Alanis Morissette: "A maconha é um caminho fácil..."

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Gabriel von Borell, Fonte: Multishow
Enviar correções  |  Comentários  | 

A cantora ALANIS MORISSETTE revelou em entrevista à revista High Times, em novembro de 2009, que é usuária de maconha. Ela contou que a erva sempre a ajudou na hora de compor suas músicas e que ela é parte fundamental de seu processo criativo.

5000 acessosMetal: por que os metalheads vivem presos no passado?5000 acessosMúsicas ruins: As 100 piores segundo o Aol Radio Blog

A cantora diz que incentiva o uso da maconha, embora apóie seus amigos que optam por deixar de fumar a erva. "Tenho um monte de amigos que abandonaram a maconha por achar que estava tendo efeito negativo em suas vidas, e eu apoei a todos por fazerem isso. Mas também tenho outros amigos que incentivei que fumem, por pensar que poderia ser bom para eles", revela a canadense.

À época Alanis namorava o ativista do uso medicinal da erva, Tom Blanco, e a artista diz que o relacionamento contribuiu para um melhor entendimento sobre a maconha. “Os medos que eu tinha da cannabis foram rapidamente diminuindo. Agora eu me sinto uma profissional. Meus amigos vêm até mim com um monte de perguntas e muitas das minhas respostas são das coisas que aprendi com Tom (seu namorado)”, afirma Alanis.

Ela completa dizendo o quanto a erva é importante para a sua vida: "Sempre que eu preciso de alguma clareza, de uma grande mudança na minha consciência, ou de uma grande mudança quando preciso escrever algo ou ter uma resposta, a maconha é um caminho fácil para que eu consiga isso tudo”.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 01 de dezembro de 2012
Post de 16 de dezembro de 2014

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Drogas e Álcool"

SlashSlash
Como ele largou os vícios em drogas, álcool e cigarro?

Duff McKaganDuff McKagan
"Entre 1989 e 1993 eu cheirei meu peso em cocaína"

Black SabbathBlack Sabbath
Ozzy relembra quando sucesso virou pó

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Drogas e Álcool"0 acessosTodas as matérias sobre "Alanis Morissette"

MetalMetal
Por que os metalheads vivem presos no passado?

Músicas ruinsMúsicas ruins
As 100 piores segundo o Aol Radio Blog

Occult RockOccult Rock
Dez ótimas bandas fora o Ghost

5000 acessos20 Filmes Mais Punk: "Rock N Roll High School" em primeiro5000 acessosSlash: por que ele usa óculos escuros o tempo todo?5000 acessosSom ruim, fezes e urina: Um brinde à farsa de Woodstock5000 acessosMichael Jackson: 10 nomes do rock que tocaram com o Rei do Pop5000 acessosMegadeth: fã tem siricutico ao encontrar Mustaine; veja vídeo5000 acessosGuns N' Roses: é melhor sair da sala se Axl não está feliz

Sobre Gabriel von Borell

Gabriel von Borell, nascido em 30/03/85, jornalista. Não vive sem música e também não se apega a rótulos musicais. Acredita que todo preconceito é burro, inclusive o musical. Escuta de tudo um pouco, considerando que um jornalista deve estar aberto pra conhecer e comentar sobre qualquer músico ou banda. Pode ser encontrado no Twitter em @gabrielborell.

Mais matérias de Gabriel von Borell no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online