Metallica: assistente de Ulrich comenta disco novo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Douglas Morita, Fonte: Metallica Remains
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

O Virginia Fuel, chapter do MetClub de Virgínia, EUA, publicou uma entrevista com Steven Wiig, assistente de longa data do baterista do METALLICA, Lars Ulrich. Um trecho da conversa pode ser conferida abaixo:

Metallica: quando Kirk Hammett ouviu o Wah Wah pela primeira vezMustaine: "Aos 15 entrei na magia e conheci o lado negro!"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Virginia Fuel: Você teve alguma chance de ouvir o material que o Metallica está trabalhando para o novo álbum?

Steve Wiig: "Eu ouço o tempo todo. Eu não consigo me livrar disso [risos]. Eu geralmente estou no estúdio ou próximo dele com eles. Existem algumas coisas rápidas, coisas pesadas, coisas lentas. Existem algumas coisas lá que soam mais próximas um pouco do estilo de 'Fade to Black', 'Sanitarium', 'One'... O esquema guitarra limpa/riff, uma ótima melodia... O treco de verso com um refrão pesado e o final que detona tudo. É legal ouvi-los fazendo esse tipo de coisa de novo. Isso é o que Rick [Rubin, produtor] vem tentando dizer - não tenham medo de fazer mais do que vocês fazem muito bem. Não tentem reinventar a roda. Só façam um excelente disco do Metallica".

Wiig disse ainda: "até agora - até onde eu sei - James [Hetfield] está fazendo todas as letras por conta própria, e não necessariamente como foi feito no 'St. Anger' (o esforço em grupo). Eu imagino que Rick queria que James mergulhasse em seu próprio mundo, buscasse suas próprias coisas e trouxesse letras que viessem do coração. Em particular, eu já escrevi músicas (para bandas em que já estive) das duas formas (sozinho e de maneira colaborativa) e cada uma tinha seus pontos positivos e negativos. Eu acho que as gravações de James me mostraram realmente que ele é capaz de criar letras muito profundas quando ele as cria sozinho. Eu estou ansioso para ouvir o que ele trará liricamente".




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Metallica"Todas as matérias sobre "Lars Ulrich"


Metallica: quando Kirk Hammett ouviu o Wah Wah pela primeira vezMetallica
Quando Kirk Hammett ouviu o Wah Wah pela primeira vez

Michael Jackson: filha faltou à formatura para ir assistir o MetallicaMichael Jackson
Filha faltou à formatura para ir assistir o Metallica

Metallica: vídeo oficial de "One" ao vivo na RomêniaEm 18/11/1997: Metallica lançava o álbum Reload

Em 18/11/1962: nascia Kirk HammettEm 18/11/1962
Nascia Kirk Hammett

Metallica: em vídeo, como a banda sabotou a carreira do Jason NewstedMetallica
Em vídeo, como a banda sabotou a carreira do Jason Newsted

Metallica: filmagem profissional de "Harvester Of Sorrow" ao vivo em MoscouMetallica: vídeo de "Sad But True" em Moscou; confira

Infectious Grooves: show gratuito é confirmado em SP com Charlie Brown Jr e maisInfectious Grooves
Show gratuito é confirmado em SP com Charlie Brown Jr e mais

Iron Maiden: brigando com o Metallica para ser a maior banda de Metal de todos os temposIron Maiden
Brigando com o Metallica para ser a maior banda de Metal de todos os tempos

Metallica: e se Enter Sandman fosse do David Bowie?Metallica
E se "Enter Sandman" fosse do David Bowie?

Polêmica: As maiores tretas no Rock em 2014Polêmica
As maiores tretas no Rock em 2014


Mustaine: Aos 15 entrei na magia e conheci o lado negro!Mustaine
"Aos 15 entrei na magia e conheci o lado negro!"

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1981Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1981


Sobre Douglas Morita

Douglas Morita acha que se existem constantes em sua vida, uma delas definitivamente é o Metallica. Fã da banda desde que se conhece por gente, criou o site Metallica Remains em 1998 e considera o grupo como sua principal - porém, obviamente, não única - influência musical. Além do Metallica, tenta ouvir de tudo um pouco, sem se limitar a estilos ou rótulos.

Mais matérias de Douglas Morita no Whiplash.Net.

adGoo336