Metallica: Tom Araya, do Slayer, critica o "Death Magnetic"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Douglas Morita, Fonte: Metallica Remains
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

O baixista e vocalista do SLAYER, Tom Araya, falou em fevereiro de 2009 com o HeadbangersBlog.com da MTV sobre o novo disco do METALLICA, "Death Magnetic".

Maquiagem, spikes e sorrisos: conheça o Happy Black MetalTatuagens: Homenagens a artistas e bandas na pele dos fãs - Parte 1

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Eu acho que isto foi uma tentativa [do Metallica] de se redescobrir, mas eles fizeram isso em partes, assim como o 'St. Anger' [de 2003] foi em partes. Eles tinham riffs bem legais, mas eles colocaram os riffs errados juntos. [Risos] As músicas, elas começam e... Elas são músicas longas. Elas todas tem tipo sete ou oito minutos de duração. Para mim, oito minutos de riffs - é muita coisa, me entende? Há alguns riffs realmente bons em todas essas músicas do novo álbum. Uma música que eu tive que me forçar a ouví-la inteira tinha riffs muitos bons. E eu pensei, 'se você se livrar de todos os outros que são ruins e juntar os riffs bons, você pode ter uma música muito legal.' E é isso que eu ouço quando eu escuto oito minutos de música. Eu ouço... Foi um exagero".




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Metallica"Todas as matérias sobre "Slayer"Todas as matérias sobre "Tom Araya"


Metallica: Com o que eles ficarão putos se são bilionários?, diz líder do DestructionMetallica
"Com o que eles ficarão putos se são bilionários?", diz líder do Destruction

Scott Ian: os discos do Big 4 que ele mais gostaScott Ian
Os discos do Big 4 que ele mais gosta


Maquiagem, spikes e sorrisos: conheça o Happy Black MetalMaquiagem, spikes e sorrisos
Conheça o Happy Black Metal

Tatuagens: Homenagens a artistas e bandas na pele dos fãs - Parte 1Tatuagens
Homenagens a artistas e bandas na pele dos fãs - Parte 1


Sobre Douglas Morita

Douglas Morita acha que se existem constantes em sua vida, uma delas definitivamente é o Metallica. Fã da banda desde que se conhece por gente, criou o site Metallica Remains em 1998 e considera o grupo como sua principal - porém, obviamente, não única - influência musical. Além do Metallica, tenta ouvir de tudo um pouco, sem se limitar a estilos ou rótulos.

Mais matérias de Douglas Morita no Whiplash.Net.

adGoo336