Rammstein: guitarrista comenta encontro com Page

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Vinicius Rezende, Fonte: Brave Words, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 09/02/08. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

A revista Brave Words & Bloody Knuckles esteve com o guitarrista do Rammstein, Richard Z. Kruspe, para conversar sobre seu novo projeto solo, Emigrate. Segue um trecho da entrevista, na qual Kruspe fala sobre a influência do rock da década de 70 que permeia o disco.

5000 acessosLed Zeppelin: 24 curiosidades sobre "Stairway to Heaven"5000 acessosThe Rev: um dos músicos mais brilhantes perdidos na última década

"Eu sempre pensei que esse álbum seria bem obscuro, logo, eu fiquei surpreso em descobrir que é um disco bem influenciado por rock." diz Kruspe. "É interessante que você mencione a década de 70, pois é com essa música que eu cresci. Acredito que o ambiente influencia em como a música vai soar, e parece que não importa que tipo de banda vem de Nova York [onde Kruspe mora], todas elas parecem ter aquela pitada de rock em seu som. Acho que a canção ´New York City´ no álbum do Emigrate captura bem isso."

"Nunca realmente tive nenhum guitar hero enquanto crescia, mas Jimmy Page era um cara que eu admirava porque ele conseguia escrever boas canções. Ele era um grande guitarrista, mas ele realmente estava nas canções que tocava. Era isso que eu sempre gostei nele. Ele veio a um dos nossos shows (do Rammstein) e me perguntou: ´Como diabos você consegue tirar aquele som da guitarra?´ e eu estava como uma criança pequena. Era aquela coisa de: ´Como eu não sou nada.´ (risadas)"

"Eu também fiquei realmente surpreso com a quantidade de solos de guitarra que estão no álbum do Emigrate, porque eu nunca pretendi fazer aquele tanto." Kruspe disse, rindo "Eu não sou um daqueles guitarristas que precisa ter um álbum cheio de solos. Apenas aconteceu assim, e talvez o seja porque não haja tanto espaço no Rammstein para esse tipo de coisa. O Emigrate me dá a liberdade de fazer o que eu quiser, então isso tem um efeito sobre mim e sobre meu jeito de tocar."

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Led ZeppelinLed Zeppelin
24 curiosidades sobre "Stairway to Heaven"

539 acessosDanilo Vicari: Top 10 Riffs do Led Zeppelin2730 acessosLed Zeppelin: Dando peso ao trailer de Thor Ragnarok0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Led Zeppelin"

Heavy MetalHeavy Metal
11 músicas pesadas lançadas antes de surgir o gênero

ObservadorObservador
Os 15 discos mais vendidos de todos os tempos

Uma foto que fala por siUma foto que fala por si
Liga de Cavalheiros Extraordinários

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Rammstein"0 acessosTodas as matérias sobre "Led Zeppelin"

The RevThe Rev
Um dos músicos mais brilhantes perdidos na última década

Iron MaidenIron Maiden
Conheça o responsável pelos teclados na banda

Total GuitarTotal Guitar
Os melhores e piores covers da história

5000 acessosMetallica: Lars Ulrich quase saiu no tapa com Lou Reed5000 acessosSlayer: as dez melhores músicas segundo o site Loudwire5000 acessosIron Maiden: a brincadeira de gato e rato nas capas da banda5000 acessosGene Simmons: ele e Paul Stanley não dão "uma de Axl Rose" com o outro5000 acessosRaul Seixas: contando sobre tortura durante a ditadura militar5000 acessosPaul Gilbert: "tudo que aprendi a tocar é valioso e válido"

Sobre Vinicius Rezende

Rezende colabora com o Whiplash! sobretudo com traduções de notícias e álbuns. Graças ao Pink Floyd é fã de Douglas Adams e de Rock Progressivo, e tem o desejo de um dia viver na Suécia, país de bandas maravilhosas como Opeth, Pain Of Salvation, Porcupine Tree e The Flower Kings.

Mais matérias de Vinicius Rezende no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online