Barão Vermelho: entrevista com o baixista Rodrigo Santos no PBI

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Edu Santos, Fonte: Projeto Banda Independente, Press-Release
Enviar correções  |  Ver Acessos

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

O Projeto Banda Independente realizou uma entrevista com Rodrigo Santos, baixista do BARAO VERMELHO; confira um trecho:

Punk Rock: seja feio, beba muito, e nunca penteie o cabeloPrimórdios: O Rock Brasileiro da década de 50

PBI: Rodrigo, como andam os shows e o lançamento do novo trabalho?

"Estou fazendo uma média de 10, 12 shows por mês, às vezes chegando a 15. O quesito show está indo muito bem, aonde vamos, conquistamos mais público e voltamos nos lugares. Alem disso tenho feito semanalmente uma casa noturna do Rio de Janeiro como residência fixa e isso deu uma unidade muito forte à banda nos shows. A casa é a Melt no Leblon, temos tido publico de 500 pessoas por show em média e lá tenho colocado convidados e participações especiais, tornando o show uma grande festa. É um outro tipo de show, mais voltado à confraternização e à participação do público, colocando parte da minha história musical (Kid, Lobão, Barão, Britos, Blitz, etc) na seqüência das musicas. Paralelamente a isso preparo meu novo show, só com músicas autorais e inéditas, por conta do lançamento do meu segundo cd solo em abril, montarei um novo modelo, com cenário, luz, etc. O lançamento do cd será em maio no Rio e São Paulo e tem me deixado com muito prazer de fazer, é uma nova etapa novos desafios. Chama-se 'O Diário do Homem Invisível', o novo projeto (CD e show)".

PBI: Como surgiu a idéia do projeto solo?

"Já era um sonho antigo e essa idéia tomou corpo quando resolvemos tirar férias com o Barão Vermelho. Na primeira parada (2001 a 2004) fui tocar com o Kid Abelha e a Blitz, tendo meu tempo totalmente dedicado a essas bandas. O Acústico MTV do Kid Abelha foi um projeto que adorei participar e realmente ficou muito bom. A turnê foi hiper bem sucedida e não tve tempo de parar pra fazer meu disco solo. Ainda tinha Os Britos no auge (fomos à Inglaterra, gravamos um Dvd muito legal). Depois que anunciamos a segunda parada em 2007, decidi me dedicar não só ao meu primeiro cd solo (Um pouco mais de calma) quanto à minha carreira solo. Era uma decisão tomada e que eu sabia que levaria tempo pras coisas começarem a acontecer. Hoje, um ano e meio depois de lançado o cd, fiz mais de 300 shows e meu sustento (e da minha família) vem daí".

Leia a matéria completa no link abaixo.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Barao Vermelho"


Rock nacional: 10 solos de guitarra essenciaisRock nacional
10 solos de guitarra essenciais

Clube do Rock: 5 bandas que trocaram de vocalista e continuaram mandando bemClube do Rock
5 bandas que trocaram de vocalista e continuaram mandando bem

BRock: Os 10 melhores álbuns dos anos 80BRock
Os 10 melhores álbuns dos anos 80


Punk Rock: seja feio, beba muito, e nunca penteie o cabeloPunk Rock
Seja feio, beba muito, e nunca penteie o cabelo

Primórdios: O Rock Brasileiro da década de 50Primórdios
O Rock Brasileiro da década de 50

Dave Mustaine: Maroon 5 o deixou boquiabertoDave Mustaine
Maroon 5 o deixou boquiaberto

Heavy Metal: um conforto para os jovens brilhantesHeavy Metal
"um conforto para os jovens brilhantes"

Iron Maiden: A tour de Powerslave quase acabou com a bandaIron Maiden
A tour de Powerslave quase acabou com a banda

Em 20/01/1991: O consagrador primeiro show do Guns N' Roses no BrasilEm 20/01/1991
O consagrador primeiro show do Guns N' Roses no Brasil

Paul McCartney: os Rolling Stones copiaram os Beatles?Paul McCartney
Os Rolling Stones copiaram os Beatles?


Sobre Edu Santos

Eduardo gosta de classic rock, heavy metal e curte muito sons independentes, sempre a procura de novas bandas que consigam despertar interesse no publico em geral, atualmente dirige ao lado de sua esposa o site www.projetobandaindependente.com.br e mantém o blog loucurasdomeueu.blogspot.com onde às vezes tenta incorporar um poeta. Tocou em diversas bandas de rock, conhece muito sobre o circuito rock and roll independente. Trabalhou durante anos com música, realizando eventos de toda natureza, lombando caixas e dominando a técnica de sonorização de palco.

Mais informações sobre Edu Santos

Mais matérias de Edu Santos no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336