Vince Neil: aeromoças peitudas, atelier de tatuagem e bares

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Vegas Seven, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 09/04/10. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Becky Bosshart, do semanário de Las Vegas “Vegas Seven” compareceu ao recente lançamento do serviço de táxi aéreo do vocalista do MÖTLEY CRÜE, Vince Neil. Eis suas impressões.

3501 acessosMötley Crüe: Nikki Sixx anuncia aposentadoria5000 acessosTwisted Sister: segundo Dee, "ser pobre e famoso é uma merda"

A realeza de Las Vegas enlatou o rock n' roll para os céus

De um hangar nada glamouroso do Henderson Executive Airport, o empreendedor e vocalista do MÖTLEY CRÜE, Vince Neil, lançou seu mais novo negócio: Vince Neil Aviation, um serviço de taxi aéreo heavy metal de luxo com jatos com labaredas pintadas e modelos como aeromoças.

“Funciona em Las Vegas porque Las Vegas é o máximo em tudo e é por isso que as pessoas vem pra Vegas,” diz Neil, que tem várias marcas patenteadas, muitas baseadas na cidade de neon. “Tudo é maior e mais legal. Tem coisas que você nunca viu antes.”

Neil diz que seus jatos – que ele opera com a Aerojet Aviation e dois sócios anônimos de Atlanta – vão atrair ricaços que querem ser vistos aterrizando com estilo, apesar das atuais condições do solo. O que nos leva à próxima pergunta: quantos endinheirados ainda restam nessa nova cidade de hotéis com estadias barateadas e supersaturação de opulência?

“Ainda que a economia vá mal, pra algumas pessoas isso não incomoda,” Neil diz, enquanto senta dentro de seu jato com carpete de pele de leopardo e mini televisões para cada assento.

Mas seu público-alvo de fato caiu de nível social ao longo dos últimos anos. A maioria dos jogadores poderosos estão viajando em vôos comuns e rachando fretes, diz Anthony Curtis, presidente do site LasVegasAdvisor.com. Os jogadores de ponta (há somente alguns monstros de elite restante no mundo, ele diz) usam seu próprio transporte, ou o jato do cassino.

“Tem havido poucos caixa-altas vindo pelos últimos dois anos com certeza,” Curtis diz. “Mas nos últimos dois ou três meses os números de visitantes tem aumentado.”

Isso é notícia boa pra Neil, e a julgar pela sessão de fotos (onde ele posou com sua esposa Lia Gerardini e sua melhor amiga, Marley Taylor do Zowie Bowie), seu público-alvo quer ver loiras dotadas transbordando pra fora de vestidos de noite e enfeitadas sobre a asa do Hawker 700 e do Learjet 35. O serviço de táxi aéreo começa a cerca de $1.800 dólares por hora.

É claro que Neil, um morador de Las Vegas por 15 anos, não precisa de dois jatos pra ser bem-sucedido. O sucesso de Neil é baseado em sua imagem – que foi moldada excursionando com o vendedor de 80 milhões de discos MÖTLEY CRÜE – e seu poder de mercado parece infinito.

Um especialista em inter-promoção de nascença, Neil lança seu novo disco solo, "Tattoos & Tequila", no fim de junho. Suas memórias. "Tattoos & Tequila: The Life and Times of a Crüed Hellraiser" (editora Grand Central Co., ainda sem título em português), escritas em colaboração com o premiado jornalista e prolífico autor da revista Esquire, Mike Sager chega às lojas na segunda metade do ano. O filme baseado na bem-sucedida autobiografia do Crüe, "The Dirt" (editora Harper Entertainment, 2001, não publicado no Brasil), será lançado em 2011. Os salões de tatuagem da marca Vince Neil Ink estão na [avenida de Las Vegas] Strip e no [cassino da cidade] Rio.

Para uma celebridade vista (não se esqueça daquela fita de sexo) como hedonista, Neil descreve-se como “um cara normal... que curte o máximo.” Ele tem um Lamborghini e dois jatos, mas ainda voa pela [empresa Norte-americana de aviação comercial conhecida por seus preços baratos] Southwest. Neil divide seu tempo entre Las Vegas e São Francisco, e comprou seu primeiro jato porque sua esposa não aguentava por seus dois cães da raça cocker spaniel numa caixa para transitar entre as duas casas. Mas o estilo de vida roqueiro não é apenas tolerado, é celebrado por fãs ferrenhos que comparecem a festivais de música e compram os livros. A Vince Neil Aviation pode não ser um serviço do qual todo fã do MÖTLEY CRÜE possa desfrutar – ainda que Neil preveja que alguns rapazes indo pra uma despedida de solteiro façam uma vaquinha pra um vôo. Mas se você precisa de ajuda pra se imaginar lá, a marca de tequila dele, Tres Rios, está disponível em seu bar, o Feelgood's Rock Bar & Grill na avenida West Sahara.

Agende seu voo particular online no endereço http://www.vinceneilaviation.com. O site em breve terá pacotes que incluem limusines e hotéis.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mötley CrüeMötley Crüe
Nikki Sixx anuncia aposentadoria

1965 acessosMötley Crüe: John Corabi explica fiasco comercial do disco de 1994755 acessosMötley Crüe: edição de 30 anos de Girls Girls Girls560 acessosMötley Crüe: "Girls, Girls, Girls" será relançado0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Motley Crue"

Motley CrueMotley Crue
Vince Neil dá sua versão do racha da banda

Nikki SixxNikki Sixx
Detonando comentários "idiotas" de Gene Simmons

Nikki SixxNikki Sixx
Tretando com Schwarzenegger por causa dos gays

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Tatuagens"0 acessosTodas as matérias sobre "Motley Crue"

Twisted SisterTwisted Sister
Dee Snider: "Ser pobre e famoso é uma merda"

DioDio
Escolhendo suas músicas de Heavy Metal/Rock favoritas

SlipknotSlipknot
Joey Jordison diz que foi demitido por telegrama cantado

5000 acessosTwisted Sister: segundo Dee, "ser pobre e famoso é uma merda"5000 acessosDio: as músicas de Heavy Metal/Rock favoritas do vocalista5000 acessosSlipknot: Joey Jordison diz que foi demitido por telegrama cantado5000 acessosHair Metal: As 100 melhores bandas do gênero (Parte 1)4556 acessosSonata Arctica: "não somos mais power metal", diz vocalista5000 acessosDuff Mckagan: baixista explica como dizer não às drogas

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online