Ozzy: "fiz as coisas mais loucas que se pode imaginar"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Gabriel Costa, Fonte: SignOnSanDiego.com, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

George Varga, do SignOnSanDiego.com, conduziu em fevereiro de 2010 uma entrevista com o lendário vocalista OZZY OSBOURNE. Confira alguns trechos da conversa abaixo.

33 acessosOzzy Osbourne: Uma porrada em Zakk Wylde na divulgação de festival5000 acessosDimebag Darrell: guitarra de Van Halen num caixão do Kiss

SignOnSanDiego.com: Quais foram seus melhores e piores trabalhos quando era jovem?

Ozzy: "Nenhum deles foi realmente o melhor. Eu arrumava um emprego por alguns dias e caía fora. Era um meio de sobrevivência. Quando eu estava com 20 anos (e no BLACK SABBATH), eu podia comprar minha própria casa e carro, e cigarros e álcool. Aquilo era o sucesso real. Eu não estou dizendo que tenho vergonha de onde eu vim. Ao mesmo tempo, eu não quero particularmente voltar para aquilo, porque eu gosto da vida que tenho hoje."

SignOnSanDiego.com: Você está com 61 anos e vai ser o headliner de outra turnê Ozzfest nesse verão [do hemisfério norte]. O que faria você se aposentar?

Ozzy: "Bem, você sabe, se a minha audiência encolhesse até o nada. Eu não quero descer na escala e terminar tocando em bares e clubes de merda de novo, sabe. Eu sou um cara de sorte. Estou com 61 e ainda posso fazer o que faço. Eu sou um dos poucos caras da minha idade que ainda realmente têm um contrato de gravação."

SignOnSanDiego.com: Você contrataria um jovem músico para a sua banda que tivesse alguns dos mesmos hábitos não saudáveis que você tinha quando era novo?

Ozzy: "Depende. Zakk [Wylde, último guitarrista de OZZY] estava naquele tipo de bebedeira louca. Quem quer que eu tenha na minha banda, eles têm que tocar bem. Eu tenho um cara novo chamado Gus G [nome real: Kostas Karamitroudis], da Grécia, e ele toca muito. Nós veremos o que acontece com ele e como as coisas funcionarão."

SignOnSanDiego.com: Como você gostaria de ser lembrado, e como você acha que será lembrado?

Ozzy: "Eu gostaria de ser lembrado como o cara que deu às pessoas muitos sorrisos. Eu serei lembrado como o cara que mordeu fora as cabeças de várias criaturas, mas suponho que isso é o que eu devo esperar."

SignOnSanDiego.com: Você chegou perto da morte tantas vezes. Você já se perguntou como, e por quê, conseguiu sobreviver?

Ozzy: "Eu não sei. Sorte, eu suponho, eu não morri e meu número não foi discado. Eu era amigo do [baterista do LED ZEPPELIN] John Bonham. Eu costumava sair para beber com ele e eu não era nem um pouco pior que ele e ele não era nem um pouco pior do que eu. Acontece muito, pessoas morrem todas as noites nesse país, em qualquer país. Não são apenas 'rock 'n' rollers' e rock stars aventureiros, e acontece todo santo dia. É só uma daquelas coisas, onde cada ação tem uma reação. No fim das contas eu só não queria ser mais aquela pessoa."

SignOnSanDiego.com: Dado o seu estilo de vida no passado, é irônico que o mais perto que você tenha chegado de morrer tenha sido em 2003, após ter ficado sóbrio e limpo, quando bateu dirigindo seu quadriciclo na sua mansão de campo na Inglaterra.

Ozzy: "Isso é meio interessante, porque eu fiz algumas das coisas mais loucas que você poderia imaginar. Aí eu subo numa moto para [uma cena na série da MTV] 'The Osbournes' e, a próxima coisa que você sabe, eu quebrei o pulmão e perfurei o coração, que parou duas vezes no caminho para o hospital. Para mim, ter sobrevivido àquilo foi um pouco mais do que sorte, embora eu não esteja dizendo o que foi. Sou muito sortudo. Mas o jeito que eu provavelmente morrerei vai ser caindo de um degrau numa porta."

SignOnSanDiego.com: Você tem feito uma turnê nacional de autógrafos para promover seu livro "I Am Ozzy". Qual é a idade típica dos fãs que aparecem para vê-lo e pegarem seu autógrafo?

Ozzy: "Vai de garotos de 10 anos a pessoas da minha idade e alguns ainda mais velhos que eu. [ri] Se meu pai dissesse: 'Olha, esse cara, Al Jolson, ele é ótimo e eu quero que você o escute', eu não o teria feito, só porque meu pai queria que eu fizesse. Eu estou fazendo essas sessões de autógrafo nos livros — costumavam ser discos — porque eu gosto de ter um contato próximo com meus fãs. Quando eu vejo alguém da minha idade, eu penso: 'Uau'."

SignOnSanDiego.com: Qual é o status do seu musical para a Broadway, "Rasputin"? Você o completou?

Ozzy: "Eu o terminei. Mas quando terminei, a recessão tinha começado."

SignOnSanDiego.com: Então está pausado?

Ozzy: "Yeah. Eu também tenho um [novo] álbum pronto para as mixagens finais e a turnê do Ozzfest 2010 para me preparar."

Comente: Na sua opinião qual foi a coisa mais louca que Ozzy já fez?

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 29 de agosto de 2016

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
Madman publica foto de ensaio com Zakk Wylde

33 acessosOzzy Osbourne: Uma porrada em Zakk Wylde na divulgação de festival1383 acessosLoudwire: em vídeo, os 10 maiores riffs de metal dos 80's0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Ozzy Osbourne"

Rob TrujilloRob Trujillo
Sobre Zakk Wylde: "Ele é uma máquina de beber!"

Collectors RoomCollectors Room
Óculos de Ozzy é um dos ítens da coleção de Almir Figueredo

ListedListed
TV americana elege os maiores bad boys da música

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Ozzy Osbourne"

Dimebag DarrellDimebag Darrell
Whisky e guitarra de Eddie Van Halen num caixão do Kiss

DepressãoDepressão
10 músicas que devem ser evitadas

GóticasGóticas
10 grandes bandas do gênero dos anos 80

5000 acessosSteve Vai: O dia em que ele foi humilhado por Chimbinha5000 acessosBrian May: "eu não sabia que Freddie era Gay"5000 acessosMarilyn Manson: vocalista revela suas estranhas fobias sexuais5000 acessosMetal: como o mito do True levou tantas bandas a serem fake5000 acessosTop 5: discos de metal nacional com nomes de outros estilos5000 acessosHeavy Metal: signos do zodíaco em versão metal

Sobre Gabriel Costa

Carioca, jornalista por profissão e roqueiro de nascença, Gabriel teve o primeiro contato direto com o rock and roll ao ouvir o álbum de estreia do Black Sabbath em um velho vinil de seu pai. Garoto do século 20, nascido em 1984, é absolutamente fascinado por tudo o que envolve o estilo, da música à mitologia. Canta na banda Six Pack Wonder, escuta de Backyard Babies a Strapping Young Lad, ama The Wildhearts e segue fielmente os ensinamentos de Lemmy e Danko Jones. Escreve no Twitter em http://twitter.com/gabrielccosta.

Mais matérias de Gabriel Costa no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online