Crosby, Stills, Nash & Young: "Deja Vu Live"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Felipe Ferraz, Fonte: Billboard, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

A Reprise Records lançará "CSNY: Déjà Vu Live" no dia 22 de julho; o disco é uma trilha sonora para o documentário "CSNY: Déjà Vu" sobre a turnê norte-americana "Freedom of Speech Tour" de CROSBY, STILLS, NASH AND YOUNG, realizada em 2006.

Sabaton: Exército brasileiro retribuiu homenagem da banda suecaGuitar World: os 100 piores solos de guitarra da história

O álbum conta com dezesseis versões completas de músicas cujos trechos aparecem no filme. "Realmente é CSNY. Não foram feitos overdubs. Não há correções. É direto da mesa de som. As mixagens básicas são as que as pessoas ouvem quando nós tocamos", explica Young em uma entrevista para a Billboard. Devido ao seu som natural, o álbum realmente tem "pedaços brutos por ele todo," diz Young.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Crosby Stills Nash And Young"


Sabaton: Exército brasileiro retribuiu homenagem da banda suecaSabaton
Exército brasileiro retribuiu homenagem da banda sueca

Guitar World: os 100 piores solos de guitarra da históriaGuitar World
Os 100 piores solos de guitarra da história

Andreas Kisser: os álbuns que marcaram o guitarristaAndreas Kisser
Os álbuns que marcaram o guitarrista

Fotos de Infância: Max e Igor Cavalera, do SepulturaFotos de Infância
Max e Igor Cavalera, do Sepultura

Humor: Ser prog metal é mais que saber tocar em modo frígioHumor
Ser prog metal é mais que saber tocar em modo frígio

System Of a Down: baterista de 9 anos detonando ToxicitySystem Of a Down
Baterista de 9 anos detonando "Toxicity"

Megadeth: a história de quando Slash quase entrou na bandaMegadeth
A história de quando Slash quase entrou na banda


Sobre Felipe Ferraz

Estudante de computação conformado com o futuro dos dedos em um teclado e longe dos fretes de uma guitarra, pois após muito tentar teve que admitir que, com sua sofrível técnica, nem se quisesse tocar no Calypso teria chance. Amante de Rock e Heavy Metal desde ouvir os primeiro acordes de "Iron Man" do Black Sabbath, não se prende a rótulos musicais, ouvindo tudo que lhe agrada. No geral sons pesados, melódicos e com muita guitarra, apesar de detestar exibições de virtuosismo desnecessárias nas músicas. Acompanha o Whiplash! desde os tempos de internet discada, tomando a feliz iniciativa de contribuir após desistir de virar notícia no site e encontrar o link de colaboração.

Mais matérias de Felipe Ferraz no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336