Banda feminina Flammea volta à ativa

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Fonte: Rock Brigade
Enviar Correções  

A banda feminina Flammea, de Brasília, está de volta à ativa. O grupo conseguiu uma boa repercussão na cena underground nacional no início dos anos 90, quando a presença de mulheres em bandas de heavy metal ainda não era tão corriqueira como hoje em dia.

A formação da nova encarnação da banda Flammea é a mesma que gravou algumas demos nos anos 90, com Shirley (vocal), Rosane (baixo), Deize (guitarra), Adriana (guitarra, integrante da banda Valhalla) e Ana Lima (bateria). O grupo assinou com o selo carioca Dies Irae Records, que lançou uma versão em vinil da demo First Scream, de 1992, e um split-demo com a também banda feminina Volkana, com as músicas Hide e Descend To Hell.

publicidade

Um CD também está planejado para breve, mas nem a banda e nem selo adiantam ainda detalhes sobre o trabalho.

Também está nos planos do grupo a participação em uma compilação de Brasília, em que as bandas fazem covers umas das outras. As três principais bandas femininas da cena do Distrito Federal, Valhalla, Volkana e Flammea, já confirmaram presença no projeto que é capitaneado pelo veterano produtor e fanzineiro Fellipe CDC, da banda Death Slam.

publicidade

A banda Flammea surgiu em Brasília no final dos anos 80 e, no início da década de 90, radicou-se em São Paulo e foi pré-contratada pelo selo Rock Brigade Records. No entanto, antes da concretização do primeiro LP, o grupo se dissolveu e ficou no ostracismo até neste ano, quando decidiu pela volta às atividades.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Slash: A lição aprendida após espalhar que Paul Stanley era gaySlash
A lição aprendida após espalhar que Paul Stanley era gay

Metallica: os motivos da saída de Jason NewstedMetallica
Os motivos da saída de Jason Newsted


WhiFin WhiFin