AC/DC: banda pode estar planejando turnê

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Cleyton Lutz
Enviar correções  |  Ver Acessos

De acordo com o programa "Friday Night Rocks", que vai ao ar por uma rádio nova-iorquina, a banda australiana pode embarcar em uma turnê de "despedida", assim que o próximo álbum estiver concluído.

Heavy Metal: cinco discos necessários dos anos setentaGuns N' Roses: álcool, drogas e intrigas nos primórdios da banda

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mês passado, o baixista Cliff Williams afirmou ao site Spinner.com que o AC/DC entraria em estúdio a partir de março para gravar um novo trabalho, o primeiro em oito anos - o último havia sido "Stiff Upper Lip", lançado em 2000.

O músico também comentou a possibilidade do grupo entrar em turnê. "Se nós sairmos em turnê novamente ou quando sairmos, você nunca deve saber. Estamos por aí durante muito tempo, então vamos permanecer juntos e em estúdio, e eu espero inteiramente que nós façamos (uma turnê). Eu não quero ser negativo sobre isto".




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "AC/DC"


Sebastian Bach: com inveja de Axl Rose por causa do AC/DCSebastian Bach
Com inveja de Axl Rose por causa do AC/DC

Heavy Metal: dez álbuns que fizeram de 1980 o ano do gêneroHeavy Metal
Dez álbuns que fizeram de 1980 o ano do gênero


Heavy Metal: cinco discos necessários dos anos setentaHeavy Metal
Cinco discos necessários dos anos setenta

Guns N' Roses: álcool, drogas e intrigas nos primórdios da bandaGuns N' Roses
álcool, drogas e intrigas nos primórdios da banda


Sobre Cleyton Lutz

Estudante de Jornalismo, mora em Guarapuava, PR. Adora escrever sobre futebol e rock 'n' roll. Sobre música, adora o Hardão Setentista (Grand Funk, Uriah Heep, Deep Purple, Led Zeppelin) e o progressivo (Yes, Jethro Tull, Focus). Para música acha que nasceu pelo menos uns 30 anos atrasado. Das bandas atuais gosta de White Stripes, Wolfmother e Hellacopters. Mas sua paixão é o som trascendental do Pink Floyd. Os seus grandes sonhos são ver ao vivo uma reunião dos quatro novamente, como ocorreu no Live 8, além de comprar uma moto com a primeiro dinheiro que ganhar com o jornalismo.

Mais matérias de Cleyton Lutz no Whiplash.Net.

Goo336x280