Metallica: assassino de Nova Jersey quer novo julgamento

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Douglas Morita, Fonte: Metallica Remains
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 10/09/08. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

De acordo com o site PhillyBurbs.com, o homem de Nova Jersey que assassinou sua mãe e então esfaqueou um menino de 11 anos até a morte afirmando ter sido influenciado por uma música do METALLICA sobre um menino que "perdeu seu caminho neste dia sangrento" (da música “Ronnie” do álbum “Load”) quando cometeu o crime, está pedindo uma reanálise da sentença que o condenou a 50 anos de prisão em 2004.

4578 acessosMetallica: Lars Ulrich lamenta a morte de Chester Bennington5000 acessosSlash: Um dia Michael Jackson ficou puto com ele?

Ronald Pituch, 33, esteve na Corte Suprema americana ontem para verificar o status de um pedido que ele mesmo preencheu da Prisão Estadual de Nova Jersey, onde está cumprindo sua pena que o manterá preso até que ele tenha no mínimo 76 anos de idade.

Pituch afirma que ele não "sabia da extensão de sua sentença" devido àquilo que ele diz ser um excesso de remédios para desordem psicológica. A música fala sobre um menino que "nunca riu, nunca sorriu, conversava sozinho por milhas, milhas e milhas".

Na música, nada acontece em uma cidade tranquila até que Ronnie puxa uma arma, e as crianças "todas caem, caem, caem".

Membros da família disseram que Pituch parou de tomar sua medicação alguns dias antes dos assassinatos, de acordo com o The Philadelphia Inquirer.

No dia anterior às mortes, Pituch ligou para Nikki Roberts, uma residente de Evesham que anos antes havia sido uma colega de classe dele na Shawnee High School em Medford. Ele ficou bravo e perguntou se ela era fã do METALLICA. "Eu não sei o que tudo isso significa", ele disse a ela. "Eu devo ser o filho de Satã ou algo assim".

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

MetallicaMetallica
Lars Ulrich lamenta a morte de Chester Bennington

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Metallica"

MetallicaMetallica
Lars Ulrich usando calcinha no Rock in Rio?

MetallicaMetallica
Sobre o que fala "For Whom The Bell Tolls"

Rolling StoneRolling Stone
Revista elege os melhores rocks com mais de sete minutos

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Polícia"0 acessosTodas as matérias sobre "Metallica"

SlashSlash
Um dia Michael Jackson ficou puto com ele?

KissKiss
"Rock não tem segredos! É trabalho para otários!"

Rob HalfordRob Halford
Resposta educada a comentários de Dickinson

5000 acessosSarcófago: Wagner fala da banda, radicalismo, Ghost e muito mais5000 acessosGhost: De quais bandas brasileiras eles gostam?5000 acessosDébil Metal: quando os fãs assustam os ídolos5000 acessosBret Michaels: a pornografia que quase o matou5000 acessosMustaine: "Aos 15 entrei na magia e conheci o lado negro!"5000 acessosTestament: Eric Peterson fumou erva com o Black Sabbath

Sobre Douglas Morita

Douglas Morita acha que se existem constantes em sua vida, uma delas definitivamente é o Metallica. Fã da banda desde que se conhece por gente, criou o site Metallica Remains em 1998 e considera o grupo como sua principal - porém, obviamente, não única - influência musical. Além do Metallica, tenta ouvir de tudo um pouco, sem se limitar a estilos ou rótulos.

Mais matérias de Douglas Morita no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online