Paul McCartney: boatos sobre sua morte são "ridículos"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Emanuel Seagal, Fonte: UOL Música
Enviar correções  |  Comentários  | 

De acordo com nota do UOL Música publicada em agosto de 2009, o ex-Beatle Paul McCartney descreveu como "ridículos" os rumores sobre sua morte, que surgiram há mais de 40 anos, mas disse que eles eram "ossos do ofício" para quem estava em uma das maiores bandas do mundo.
5000 acessosPaul Está Morto? O maior boato da história do rock.

"Era engraçado, na verdade, mas ridículo. São ossos do ofício: as pessoas inventam uma história e você se vê obrigado a lidar com essa ficção", disse McCartney, de 67 anos, à revista "Mojo". "Acho que a pior coisa era que eu percebia as pessoas olhando para mim com mais atenção, como se pensassem 'será que as orelhas dele sempre foram assim?'"

Leia a matéria completa neste link.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Paul McCartneyPaul McCartney
O dia em que ele deu um soco na cara de Eddie Vedder

508 acessosThe Beatles: 50 anos de uma revolução cultural2651 acessosBeatles: Sgt Peppers em super box especial para fãs brasileiros1072 acessosDave Grohl: Paul McCartney quem indicou médico que curou a perna1199 acessosBeatles: como crianças brasileiras reagem ao "Sgt. Pepper's"?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Beatles"

GrammyGrammy
O que houve de melhor (e pior) relacionado ao rock/metal

Dia do RockDia do Rock
Cinco histórias que unem F1 e Rock' n' Roll

Rock In PeaceRock In Peace
As mortes mais marcantes do Rock/Metal

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Beatles"0 acessosTodas as matérias sobre "Paul McCartney"

Encontrando DeusEncontrando Deus
Brian Welch, Dave Mustaine e Alice Cooper convertidos

DesastresDesastres
Mortos e feridos em apresentações que marcaram a história

Guitar WorldGuitar World
Os 100 melhores guitarristas de hard rock

5000 acessosBlack Sabbath: os vocalistas misteriosos da banda5000 acessosRock And Roll: últimas fotos em vida de músicos famosos5000 acessosPaixão nacional: o futebol e os roqueiros britânicos5000 acessosPantera: o surreal e constrangedor funeral de Dimebag Darrell5000 acessosRotting Christ fala de polêmicas que os cercaram4757 acessosIron Maiden: vídeos de participações em programas de TV

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com clássicos como Iron Maiden e Black Sabbath. Hoje em dia, entre outros gêneros musicais, e sem se limitar a rótulos, ouve principalmente doom, viking e folk metal. Sempre que possível está em busca de novas bandas que tenham algo a transmitir alem de clichês, e mesmo em meio a tantas novidades não dispensa pérolas como o bom e velho Candlemass. Acompanha o Whiplash! desde os primórdios, tendo iniciado sua vida de internauta no mesmo ano de criação do site (1996). Há algum tempo está envolvido com metal, seja trabalhando com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa, na tentativa de contribuir de alguma forma para o crescimento desse que é um dos segmentos mais apaixonantes da música, o metal.

Mais informações sobre Emanuel Seagal

Mais matérias de Emanuel Seagal no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online