e sua fiança estabelecida em $750 dólares. Ele foi solto às 6:44 a.m.

Para ver o “boletim de ocorrência”, basta fazer o download (NOTA: PDF file; o boletim de Meskil pode ser encontrado na página 106). A foto de sua prisão pode ser encontrada neste link.

O CRUMBSUCKERS irá se reunir para um show especial em 3 de agosto no B.B. King Blues Club & Grill em Nova Iorque para marcar o 20o. aniversário do lançamento do seu disco clássico “Life of Dreams”. Os membros originais Meskil, Chris Notaro (vocais), Chuck Lenihan (guitarrista do GENITORTURERS), e Dan Richardson (baterista do LIFE OF AGONY, PRO-PAIN, STEREOMUD) serão acompanhados por Tom Klimchuck do PRO-PAIN durante o show, o qual terá as participações de SUBZERO, IRONBOUND NYC (com membros do SICK OF IT ALL, KILLING TIME, MAXIMUM PENALTY, STRAIGHT AHEAD e NAUSEA) e CAR BOMB.

O CRUMBSUCKERS lançou dois discos pelo selo Combat – o “Life of Dreams” de 1986 e “Beast On My Back” de 1988 – antes de acabar no início dos anos noventa. Vários membros embarcaram em uma empreitada metal chamada HEAVY RAIN, mas a banda durou pouco. A “cozinha” de Meskil e Richardson foi para o PRO-PAIN, enquanto Chuck Lenihan acabou indo para o GENITORTURERS.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Polícia"

The OsbournesThe Osbournes
Sharon conta como Ozzy tentou assassiná-la

Kevin ShirleyKevin Shirley
Detido por causa de calote do Slayer em 2004

Jimi HendrixJimi Hendrix
O boato do assassinato pelo empresário inglês

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Polícia"0 acessosTodas as matérias sobre "Propain"

GuitarrasGuitarras
As 15 músicas mais complicadas para tocar

Kiss FmKiss Fm
As 500 mais pedidas na programação em 2008

FotosFotos
Confira 10 das mais curiosas no mundo do Rock - Parte 1

5000 acessosGuitarristas: os sete mais influentes de todos os tempos5000 acessosAs regras da NWOBHM5000 acessosMetalhead: as mulheres mais sexys do Heavy Metal5000 acessos"Mascotes" de bandas: GigWise elege os 14 mais famosos5000 acessosRock, Revolução e Satanismo5000 acessosGuitarra: uma impressionante aula sobre estilos pessoais no Metal

Sobre Wesley Patryck Dultra de Almeida

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online