Pirataria: "a culpa é das próprias gravadoras", diz crítico

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Diego Camara, Fonte: GizmodoBR
Enviar correções  |  Ver Acessos

A matéria foi publicada previamente no GizmodoBR por Dan Nosowitz e Felipe Ventura.

Deep Purple: a contestada entrevista na Globo em 2006Metallica: fãs pediam que eles transassem com suas namoradas?

Greg Kot, crítico de música do Chicago Tribune e outros, escreveu o livro "Ripped: How the Wired Generation Revolutionized Music" (Como a geração conectada revolucionou a música), explicou em um podcast recente como a indústria da música é culpada pela própria queda, e porque o iTunes - maior loja música digital - não vai salvá-la.

Kot afirma que a indústria da música foi uma das principais causas da pirataria. A explosão de boy bands e astros pop do naipe de Christina Aguilera e Britney Spears, no fim dos anos 90, aconteceu por causa da insistência das gravadoras em jorrar muito dinheiro em músicas sem sofisticação, impessoais e de baixo nível, o que tornou as rádios um lixo. Havia pouco espaço para os verdadeiros gênios bizarros, como Prince ou David Bowie, e sem boa música, uma hora o mercado teria que reagir - daí surgiu o Napster.

Kot passa pelos argumentos que todo bom pirata sabe: músicos não ganham dinheiro com venda de álbuns, a revolução MP3 deu força ao movimento independente e a uma grande variedade de bandas novas e boas. Mas a insistência das autoridades (como a RIAA) em processar a pirataria para que deixe de existir levou o público a perder a culpa ao baixar música ilegal.

Kot reconhece que o iTunes, o tão aclamado campeão de downloads de música que respeitam a lei, ainda é bem inferior às opções que os piratas oferecem. As gravadoras parecem ter colocado suas esperanças no iTunes, mas Kot lembra que o iTunes não basta, e que as gravadoras deveriam estar se matando para descobrir um modelo de negócios viável que atraia consumidores - em vez de policiá-los -, e que seja pelo menos tão bom quanto as opções ilegais.

O podcast, em inglês, pode ser visto neste local: http://www.maximumfun.org/sound-young-america/greg-kot-interview-sound-young-america




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Pirataria"


Iron Maiden: pirataria NAO ajudou a escolher roteiro das toursIron Maiden
Pirataria NAO ajudou a escolher roteiro das tours

Kiss: A opinião de Gene Simmons sobre quem faz downloads ilegaisKiss
A opinião de Gene Simmons sobre quem faz downloads ilegais

Pirataria: o nascer de uma indústria alternativaPirataria
O nascer de uma indústria alternativa


Deep Purple: a contestada entrevista na Globo em 2006Deep Purple
A contestada entrevista na Globo em 2006

Metallica: fãs pediam que eles transassem com suas namoradas?Metallica
Fãs pediam que eles transassem com suas namoradas?

Fotos de Infância: Bruce Dickinson, do Iron MaidenFotos de Infância
Bruce Dickinson, do Iron Maiden

Dinho Ouro Preto: É assustador ver todo o rock ficar de direitaDinho Ouro Preto
"É assustador ver todo o rock ficar de direita"

Cults: 10 álbuns influentes que fracassaram nas vendasCults
10 álbuns influentes que fracassaram nas vendas

Rock, Pop, Jazz, Metallica, Lulu: Quando o radicalismo cegaRock, Pop, Jazz, Metallica, Lulu
Quando o radicalismo cega

Lynyrd Skynyrd: a história de Sweet Home AlabamaLynyrd Skynyrd
A história de "Sweet Home Alabama"


Sobre Diego Camara

Nascido em São Paulo em 1987, Diego Camara é jornalista, radialista e blogueiro. Seu amor pelo metal e rock começou há 6 anos. Um amante da nova geração, é um grande fã de Arjen Lucassen, Andre Matos e bandas como Nightwish, Hammerfall, Sonata Arctica, Edguy e Kamelot. Também não deixa de ter amor pelos clássicos, como Helloween, Gamma Ray e Iron Maiden e do Rock de bandas como Oasis, Queen e Kings of Leon. Atualmente seus textos podem ser lidos no blog OCrepusculo.com sobre assuntos diversos, além de planos para criação de um projeto totalmente voltado aos blogs de Rock e Metal.

Mais informações sobre Diego Camara

Mais matérias de Diego Camara no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336