Roça n'Roll: 5 mil roqueiros em Varginha

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ivanei Salgado
Enviar correções  |  Ver Acessos

(Press-release)

Roqueiros de todo Brasil lotam o estacionamento do Estádio Municipal Melão, em Varginha, durante a 9ª edição do Roça n'Roll. Nos dois dias do evento sexta-feira (25) e sábado (26), aproximadamente 5 mil pessoas assistiram apresentações musicais de 23 bandas de quatro estados brasileiros.

No primeiro dia do festival, os grupos Ahura Mazda, Black Jack Bones, Zarg, Destroyer (Kiss Cover) e Ventania, abriram a apresentação da banda Made In Brazil. No sábado a banda mais esperada da noite foi o Sepultura, mas as bandas Alcholica, Extreme Action, Alpha Scorpii, Barbarian, Skyeart, Necrofobia, Lethal Fear, Phobia, Statik Majik, Pleiades, Foxtrott, Lothlöryen, Imago Mortis, Exxótica, Harllequin e Descerebration surpreenderam o público.

Segundo o músico Charlie Ferreira Curcio, de 36 anos, alguns grupos desconhecidos podem fazer uma apresentação superior aos conjuntos famosos. Para ele o Brasil é um celeiro de bandas de qualidade, mas poucas têm chance de participar de eventos com equipamentos e estrutura profissional. "Festivais como o Roça n'Roll são fundamentais para dar visibilidade a elas", explica.

Outra vantagem oferecida para os grupos, é a possibilidade de gravação de uma música para o DVD oficial do Roça n'Roll. Uma equipe de profissionais de comunicação e música registrou os momentos marcantes do evento. O resultado, conforme o publicitário Paulo Henrique Baldan, diretor geral da gravação, vai superar o vídeo da edição passada.

As apresentações dos grupos não foram registradas somente em áudio e vídeo. O fotógrafo profissional Ricardo Zupa tirou mais de duas mil fotos nos dois dias. Especializado na cobertura de shows de rock e heavy metal, Zupa já fotografou os maiores eventos do gênero no país. "O Roça n'Roll é uma verdadeira reunião bandas e músicos do meio underground brasileiro. É o maior do estilo no estado de Minas e se compara com grandes festivais realizados nas capitais" completa.

A 9ª edição do Roça n'Roll envolveu mais de 100 profissionais nos trabalhos de produção e segurança. Aos freqüentadores foi disponibilizado praça de alimentação e estandes de lojas produtos ligados ao Rock. Do lado de fora do estacionamento do Melão, muitos comerciantes informais aproveitaram para ganharem dinheiro extra com a venda de bebidas e lanches rápidos.

"Um festival desse porte movimenta a economia varginhense, pois traz milhares de pessoas à cidade", revela o produtor Rosildo Beltrão. Mas o benefício não é apenas econômico. De acordo com ele, o Roça atua como um divulgador da cidade entre os apreciadores de música. "As diversas excursões do estado de São Paulo e localidades distantes do sul de Minas provam isso", completa.

Apesar da transferência emergencial da Fazenda Estrela para o Melão, devido a ocorrência de chuvas na região, o público reagiu de forma positiva à mudança. Mesmo assim, os organizadores garantem o retorno do festival à zona rural em 2008. "Essa é uma das principais características do evento e a razão do nome Roça n'Roll", explica Bruno Maia.

A 9ª Expedição do Roça 'n' Roll é uma idealização e realização da Cangaço's Produções Artísticas, produção de RB Produções e Eventos, com apoio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Governo de Minas Gerais e Prefeitura Municipal de Varginha, e patrocínio da Proluminas e Calçados Bonfim. Outras informações no site www.rocainroll.com.


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Notícias

Metallica: a evolução de James Hetfield ao longo dos anosMetallica
A evolução de James Hetfield ao longo dos anos

Separados no nascimento: Geddy Lee e Marquito do RatinhoSeparados no nascimento
Geddy Lee e Marquito do Ratinho


Sobre Ivanei Salgado

Jornalista profissional, especializado em Comunicação Empresarial e Marketing e em Gestão de Pessoas e Projetos Sociais. Atua também como Produtor Cultural no Sul de Minas e presta consultoria em Comunicação e Projetos Culturais. Apaixonado por Heavy Metal desde 1984, apresenta o Programa Combate (Rádio Melodia FM), em Varginha e já editou os fanzines Lamentation Zine e Metal MusiKa. Também é colaborador da Roadie Crew.

Mais matérias de Ivanei Salgado no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336