Yngwie Malmsteen: "nunca fui prioridade para as gravadoras"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Marco Néo, Fonte: Brave Words & Bloody Knuckles, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 24/01/09. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O guitar hero sueco YNGWIE MALMSTEEN falou recentemente ao site Chartattack.com sobre vários assuntos, incluindo seu mais novo trabalho, “Perpetual Flame”, lançado por seu próprio selo, Rising Force Records:

1261 acessosGuitarristas: em vídeo, 5 fodões do instrumento quando bem jovens5000 acessosPink Floyd: dupla sertaneja desvirtua clássico da banda

"Quando eu estive em gravadoras grandes, como Polydor, Atlantic ou Elektra, eu sempre senti que era posto de lado e de qualquer forma eu nunca foi prioridade pra eles", explica Malmsteen. "Pra mim, tendo um bom relações públicas, e eu tenho o melhor, e tendo uma boa distribuição, e eu tenho a melhor, dá pra fazer um trabalho tão bom, ou até melhor, que essas majors porque não tem ninguém no caminho e ninguém contra quem competir. Nós apenas começamos, sabe. O disco só foi lançado há um mês, mas até agora está indo muito bem."

O álbum Perpetual Flame também é o primeiro trabalho de Malmsteen com Tim "Ripper" Owens (ex-JUDAS PRIEST, ICED EARTH).

"A gente se conhece há um longo tempo", diz Malmsteen sobre seu novo vocalista. "O que aconteceu com esse disco foi que eu o gravei de uma maneira um pouco diferente. Eu comecei a compor as músicas durante a turnê do álbum anterior (“Unleash the Fury”, de 2005). Eu já tinha várias idéias, então fui para um estúdio com o baterista, gravei todas as partes de bateria e voltei para a turnê. Depois eu voltei, gravei alguns teclados e escrevi umas letras. No decorrer desse processo, as músicas começaram a tomar forma. E quando eu terminei tudo, percebi que (o ex-vocalista Doogie White) não iria encaixar muito bem porque as músicas pediam uma voz diferente. Foi então que o nome do Tim surgiu, ele veio até Miami e nós fizemos tudo e foi impressionante. Depois disso não tinha mais nem o que pensar."

Leia a matéria completa (em inglês) neste link.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 24 de janeiro de 2013

Rock e MetalRock e Metal
7 bandas/artistas que você pronuncia o nome errado

1261 acessosGuitarristas: em vídeo, 5 fodões do instrumento quando bem jovens1201 acessosYngwie Malmsteen: vídeo raro o mostra tocando bateria e cítara214 acessosBlend Guitar: momentos inesquecíveis de Yngwie Malmsteen0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Yngwie Malmsteen"

DisneyDisney
Empresa lança disco com clássicos em versão power metal

MalmsteenMalmsteen
Guitarrista conta quem será o próximo Yngwie Malmsteen

Steve VaiSteve Vai
As 10 melhores faixas na opinião do guitarrista

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Yngwie Malmsteen"

Pink FloydPink Floyd
Dupla sertaneja desvirtua clássico da banda

Phil AnselmoPhil Anselmo
Mandou um "White Power" mas nega ser racista

Iron MaidenIron Maiden
Versões mais pesadas para clássicos do Rock

5000 acessosIron Maiden: Nado sincronizado ao som de "The Trooper"5000 acessosLGBT: confira alguns músicos que não são heterossexuais5000 acessosMetallica: banda pensou em demitir Lars Ulrich?5000 acessosLed Zeppelin: por dentro do Boeing da banda nos anos 705000 acessosAC/DC: Brian May gostaria de ter feito parte do grupo4958 acessosGuns N' Roses: Izzy Stradlin faria apenas participações especiais, nada além disso

Sobre Marco Néo

Nascido na primeira metade dos anos 70, teve seu primeiro contato com sons pesados quando o Kiss veio para o Brasil, em 83, mas não compreendeu bem o que era aquilo. A contaminação efetiva ocorreu um ano depois, quando conheceu Motörhead, Judas Priest, AC/DC, Iron Maiden. Desde então, tornou-se um apaixonado colecionador de tudo o que se refere a Metal e Rock'n'Roll, independentemente de subestilos.

Mais matérias de Marco Néo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online