AC/DC: movimentando dez milhões na Nova Zelândia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Marco Néo, Fonte: The Dominion Post, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 12/05/09. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Tom Cardfy, do Dominion Post, informa que a visita do AC/DC à Nova Zelândia em janeiro ou fevereiro do próximo ano pode render por volta de dez milhões para a capital do país, Wellington.

1522 acessosPhil Rudd: quem disse que é fácil tocar AC/DC?5000 acessosCapas de álbuns: 30 das piores artes da história

A banda anglo-australiana, que já vendeu mais de 200 milhões de álbuns em sua carreira, se apresentará no Westpac Stadium em 30 de janeiro de 2010 e em Auckland no dia 6 de fevereiro.

O anúncio põe fim a meses de especulação de que a banda, que tocou pela última vez em Wellington em 1991, iria voltar. Some-se a isso a confirmação, pelo jornal Dominion Post, que o estádio foi reservado no final de janeiro para uma apresentação musical. A magnitude do show do AC/DC requer 48 semi-trailers para transportar o equipamento.

O Secretário Municipal de eventos de Wellington, John Dawson, disse que em razão de sua popularidade, o AC/DC tem potencial para vender mais de 35 mil ingressos. Baseado em shows anteriores ocorridos no estádio, como o dos ROLLING STONES em 2006, mais de 50% dos ingressos serão vendidos para pessoas de outras regiões do país. Um show em um sábado significa que vários fãs permanecerão na cidade durante o final de semana inteiro. No geral, o show poderá dar uma contribuição de 10 milhões para a economia da capital neozelandesa.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Phil RuddPhil Rudd
Quem disse que é fácil tocar AC/DC?

216 acessosFabio Lima: em vídeo, 13 songs by AC/DC825 acessosRio Rock City: O absurdo das cotas de meia-entrada107 acessosNo comando e na estrada: liberdade em rock'n roll0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "AC/DC"

AC/DCAC/DC
As dez melhores canções de Bon Scott

AC/DCAC/DC
As 10 melhores músicas da banda com Bon Scott

AC/DCAC/DC
"Se alguém pode fazer de Axl um bom vocalista, esse alguém é Angus Young"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "AC/DC"

Capas de álbunsCapas de álbuns
30 das piores artes da história

Dave NavarroDave Navarro
Conheça a filha atriz pornô do músico

MetallicaMetallica
James Hetfield explica suas tatuagens preferidas

5000 acessosFotos de Infância: Janis Joplin5000 acessosIron Maiden: conheça parte da equipe e dos parentes5000 acessosLemmy: "Radiohead e Coldplay são bandas sub-emo"5000 acessosAngra: Kiko Loureiro demite empresário ao estilo Roberto Justus5000 acessosRock: as dez lendas mais macabras do gênero3932 acessosPra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 1998

Sobre Marco Néo

Nascido na primeira metade dos anos 70, teve seu primeiro contato com sons pesados quando o Kiss veio para o Brasil, em 83, mas não compreendeu bem o que era aquilo. A contaminação efetiva ocorreu um ano depois, quando conheceu Motörhead, Judas Priest, AC/DC, Iron Maiden. Desde então, tornou-se um apaixonado colecionador de tudo o que se refere a Metal e Rock'n'Roll, independentemente de subestilos.

Mais matérias de Marco Néo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online