Marilyn Manson: na verdade, ele foi demitido da Interscope

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Gabriel von Borell, Fonte: Vírgula
Enviar correções  |  Ver Acessos

Depois de ter dado declarações nas quais alega que seu rompimento de contrato com a Interscope seria motivado por algumas insatisfações do cantor com relação à gravadora, MARILYN MANSON parece, na verdade, ter mascarado um pouco os reais motivos. Segundo matéria publicada no site Vírgula no último dia 5, não foi Manson quem rompeu com a Interscope, e sim a gravadora que rompeu com o roqueiro. O cantor teria sido dispensado depois que a Interscope considerou as vendas do novo disco de MARILYN MANSON, "The High End of Low", muito baixas. O álbum vendeu apenas 121 mil cópias nos Estados Unidos desde seu lançamento, em maio deste ano.

Compridas: As músicas mais longas de grandes bandasSystem Of A Down: Daron Malakian ensina como ser músico

Em entrevista à Metal Hammer, Manson culpou a própria gravadora pelo fracasso do disco, alegando que seu novo álbum ficou fraco por causa das restrições da Interscope quanto à criatividade do cantor. Apesar de tudo, Manson se diz aliviado pelo rompimento e está otimista com relação ao seu próximo trabalho, já que, segundo ele, o roqueiro terá liberdade criativa ilimitada.



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Marilyn Manson"


Marilyn Manson: pego na mentira em sessão de perguntas/respostasMarilyn Manson
Pego na mentira em sessão de perguntas/respostas

Gigwise: as capas mais polêmicas dos anos 2000Gigwise
As capas mais polêmicas dos anos 2000


Compridas: As músicas mais longas de grandes bandasCompridas
As músicas mais longas de grandes bandas

System Of A Down: Daron Malakian ensina como ser músicoSystem Of A Down
Daron Malakian ensina como ser músico


Sobre Gabriel von Borell

Gabriel von Borell, nascido em 30/03/85, jornalista. Não vive sem música e também não se apega a rótulos musicais. Acredita que todo preconceito é burro, inclusive o musical. Escuta de tudo um pouco, considerando que um jornalista deve estar aberto pra conhecer e comentar sobre qualquer músico ou banda. Pode ser encontrado no Twitter em @gabrielborell.

Mais matérias de Gabriel von Borell no Whiplash.Net.