Dismember: "um monte de bandas hoje são educadas demais"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Eduardo Macedo, Fonte: Portal Novo Metal, Press-Release
Enviar correções  |  Ver Acessos

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

Diretamente da Suécia, um dos mais vociferados nomes do Death Metal vem disseminando todo o peso e brutalidade dentro do estilo que o consagrou. Após mudanças na formação (como quase sempre acontece quando você tem mais de 20 anos de estrada), o DISMEMBER tem provado que sabe exatamente o que é e o que faz. Em entrevista ao Portal Novo Metal, o baixista Tobias Cristiansson usou palavras diretas e objetivas para expressar opiniões, desmentir algumas pseudo-afirmações e confirmar uma futura pausa da banda quando o assunto for viagens longas e exaustivas.

Dismember: veja show com a formação original no Scandinavia DeathfestLars Ulrich: jucando no camarim do Guns N' Roses

Novo Metal - Que importância vocês atribuem ao nome Dismember dentro da cena Death Metal?

Tobias Cristiansson: "O Dismember tem estado por perto quase desde o começo do Death Metal. Pelo menos a sua versão sueca. E para mim Dismember é Death Metal puro. Muitas bandas que tocam Death Metal hoje em dia não fazem isso certo, na minha opinião. Há muita moleza por aí. Eu suponho que o Death Metal tenha de ser brutal e um monte de bandas hoje são educadas demais. Então, eu acho que o Dismember permanece em algo que é sólido e também as pessoas que gostam da banda apreciam nós sermos como somos e não estarmos mudando o nosso estilo".

Novo Metal - Tobias, em entrevista à edição alemã da Metal Hammer, você afirmou que o Heavy Metal é um estilo de vida, não existindo NADA fora desse espaço. Não considera essa visão um tanto limitada e simplória?

Tobias Cristiansson: "Eu disse isso? Eu não lembro. Eu não acho que eu tenha dito que não havia nada além disso. Isto soa muito superficial quando você põe dessa forma. Para mim a música é o mais importante. Eu não gosto quando as pessoas estão nisso apenas pela aparência ou qualquer coisa. Eu tenho um sincero amor pelo Heavy Metal e a música é muito importante na minha vida. Eu posso ficar irritado quando as pessoas fazem pouco disso e não tratam o estilo de vida musical com respeito".

A entrevista na íntegra pode ser conferida neste link.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Dismember"


Dismember: veja show com a formação original no Scandinavia Deathfest

Lars Ulrich: jucando no camarim do Guns N' RosesLars Ulrich
Jucando no camarim do Guns N' Roses

AC/DC: a história do nome e a idéia do uniforme de AngusAC/DC
A história do nome e a idéia do uniforme de Angus

Megadeth: Mustaine fala sobre satanistas, gays e gatosMegadeth
Mustaine fala sobre satanistas, gays e gatos

Riff: palavra sem tradução na língua portuguesaRiff
Palavra sem tradução na língua portuguesa

Slayer: é melhor não mexer com a família do Tom Araya...Slayer
é melhor não mexer com a família do Tom Araya...

Tony Iommi: John Bonham quebrou a bateria de Bill WardTony Iommi
John Bonham quebrou a bateria de Bill Ward

Insanidade: garoto é expulso de colégio por ouvir RATM e KornInsanidade
Garoto é expulso de colégio por ouvir RATM e Korn


Sobre Eduardo Macedo

Teve a felicidade de descobrir o Metal com um álbum de um grupo nacional, Theatre Of Fate dos paulistanos do Viper. Atuante no cenário nacional, Eduardo Macedo administra a empresa de assessoria de imprensa MS Metal Press, juntamente com seu trabalho de redator para o site Portal Novo Metal e para a revista Lucifer Rising, esta última voltada ao que existe de melhor no Metal extremo mundial. Amante de todas as vertentes do Metal, Eduardo tem como foco o cenário brasileiro, onde já contribuiu como vocalista das bandas Tharsis e Veuliah, além de ser um colecionador incondicional de todo material lançado por bandas tupiniquins.

Mais matérias de Eduardo Macedo no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336