Megadeth: Dimebag e Vinnie Paul quase entraram no grupo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Diego Camara, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Dave Mustaine, guitarrista do MEGADETH, colocou no ar em outubro de 2009 uma declaração sobre uma entrevista em que fala sobre pessoas que disseram que foram chamadas para fazerem parte do grupo e também que o baterista Vinnie Paul e o guitarrista "Dimebag" Darrell (PANTERA) quase chegaram a fazer parte do MEGADETH. Confira abaixo os principais trechos.

3425 acessosMegadeth: cinco vezes onde a banda foi melhor que o Metallica5000 acessosSexo e rock n' roll: banda grava e vende pornô para bancar despesas

"Então ontem eu estava fazendo uma entrevista, a terceira em um dia cheio delas, e tem 'certas' perguntas que podem mudar o humor da entrevista em merda em questão de segundos.

Os entrevistadores não sabem que estou ligado neles? Que eu sei que eles estão apenas esperando para lançar uma pergunta antagônica para eu falar merda sobre alguém?

É péssimo estar lendo uma entrevista e então ela azeda, e você está a mercê do cara que está contando a história na imprensa, pois ele decide que vender sua revista (ou o que seja - algumas pessoas nem tem trabalho, elas apenas enganam o nosso departamento de publicidade na Roadrunner e entram em contato com a banda) é mais importante que decência, caráter e, literalmente, integridade jornalística.

Há jornalistas por aí que tem estas qualidades e traços de caráter, mas eles são poucos. Muitos deles, principalmente por serem fãs de música, querem ser famosos também. O que começa como um desejo inocente de trazer informação para uma audiência curiosa é ultrapassado por ego e vaidade. E surge o pensamento de fazer perguntas que ferem o sentimento das pessoas ou que podem destruir vidas, famílias, amizades e relacionamentos, mas que resultem em vender mais revistas (ou o que seja).

Então, o que trouxe isso tudo?

Ontem um entrevistador me fez uma pergunta sobre pessoas que disseram que eles foram chamados por nós, mas que estavam muito ocupados com suas bandas ou que estavam fazendo algo que resultaria em algo maior do que se juntar ao MEGADETH. Basicamente eles eram muito bons para nós, e eu apenas balancei minha cabeça. Eu tentei responder a pergunta, mas acabou saindo do caminho.

Aqui está o que aconteceu: quando nós estavamos tentando substituir Jeff Young e antes de encontrarmos Marty Friedman, nós testamos um monte de pessoas, e a maioria deles eram péssimos. Todos entre Jeff e Marty, e eu digo TODOS que disseram que foram testados não eram bons o bastante, não obstante o que eles disseram. O fato de que há muitas pessoas dizendo que estavam muito ocupados com suas próprias merdas e baboseira, haviam apenas duas pessoas que eu chamei. Junior [David Ellefson] talvez tenha chamado eles, mas se eu não escolher isso, então você não está na banda. Então, você pode imaginar meu temperamento quando isso veio a tona. Tinha também um tal de Steve Cox dizendo que escreveu 'Wake Up Dead', e nós já estávamos escrevendo 'Rust in Peace', então me diga, como diabos isso é possível, Steve?

E não é o fim disso. Eu tinha um amigo, que não é mais um amigo, que me deu uma merda de fita demo, e depois que 'The World Needs A Hero' foi lançado ele teve a audácia de dizer que 'Dread and The Fugitive Mind' era sua música. Uma declaração bastante estúpida, eu lhe digo.

Então eu percebi a diferença entre um bom guitarrista e um grande. Eu acho que Chris Poland, Marty Friedman e Chris Broderick são os mais notáveis guitarristas do MEGADETH, Chris sendo o melhor. Eu também disse que achava que eu, Jeff Young e Al Pitrelli eramos bons, mas não tanto quanto Polie e Marty, e certamente nenhum de nós três que mencionei poderiam chegar aos três anteriores.

Esta é minha opinião, mas por alguma razão eu senti que a entrevista seria um desastre se eu explicasse isso.

Prossigam se vocês quiserem dizer que foram testados, mas eu acredito que isso soa bobo. De qualquer maneira, Junior sabe se eles foram ou não, pois como eu disse, qualquer um, CADA PESSOA que foi chamada entre Jeff e Marty não foram bons o bastante!

Havia apenas duas pessoas que eu conversei e uma vivia muito longe, e foi meu amigo Jeff Waters [ANNIHILATOR]. O outro foi Darrell Abbott [PANTERA] e ele teria entrado no MEGADETH se eu não tivesse chamado Nick Menza. Darrell e eu conversamos, e ele me perguntou: 'Eu posso trazer meu irmão?', e eu disse: 'Quem é seu irmão?' Ele disse: 'Ele é meu baterista', e eu respondi: 'Merda, eu já contratei Nick Menza', e então nos separamos aquele dia.

Eu teria amado tocar com Darrell e Vinnie Abbott, sem ofensas a Nick Menza, mas eu penso que eu errei nisto. Eu estou satisfeito de ter escolhido Nick, mas a imaginação de sair da escala Richter quando penso no que Darrell, Vinnie, Junior e eu teríamos feito. WOW! Acho que eu terei que esperar pelo céu para descobrir.

Então, para fechar, eu não sei se os dois caras que ele falou foram realmente 'chamados' para se juntar ao MEGADETH. Eu não sei se eles foram chamados por mim, pois eu não me lembro das bandas deles, de fato, eu nunca escutei uma única nota das músicas dos dois, não tenho ideia de como eles tocam, e eu não sei quem eles são".

Comente: Como soaria o Megadeth com os irmãos Darrell?

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 13 de outubro de 2012
Post de 11 de fevereiro de 2014

MegadethMegadeth
Cinco vezes onde a banda foi melhor que o Metallica

3080 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa519 acessosMarty Friedman: ouça "Miracle", single do novo álbum solo3525 acessosMetallica: e se James Hetfield cantasse no Megadeth?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Megadeth"

King DiamondKing Diamond
Vetado por Dave Mustaine em show do Volbeat

MegadethMegadeth
Dave Mustaine fala de sua canção preferida no Dystopia

The Big 4The Big 4
Como as quatro bandas elaboraram sua jam

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"0 acessosTodas as matérias sobre "Damageplan"0 acessosTodas as matérias sobre "Pantera"

Sexo e rock n rollSexo e rock n' roll
Banda grava e vende pornô para bancar despesas

ShamanShaman
Fernando Quesada desabafa sobre cena brasileira

Nicko McBrainNicko McBrain
Pedal duplo é pra caras como Aquiles Priester

5000 acessosManowar: o dia em que a banda arregou pro Twisted Sister5000 acessosTotal Guitar: os melhores e piores covers da história5000 acessosCapas de álbuns: as mais obscuras e marcantes da história5000 acessosMetal Extremo: os logos mais ilegíveis já criados5000 acessosTestament: Como alguém gosta de Sabbath e Led e odeia os Beatles?5000 acessosMetal/Hard: Alguns dos maiores e melhores vocalistas atuais

Sobre Diego Camara

Nascido em São Paulo em 1987, Diego Camara é jornalista, radialista e blogueiro. Seu amor pelo metal e rock começou há 6 anos. Um amante da nova geração, é um grande fã de Arjen Lucassen, Andre Matos e bandas como Nightwish, Hammerfall, Sonata Arctica, Edguy e Kamelot. Também não deixa de ter amor pelos clássicos, como Helloween, Gamma Ray e Iron Maiden e do Rock de bandas como Oasis, Queen e Kings of Leon. Atualmente seus textos podem ser lidos no blog OCrepusculo.com sobre assuntos diversos, além de planos para criação de um projeto totalmente voltado aos blogs de Rock e Metal.

Mais informações sobre Diego Camara

Mais matérias de Diego Camara no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online