James LoMenzo, grande fã de Dave Ellefson

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Marco Néo, Fonte: Brave Words, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 17/05/07. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O site SDMFworldwide.com recentemente falou com James LoMenzo, baixista do MEGADETH. Seguem algumas partes da entrevista:

3333 acessosMegadeth: cinco vezes onde a banda foi melhor que o Metallica5000 acessosSlash: Um dia Michael Jackson ficou puto com ele?

Pergunta: Os fãs de Megadeth são dos mais difíceis de agradar em razão das diversas formações da banda. Eles sabem o que funciona e o que não, como foi pra você aprender o material de Dave Ellefson?

James: "Eu sou um grande fã de Dave Ellefson! Mais até do que eu imaginava! O estilo dele é mais orientado para a guitarra do que o de outros baixistas. Já eu venho daquele velho funk dos anos 60, pra começo de conversa. Quando eu comecei a me aprofundar no som do Megadeth foi que eu percebi que o estilo do baixo dele é crucial para o som clássico da banda. É instrumental para o som da banda. Então eu não tenho nada a não ser coisas boas pra falar dele pelo menos no que se refere a ser um grande baixista".

"Eu tenho um enorme respeito pelas formações originais das bandas. Eu me lembro de ver o Deep Purple ao vivo e pensar 'Cara, não é todo mundo que está ali no palco, sei lá…' mas às vezes não é possível. Eu levo muito a sério a responsabilidade de estar nesta banda, ao ponto de tocar algumas músicas com palheta em vez de com os dedos, que é o meu estilo tradicional".

Leia a entrevista completa (em inglês) neste link.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

MegadethMegadeth
Cinco vezes onde a banda foi melhor que o Metallica

3044 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa504 acessosMarty Friedman: ouça "Miracle", single do novo álbum solo3507 acessosMetallica: e se James Hetfield cantasse no Megadeth?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Megadeth"

DebandadosDebandados
Saíram de uma banda e formaram outra (melhor?)

Dave MustaineDave Mustaine
Ele quer parar antes de ficar como Keith Richards

AngraAngra
Rafael Bittencourt fala de racismo, carnaval e Megadeth

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"

SlashSlash
Um dia Michael Jackson ficou puto com ele?

KissKiss
"Rock não tem segredos! É trabalho para otários!"

Rob HalfordRob Halford
Resposta educada a comentários de Dickinson

5000 acessosPink Floyd: dupla sertaneja desvirtua clássico da banda5000 acessosPhil Anselmo: mandou um "White Power" mas nega ser racista5000 acessosIron Maiden: versões pesadas para clássicos do Rock5000 acessosPinouvido: A cena da morte de Kurt Cobain em infográfico5000 acessosMetallica: Robert Trujillo "explica" ausência de Kirk Hammett5000 acessosMetal Open Air: Em 2012, o maior fiasco da história do Heavy Metal no Brasil!

Sobre Marco Néo

Nascido na primeira metade dos anos 70, teve seu primeiro contato com sons pesados quando o Kiss veio para o Brasil, em 83, mas não compreendeu bem o que era aquilo. A contaminação efetiva ocorreu um ano depois, quando conheceu Motörhead, Judas Priest, AC/DC, Iron Maiden. Desde então, tornou-se um apaixonado colecionador de tudo o que se refere a Metal e Rock'n'Roll, independentemente de subestilos.

Mais matérias de Marco Néo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online