Chris Caffery presta homenagem a Criss Oliva

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Emmanuella Conte, Fonte: Brave Words & Bloody Knuckles, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Chris Caffery, guitarrista do SAVATAGE / TRANS-SIBERIAN ORCHESTRA / DORO, escreveu o seguinte:

"Uau... Muitos anos se passaram desde que Criss foi tirado de nós. Eu nunca imaginei que as coisas fossem ser como são, mas nunca ninguém pode dizer isso.

Uma coisa é certa. O legado do Savatage está crescendo mais forte. Um dia nós iremos tocar de novo, não me perguntem como eu sei, eu só sei!

Neste dia, deveremos celebrar a vida de um dos melhores. Criss, sinto a sua falta. Onde quer que você esteja, coloque um CD do Savatage. Aprecie o quão incrível o Sr. Oliva era/é. Ele é uma lenda e não deveria jamais ser esquecido... Na verdade, eu sei que ele nunca será e eu agradeço a todos vocês pela ajuda!

Chris".

Criss Oliva faleceu em 17 de outubro de 1993 quando ele e sua esposa Dawn, que estavam a caminho do Livestock Festival em Zephyrhills na Flórida, foram atingidos de frente por um motorista bêbado. Dawn ficou gravemente ferida.


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Savatage"Todas as matérias sobre "Transsiberian Orchestra"


Chris Caffery: guitarrista sofreu preconceito por ser cabeludoChris Caffery
Guitarrista sofreu preconceito por ser "cabeludo"

Metallica: As 5 melhores versões de terceiros dos seus clássicosMetallica
As 5 melhores versões de terceiros dos seus clássicos


Sons Of Anarchy: a obra-prima televisiva e sua fantástica trilha!Sons Of Anarchy
A obra-prima televisiva e sua fantástica trilha!

Uruca: Os 9 mais azarados da história do RockUruca
Os 9 mais azarados da história do Rock


Sobre Emmanuella Conte

Emmanuella Conte é paranaense residente em Goiás; está graduando em Biologia e trabalha na área ambiental. Nas horas vagas, dedica-se ao curso de Alemão, vai às apresentações das bandas locais ou fica pela internet procurando por notícias e fotos de suas bandas favoritas. Entre os estilos que mais gosta estão o Classic Rock, Hard Rock/AOR, Heavy/Thrash/Power/Speed/Symphonic Metal, Industrial, Metalcore e o Punk, sendo grande simpatizante do movimento setentista. Aspirante a beatlemaníaca por culpa do pai, indentifica-se com a cultura trash em geral, desde filmes de terror-B ao Horror Rock, por culpa da mãe. Pelo resto, ela se responsabiliza.

Mais matérias de Emmanuella Conte no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336