Halford: "Brasileiros são loucos e apaixonados pelo Metal"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por João Renato Alves, Fonte: Bravewords, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 09/01/09. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Charlie Doherty, do Blogcritics Magazine, conduziu uma entrevista com Rob Halford para falar sobre o lançamento do DVD "Live at Rock in Rio III".

339 acessosIn This Moment: cover de Phil Collins e dueto com Rob Halford5000 acessosMarilyn Manson: "Sou ainda pior fora do palco"

O DVD tem 15 músicas, que passam por sua carreira com o Fight, Halford e Judas Priest. Esse é o show completo ou alguma coisa ficou de fora?

Rob Halford: "Acredito que seja tudo, da primeira à última nota. Não há extras, não lembro de termos feito encore, pois o tempo era escasso. Assistimos toda a filmagem que recebemos do pessoal do Rock In Rio, que foram muito generosos ao me entregar os direitos sobre o show alguns anos depois que ele aconteceu. Ele estava nos arquivos esperando o momento de ser lançado. Então, tenho quase certeza que está tudo aí. Ficaria surpreso se houvesse algo mais. Quando olhei, estava exatamente como foi. As únicas coisas novas no DVD são as músicas 'God Bringer of Death' e 'Fetish', que foram lançadas na versão remasterizada do 'Resurrection'".

De volta ao concerto, foi um esforço consciente de sua parte lançar um ao vivo que, não apenas é baseado em uma performance de alto nível - o que o show do Rio claramente foi -, mas também na interação com o público? Pois o que parece é que estavam lá 200 mil brasileiros loucos, cantando cada palavra. Mesmo quando não havia uma palavra eles cantavam.

Rob Halford: "(Risos) Esse é apenas o jeito que eles são por lá. Os brasileiros são loucos e apaixonados pelo Metal, conhecem todas as músicas. A interação foi resultado da espontaniedade dos metalheads presentes no show. Não dá pra evitar sentir aquilo, especialmente naquele mágico momento final, quanto todos cantaram 'Breaking the Law'".

Ia perguntar justamente sobre esse momento, o que foi aquilo? Você estava cantando com a platéia e, de repente...

Rob Halford: "É, acho que comecei a cantar algumas frases e eles foram tão altos que eu não conseguia ouvir minha própria voz. Então apenas direcionei o microfone e eles cantaram tudo. Foi um momento de magia do Metal".

A matéria completa (em inglês) está neste link.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

MastodonMastodon
Dailor sofreu após Hinds dizer que Judas Priest não é metal

339 acessosIn This Moment: cover de Phil Collins e dueto com Rob Halford528 acessosJudas Priest: banda lança jogo oficial "Road To Valhalla"515 acessosJudas Priest: álbum clássico "Sin After Sin" completa 40 anos762 acessosDuplas de guitarristas: Loudwire elenca suas dez melhores0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Judas Priest"

Em fotoEm foto
Andre Matos agradece influência de Rob Halford

Dave MustaineDave Mustaine
Os dez álbuns que mudaram a sua vida

Judas PriestJudas Priest
As dez melhores segundo a Ultimate Classic Rock

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Judas Priest"0 acessosTodas as matérias sobre "Rob Halford"

Marilyn MansonMarilyn Manson
"Acho que sou muito pior fora do palco do que nele!"

Bandas IniciantesBandas Iniciantes
12 cagadas que vocês NÃO podem cometer

Fotos de InfânciaFotos de Infância
Cliff Burton, do Metallica, muito antes da fama

5000 acessosSlash: A lição aprendida após espalhar que Paul Stanley era gay5000 acessosCorey Taylor: sonhando com sexo grupal com Lita Ford e Doro Pesch5000 acessosRoqueiros conservadores: a direita do rock na revista Veja5000 acessosGrunge: Restou apenas um herói5000 acessosBilly Corgan: Weiland, Staley e Cobain, as vozes de nossa geração5000 acessosCannibal Corpse: Saiba como é dentro de um circle pit

Sobre João Renato Alves

27 anos, jornalista formado pela Universidade de Cruz Alta. Kissmaníaco inveterado, um verdadeiro apaixonado pela banda de Gene Simmons e Paul Stanley. Idolatra com quase a mesma paixão Queen, Van Halen e Black Sabbath. Aprecia desde o Rock dos anos 50 (Elvis, Little Richard, Chuck Berry, entre outros) e 60 (Beatles, Rolling Stones, The Who, Led Zeppelin...), Hard Rock dos 70's (AC/DC, Deep Purple, Alice Cooper...) e 80's (Mötley Crüe, Def Leppard, Europe, Talisman...), Metal Tradicional (Judas Priest, Dio, Ozzy...), NWOBHM (Iron Maiden, Saxon, Angel Witch...) e Thrash oitentista (Slayer, Destruction, Kreator...). Já teve um programa de rádio, chamado "Lavagem Cerebral", na Unicruz FM. Solteiro e seguidor das idéias de Gene Simmons em relação ao casamento.

Mais matérias de João Renato Alves no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online