Metallica: Hammett fala da sensação de ser um rock star

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Douglas Morita, Fonte: Metallica Remains
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 17/09/08. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

A RollingStone entrevistou em setembro de 2008 o guitarrista do METALLICA, Kirk Hammett. Um trecho da conversa pode ser conferido abaixo.

4578 acessosMetallica: Lars Ulrich lamenta a morte de Chester Bennington5000 acessosBayley, Wilson e Cherone: grandes erros na história de grandes bandas

RollingStone: Houve um momento em que você percebeu que era uma estrela do rock?

Kirk: "Foi provavelmente durante a turnê do álbum preto, quando as coisas começaram a ficar realmente loucas. Nós íamos em eventos sociais, e Ozzy vinha até a gente e dizia 'Oi' ou nós recebíamos uma mensagem falando 'Tony Iommi está aqui. Ele quer dizer olá'. Se nossos heróis, as pessoas que nos inspiraram tanto, estão interessadas na gente agora, nós devemos ter cruzado a linha em algum momento. Nós atingimos um nível, entre músicos, de respeito. Foi um sentimento poderoso".

RollingStone.com: Isto te fez perceber que seu amigo estava certo - estrelas do rock também são normais?

Kirk: "Chega uma hora que você começa a se sentir confortável com eles, e percebe, sim, eles têm as mesmas mecânicas que qualquer outro ser humano do mundo. Só porque eles tocaram aquele solo de guitarra fantástico em 1978 isso não os tornam mais-que-humanos. Eu espero continuar assim com as pessoas quando elas me encontram. Eu sempre me sinto desconfortável quando as pessoas começam a reverenciar. Eu espero um aperto de mão e que elas façam apenas isso. Apenas aperte minha mão! [Risos]"

RollingStone.com: Quanto você acha que precisa estar no Metallica - que não há nada mais que você possa ou queira fazer? Durante a criação do "St. Anger", quando ficou claro que as engrenagens não estavam girando, você aceitou o fato que nada dura pra sempre?

Kirk: "Honestamente, eu estava pronto para começar a trabalhar em um álbum solo. Eu tinha um monte de música guardada. Eu ia pedir pro Lars tocar bateria nele. Mas pra ir ao ponto real da questão..."

RollingStone.com: A necessidade de estar nesta banda...

Kirk: "É realmente importante. Eu estou na banda há mais tempo nela do que fora dela. Eu me juntei à banda quando tinha 20 anos de idade. Eu estou na banda há 25 anos agora".

A entrevista completa pode ser, em inglês, clicando aqui.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

MetallicaMetallica
Lars Ulrich lamenta a morte de Chester Bennington

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Metallica"

MetallicaMetallica
Shakira cantando Nothing Else Matters no RiR

MetallicaMetallica
Cliff Burton não era um grande fã do Iron Maiden

MetallicaMetallica
Os segredos de "Enter Sandman"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Metallica"

VocalistasVocalistas
Três grandes erros na história de três grandes bandas

GibsonGibson
As dez melhores composições épicas do rock

Guns N RosesGuns N' Roses
O "Chinese Democracy" que você nunca viu

5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 19845000 acessosDuff McKagan: 3 litros de vodka, 3 gramas e meio de cocaína5000 acessosLegião Urbana: O dia em que Renato calou a plateia do Programa Livre5000 acessosMetallica: "One" fez a ponte entre o Venom e eles4148 acessosScreaming Lord Sutch & the Savages5000 acessosLed Zeppelin: sexo explícito na entrega de discos de ouro em 1973

Sobre Douglas Morita

Douglas Morita acha que se existem constantes em sua vida, uma delas definitivamente é o Metallica. Fã da banda desde que se conhece por gente, criou o site Metallica Remains em 1998 e considera o grupo como sua principal - porém, obviamente, não única - influência musical. Além do Metallica, tenta ouvir de tudo um pouco, sem se limitar a estilos ou rótulos.

Mais matérias de Douglas Morita no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online