Phil Spector: culpado de assassinato em segundo grau

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Diego Camara, Fonte: Gigwise.com, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 17/04/09. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O produtor Phil Spector foi considerado culpado pela morte da atriz Lana Clarkson em 2003. Um juri na Corte Superior de Los Angeles, no dia 13 de abril, chegou a veredito unânime pela condenação. O homem de 67 anos de idade agora ficará pelo menos 18 anos na prisão.

5000 acessosListed: TV americana elege os maiores bad boys da música5000 acessosNuno Bettencourt: Rihanna canta muito, mas ele não quer mais tocar com ela

Clarkson morreu depois de receber um tiro na boca dentro da casa do produtor em Los Angeles, há 4 anos. Spector se declarou inocente do assassinato de Clarkson, e o primeiro julgamento em 2007 não chegou a uma conclusão para o caso. Dez membros do juri votaram pela condenação do produtor musical, porém pelas leis da Califórnia é necessário um veredito unânime para este tipo de crime.

O novo julgamento de Spector começou em Outubro e apresentou testemunhos de 77 pessoas. A defesa argumentou no julgamento que a atriz teria cometido suicídio. A acusação de assassinato em segundo grau fica entre os assassinatos em primeiro grau e homicídio casual.

Spector colaborou com artistas como Tina Turner, Beatles, Leonard Cohen e Ramones. Nos últimos anos a reputação do produtor foi ofuscada por notícias de que ele teria um comportamento estranho e pouco previsível.

Spector será sentenciado no dia 29 de maio.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Polícia"

Guns N RosesGuns N' Roses
A versão de Axl sobre a separação da antiga formação

The OsbournesThe Osbournes
Sharon conta como Ozzy tentou assassiná-la

Kevin ShirleyKevin Shirley
Detido por causa de calote do Slayer em 2004

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Polícia"0 acessosTodas as matérias sobre "Phil Spector"

ListedListed
TV americana elege os maiores bad boys da música

Nuno BettencourtNuno Bettencourt
Rihanna canta muito, mas ele não quer mais tocar com ela

Iron MaidenIron Maiden
Os fãs mais insuportáveis em lista da MTV Brasil

5000 acessosPlanet Rock: 40 melhores discos ao vivo de todos os tempos5000 acessosTimo Tolkki: surtando no Facebook com a filha contra brasileiros?5000 acessosAC/DC: Brian revela segredo obscuro de Angus Young5000 acessosRush: Lifeson fala sobre o estilo musical de David Gilmour3442 acessosBlack Sabbath: "Paranoid" em versão Jazz5000 acessosPurpled by Marks: as metamorfoses do Deep Purple

Sobre Diego Camara

Nascido em São Paulo em 1987, Diego Camara é jornalista, radialista e blogueiro. Seu amor pelo metal e rock começou há 6 anos. Um amante da nova geração, é um grande fã de Arjen Lucassen, Andre Matos e bandas como Nightwish, Hammerfall, Sonata Arctica, Edguy e Kamelot. Também não deixa de ter amor pelos clássicos, como Helloween, Gamma Ray e Iron Maiden e do Rock de bandas como Oasis, Queen e Kings of Leon. Atualmente seus textos podem ser lidos no blog OCrepusculo.com sobre assuntos diversos, além de planos para criação de um projeto totalmente voltado aos blogs de Rock e Metal.

Mais informações sobre Diego Camara

Mais matérias de Diego Camara no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online