David Ellefson: "Motorhead popularizou o Thrash Metal"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por João Vitor H. Mendonça, Fonte: Rust In Page
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 24/03/09. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Sakis Nikas da Rockpages.gr divulgou uma entrevista com o ex-baixista do MEGADETH, David Ellefson, onde ele discute tópicos variados, desde sua banda atual, MEGADETH e o Thrash Metal em geral. Confira trechos da entrevista abaixo:

3345 acessosMegadeth: cinco vezes onde a banda foi melhor que o Metallica5000 acessosAlice In Chains: seria essa a última foto de Staley com vida?

Rockpages.gr: F5 retorna com um lançamento mais maduro após o aclamado "A Drug For All Seasons". O álbum se chama "The Reckoning" e você gostaria de nos dizer um pouco sobre isto (como o quanto demorou pra escrever, ensaiar e gravar o álbum todo)?

Dave Ellefson: "Sim, nós começamos a escrevê-lo na turnê Norte-Americana para o álbum 'Drugs...' em 2005. Algumas destas músicas foram 'Cause For Concern', 'Control' e 'My End'. Após isto escrevemos um pouco mais em casa e então por fim a última fase antes de entrar no estúdio em 2007 e gravar o novo álbum".

Rockpages.gr: Você foi um baixista que tocou por 20 anos um estilo de música meio similar (mais ou menos). Nos últimos anos nós vemos outro lado seu com um estilo de baixo e música atualizados. Você acha que sua saída do Megadeth marcou um renascimento musical para você?

Dave Ellefson: "Sim, com certeza! As vezes estar na mesma situação por tanto tempo pode realmente começar a trabalhar contra você criativamente e seu crescimento como pessoa. O fim da banda realmente me forçou a levantar e fazer algumas coisas na vida, coisas que foram uma verdadeira benção quando olho para trás nestes últimos anos. Acho que quando você realmente me vê tocar fica em foco estes últimos anos com todas as coisas novas na quais eu trabalhei. Eu sou definitivamente um baixista muito mais refinado, melhor compositor e no geral muito mais confiante em quem eu sou".

Rockpages.gr: Agora que tudo está bem entre você e Dave Mustaine, você consideraria se juntar de novo ao Megadeth?

Dave Ellefson: "Vamos apenas dizer que isto não parece estar em nenhum de nossos planos imediatos neste momento".

Rockpages.gr: Você viu o "Some Kind Of Monster"? Se sim, o que você acha disto e você tem algum comentário sobre a famosa cena do encontro de Mustaine e Ulrich?

Dave Ellefson: "Eu vi um trecho há uns anos atrás. Isto nunca foi da minha conta então eu realmente não ligo pra isto".

Rockpages.gr: Sendo uma figura chave da cena thrash dos anos 80, o que você acha do atual estado do gênero?

Dave Ellefson: "Eu gosto do fato de ter ocorrido uma resurreição com bandas como Lamb Of God e outras bandas novas que cresceram com nossa música e agora estão fazendo algo único. Eles fizeram um dos shows favoritos que eu vi ano passado... INCRÍVEL! Eu estou meio farto de toda essa coisa do metal-core pois acho que as bandas estão começando a soar muito iguais. Estou interessado em ver como a terceira geração de bandas influenciadas pelo thrash irão soar porque eu acho que elas ainda irão oferecer um som todo novo ao gênero, seguindo em frente. Tenha em mente, eu não sou um destes caras que diz 'Tragam de volta a velha guarda' pois pra mim a vida segue em frente e eu prefiro ouvir progresso do que regresso musical. Vamos continuar surgindo com coisas novas ao invés de sempre voltarmos às nossas zonas de conforto".

Rockpages.gr: Cite seu álbum favorito de thrash metal de todos os tempos e há algum disco clássico do thrash que é superestimado e você não aguenta ouví-lo?

Dave Ellefson: "Acho que em certo ponto Motorhead foi a banda mais legal de thrash a realmente popularizar o movimento anos atrás e 'Ace Of Spades' foi um dos meus favoritos de todos os tempos. Eu também gosto do 'Kill 'Em All' do Metallica e tudo que ele fez pelo gênero. Não posso dizer que tem um disco que eu realmente não aguente ouvir, mas como qualquer cena, pelo fim dos anos 80 muito disto estava apenas sendo refeito e honestamente não era tão legal como era no começo dos anos 80 quando isto estava realmente sendo criado com aquela paixão. Foi como descobrir o novo e nós apenas corremos e ocupamos o lugar quando o descobrimos".

Leia a entrevista completa traduzida neste link.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

MegadethMegadeth
Cinco vezes onde a banda foi melhor que o Metallica

3050 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa505 acessosMarty Friedman: ouça "Miracle", single do novo álbum solo3511 acessosMetallica: e se James Hetfield cantasse no Megadeth?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Megadeth"

Big 4Big 4
King diz que rivalidade acabou, exceto para Mustaine

MetalMetal
As oito maiores tretas entre músicos do gênero

Kiko LoureiroKiko Loureiro
O encontro com DJ Ashba na Polônia

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"0 acessosTodas as matérias sobre "Motorhead"

Alice In ChainsAlice In Chains
Publicada a última foto de Staley com vida?

Sebastian BachSebastian Bach
Descrevendo o horror de urinar com Phil Anselmo

Iron MaidenIron Maiden
A fotografia estranha de "The Final Frontier"

5000 acessosSlayer: Gary Holt é realmente um cara mal-agradecido5000 acessosFãs de Rock: você conhece o estilo de se vestir de cada um5000 acessosMetal: as oito maiores tretas entre músicos do gênero5000 acessosEm 19/03/1982: Randy Rhoads morre em um acidente de avião5000 acessosGhost: bem confortável com a ideia de não ser mais anônimos5000 acessosSlayer: maluco encara furacão na Flórida ao som da banda

Sobre João Vitor H. Mendonça

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online