Don Arden: Os segredos sombrios do pai de Sharon Osbourne

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por César Enéas Guerreiro, Fonte: Daily Mail, Tradução
Enviar Correções  

Mick Wall publicou em agosto de 2007, no jornal britânico Daily Mail, o artigo a seguir...

Como todos os que o conheceram, eu ouvi falar de Don Arden, que morreu semana retrasada, muito antes de encontrá-lo: ele já era o Al Capone do Pop, como ele gostava de ser chamado.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ele foi o gângster da indústria musical que pendurou seu colega empresário Robert Stigwood pelas pernas do alto de uma sacada por ousar desafiá-lo; o empresário do THE SMALL FACES que, conforme alegaram depois, pegou todo o dinheiro deles; o empresário, que sempre carregava uma arma, de GENE VINCENT, BLACK SABBATH e muitos outros, incluindo o grupo mais lucrativo de todos, o ELECTRIC LIGHT ORCHESTRA, cujas vendas fenomenais nos anos setenta permitiram que Don comprasse a velha mansão de Hollywood do milionário Howard Hughes por US$8 milhões (o equivalente a £40 milhões hoje).

Sua filha, Sharon Osbourne — conhecida na época como a esposa e empresária de OZZY OSBOURNE, famosa hoje como a matriarca boca suja do "The Osbournes", como a estrela do "The X Factor" e de seu próprio programa de entrevistas — uma vez me ligou e perguntou se eu gostaria de trabalhar com Don em seu livro de memórias.

Eu levei um choque. Como jornalista especializado em música e biógrafo que já conhecia Sharon e Ozzy há mais de 20 anos, eu sabia da antipatia que existia entre ela e o seu pai.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Antes a filhinha de papai que aprendeu tudo sobre o mundo da música trabalhando com Don, Sharon brigou tão feio com seu pai 20 anos atrás que eles declararam guerra entre si desde aquela época.

Sharon jogou sopa sobre a mulher com quem Don havia começado uma relação extraconjugal em Hollywood no começo dos anos oitenta (deixando a mãe de Sharon vivendo sozinha na Inglaterra) e uma vez chegou até mesmo a tentar atropelar Don com seu carro — com Ozzy morrendo de medo no banco do passageiro.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Blind Guardian: Algumas verdades sobre Hansi KürschBlind Guardian
Algumas verdades sobre Hansi Kürsch

Aerosmith: Tyler acha que Kiss é banda de história em quadrinhosAerosmith
Tyler acha que Kiss é banda de história em quadrinhos


Sobre César Enéas Guerreiro

Nascido em 1970, formado em Letras pela USP e tradutor. Começou a gostar de metal em 1983, quando o KISS veio pela primeira vez ao Brasil. Depois vieram Iron, Scorpions, Twisted Sister... Sua paixão é a música extrema, principalmente a do Slayer e do inesquecível Death. Se encheu de orgulho quando ouviu o filho cantarolar "Smoke on the water, fire in the sky...".

Mais informações sobre César Enéas Guerreiro

Mais matérias de César Enéas Guerreiro no Whiplash.Net.

Cli336 CliHo Cli336 Cli336