Matérias Mais Lidas

imagemO hit da Legião Urbana cuja letra fala sobre esperança de Renato em se curar da AIDS

imagemTom Morello explica por que o RATM se reúne, mas não lança novas músicas

imagemA lenda do Rock que se arrepende de nunca ter dormido com Jimi Hendrix

imagemMax e Iggor convidam Jairo, detonam no Rio e alfinetam: "Verdadeiro Sepultura"

imagemNando Reis e a enigmática música que ele queria usar para seduzir Marisa Monte

imagemMetallica e as duas músicas do "Black Album" que retratam traumas de James Hetfield

imagemQuando Slash tentou entrar pro Kiss mas foi rejeitado por um motivo cruel

imagemPodcast diz que prática comum no black metal hoje seria "coisa de esquerdomacho"

imagemPink Floyd: Roger Waters relembra a última vez que viu Syd Barrett

imagemO hit dos Engenheiros do Hawaii com citação de canção soviética sobre defender a pátria

imagem"Babá de Artista" do Rock in Rio diz que Iron Maiden não dá trabalho e são "gentleman"

imagemA sincera resposta de João Gordo para quem o acusa de ser "traidor do movimento"

imagemDez clássicos do rock e do heavy metal que não têm bateria

imagemPrika explica critérios para entrar na Nervosa: "Fascista na minha banda não toca!"

imagemO hit dos Engenheiros do Hawaii que faz uma dura crítica à panelinha do rock nacional


Dream Theater 2022

Scott Weiland: "Barack é o cara, aquele que conseguirá"

Por Rafael Tavares
Fonte: Blabbermouth.net
Em 31/10/08

Scott Weiland, do STONE TEMPLE PILOTS/ex-VELVET REVOLVER, publicou o seguinte depoimento:

"Patriotismo é uma palavra que tem sido usada muito este ano, mas acredito que tenhamos falhado ao definir o que é patriotismo. McCain se considera um renegado e patriota, mas ele seria mesmo? Este país foi criado por patriotas que também eram radicais. Eles precisavam ser, para poderem se erguer perante um coverno que era opressivo, um governo que não permitia liberdades pessoais, um governo que comandava e controlava pela força. Isto lhe soa familiar? Isso lhe soa como McCain sendo parte da solução, ou parte do problema?"

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

"Não me entenda mal. Eu não estou advogando uma revolução violenta. Entretanto, este país nasceu sob a revolução e o conceito de liberdade. Estas promessas fazem parte da nossa constituição, escritas como doutrinas com cheques e balanços contidos nos poderes executivo, judicial, e legislativo de nosso governo. Um poder não deveria ter mais força que o outro, mas esta posição ou foi esquecida, ou descartada. Como resultado, nossas vozes, poder, e liberdades pessoais diminuiram por conta disso".

"Um bom exemplo disso é uma emenda constitucional que agora permite que o governo, secretamente, crie grampos e espie basicamente qualquer um, a qualquer hora, em qualquer lugar, sem qualquer balanço de poderes, tudo em nome do patriotismo. Eu procurei pela palavra ‘patriota‘ no dicionário Webster e em lugar algum eu encontrei uma razão para que um governo das pessoas, pelas pessoas, e para as pessoas possa livremente espionar ou intimidar uma família americana, não importa qual seja esta família americana".

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

"Nas nossas escolas públicas a história americana não é mais uma prioridade. Não é de se admirar, então, que cada geração perdeu seu senso de orgulho natural, conhecimento e senso de deveres cívicos, que se mostram em simples atos como votar ou fazer trabalhos voluntários".

"Nós nos metemos em uma bagunça econômica. Nós fazemos parte da dinâmica que está criando essa avalanche financeira. Nós compramos e vendemos o conceito de consumismo, que apenas favoreceu a elite de um por cento. Nós nos tornamos uma sociedade descartável de compras e vendas. Nós estamos vendo agora o fim de um mito financeiro, o fim da era Reagan. Os dias da América sendo uma sociedade descartável estão chegando ao fim".

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

"Um bom exemplo econômico é o ramo imobiliário. Há dois anos atrás, minha esposa e eu compramos uma casa que estava no mercado há dois dias. Fomos informados que teríamos lucro, nós a devolvemos ao mercado seis meses atrás. O fundo do mercado imobiliário caiu, e está assim há seis meses. Agora estamos olhando para uma perda. Um membro da família, um bem sucedido agente imobiliario, teve que se aposentar devido aos prejuízos".

"Políticos infiltram de tudo enquanto o público da arte, TV, filmes e principalmente música viram um olho cego. Nós já fomos um país construído na luz, uma luz que iluminava os sonhos de milhões. Às vezes isso significava se aventurar em missões perigosas; as vezes isso significava viver perante apenas uma promeça ou esperança. Essas promessas e esperanças estão lentamente desaparecendo e nos tornando cínicos".

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

"A América é um farol, mas ela foi corrompida por promessas não cumpridas. Nós não devemos nos enganar pensando que em um mundo que está mudando tão ferozmente, modificações e ratificações não deveriam ser feitas, especialmente pelo bem do povo, o sonho, o milagre que se tornou esta nação, que acredito ter sido inspirada por Deus".

"Agora que eu completei 41 anos, eu estou vendo as coisas sob uma perspectiva diferente. Eu testemunhei a guerra fria entre a União Soviética e os EUA e sua recente renovada queda de braço. Eu vi países como Coréia do Norte, Irã, Paquistão, Índia e claro, China, a economia que mais cresce no mundo, crescer forte e amplamente após a queda do muro de Berlim".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Havia algo notavelmente diferente entre quando eu tinha 22 anos comparado com o que eu vejo na juventude atual. Uma das responsabilidades principais de um cidadão é estar consciente e ativo. Nós nos tornamos tão obcecados pelas celebridades, e os ‘Reality TV‘ mostraram que mais nada é chocante. Nada de valor importa. Não me entenda mal, isto não é apenas sobre uma geração, isto também é parcialmente sobre a mídia e seu relacionamento com a educação, história americana, cultura pop, e arte. Não ajuda em nada que gerações mais jovens saibam mais sobre as celebridades do que sabem a respeito dos três poderes governamentais ou dos verdadeiros patriotas".

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

"Portanto, nós precisamos ‘educar‘. E não ‘Os Simpsons‘, embora uma paródia inteligente, não é real, MUITO MENOS É ‘Reality TV‘, o US Weekly. Luzes acesas... acorde... isto é REALIDADE! A luz está diminuindo, o sonho está sumindo. Nós juramos não ser uma nação que marcha para a guerra apenas pra flexionar nossos músculos, porém somos um país que foi criado com o intuito de honrar nossos compromissos. Nós somos um país que honra nossos soldados que cumpriram seus chamados, pois foi assim que conseguimos a independência, e porque é assim que sonhos e liberdades são esquecidos. Mais uma vez, em vários aspectos, estes são tempos opressivos e a esperança parece estar prestes a escorregar embora".

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

"Viajando há 18 anos como meio de vida, eu vi as mudanças de atitude dos povos ao redor do globo. Eu vi nosso país partir de um que todos admiravam para se tornar uma piada comum. Obviamente, isso machuca. ‘Nós as pessoas‘ não podemos mais permitir isso; é hora de mudança. É hora dos sonhos e esperanças serem renovados. É hora de colocar a América de volta ao caminho da unidade, prosperidade, e respeito".

"Nós precisamos de um líder que acredite naquele sonho e tenha aquela esperança. Mais do que precisamos de um líder que nos lidere de volta aos princípios morais do nosso país, um líder que tenha a coragem criativa para nos adiantar para o futuro e para um lugar melhor. Eu sinto isso, eu acredito nisso, Barack é o cara, o presidente que pode e conseguirá".

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

"Eu vejo Barack Obama como um patriota natural pois ele não tem medo de atacar o que está errado e tem a força para fazê-lo direito. Eu vejo Obama como um patriota natural pois ele tem as habilidades intelectuais, emocionais e verbais para inspirar. Ele nos faz querer aprender; ele nos faz querer crescer; ele nos faz querer mudar. Obama pode nos levar do medo à esperança, ele pode nos ajudar a redefinir a América de um modo que o nosso país se torne novamente um farol de esperança para nos orgulhar e também àqueles ao redor do mundo".

"Depois de olhar para tudo que há de errado na economia, política internacional, educação, e outros problemas que testarão nosso novo presidente, eu não vejo John McCain como o renegado e patriota que ele se diz ser. Ao contrário, eu vejo Barack Obama como o patriota, aquele homem, aquele presidente que está pronto para liderar, e aquele que pode e conseguirá".

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

"Por favor ajam, por favor se envolvam, mesmo que o que eu tenha escrito os motive a seguir por outra direção (eu espero não ser tão ruim em persuadir). Entretanto, quando você olhar lá no fundo, você não gostaria de se encher de orgulho ao dizer ‘Eu sou um americano‘ novamente?"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Velvet Revolver: "pensava que Scott seria como Keith Richards"

NoiseCreep: os 10 melhores riffs de hard rock dos anos 1990

Stone Temple Pilots: Jeff Gutt foi amigo de Chester Bennington

Van Halen: o constrangedor encontro de Eddie com o Nirvana

A importância da revista Playboy na vida de alguns rockstars


Sobre Rafael Tavares

Nascido em 1987, descobri o rock and roll já cedo, aos 6 anos de idade, quando ouvi "I Don't Care About You" com o Guns N' Roses em algum momento de 1993. De lá pra cá minha paixão pela música pesada e, especialmente pelo Guns N' Roses (que estará para sempre marcado em minha pele, alma e coração) cresceu exponencialmente. Sebastian Bach me fez querer virar cantor e o resto é história. Produtor fonográfico, formado em Letras e professor. Tão diversificado quanto o Rock and Roll, essa é minha vida, esse é meu clube. =D

Mais informações sobre

Mais matérias de Rafael Tavares.