Blind Guardian: arte e conceitos de "At The Edge Of Time"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ives Leocelso, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 14/06/10. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


A gravadora Nuclear Blast se encontrou com Felipe Machado (ICED EARTH, AT VANCE, AXEL RUDI PELL), artista responsável por capas de álbuns do BLIND GUARDIAN em sua casa na Colômbia e fez algumas perguntas sobre a arte do décimo trabalho de estúdio da banda, "At The Edge Of Time", que será lançado na América do Norte no dia 21 de agosto.
1449 acessosBlind Guardian: melhor trabalho ao vivo da banda até agora5000 acessosSlayer: quando Cronos deixou Tom Araya de olho roxo

Há quanto tempo você conhece o BLIND GUARDIAN?

Machado: "Eu sou o maior fã do BLIND GUARDIAN no mundo. Em 1995, um amigo meu me chamou e disse, 'Cara, eu acabei de encontrar uma banda parecida com HELLOWEEN e RAGE e o vocalista realmente destrói tudo. É a mistura perfeita entre power metal e thrash... você tem que ouvir!!!' Depois disso eu fui a uma loja de CDs aqui em Bogotá (Colômbia) e pedi ao dono para me conseguir alguns CDs do BLIND GUARDIAN. Então, toda vez que meus pais tinham alguma viagem de negócios eles sabiam que a melhor coisa para trazer para mim era algum CD novo do BLIND GUARDIAN que faltasse na minha coleção. Eu imediatamente senti uma onda de inspiração pela arte de capa de Andreas Marschall e decidi, 'É isso que eu quero fazer na minha vida'".

Que tipo de colaboração houve entre você e os membros da banda para essa arte específica?

Machado: "Sempre há uma grande quantidade de ideias vindo deles e eu respondo com minha versão do que pediram. Eu acho que Hansi (Kürsch, vocalista) e a banda tem um conceito bem claro para a parte visual, então é sempre uma negociação de conceito. (Eles são) A banda mais legal para se trabalhar porque quando chegou a hora de criar a capa do single 'A Voice In The Dark', após alguns testes, Hansi disse, 'Pense apenas em algo que combine com o clima da banda e me surpreenda'. Então eles sabem como confiar e encorajar a minha criação. O conceito da capa do CD foi principalmente ideia da banda. Para a arte interior de cada música, sempre teve ideias de todos. E sim, esse pode ser o primeiro encarte do BLIND GUARDIAN completamente ilustrado".

Você teve a oportunidade de ouvir alguma das novas músicas antes de aparecer com ideias para a arte do álbum?

Machado: "Não. Eu gostaria de ter ouvido. Devido a quantidade de trabalho que uma produção do BLIND GUARDIAN demanda, a direção de arte e criação foram simultâneas à gravação e mixagem, mas as orientações da banda foram bastante claras e narrativas".

Dragões e figuras encapuzadas foram proeminentes nas capas de álbuns anteriores do BLIND GUARDIAN. Foi obrigatório que você incluísse ambos na arte de capa?

Machado: "Um dragão é sempre bem-vindo em qualquer arte de capa do BLIND GUARDIAN. Ficou bastante claro que essa criatura teria uma forte presença na capa do novo CD, uma vez que desde seu último CD ao vivo (Live, 2003) o cara encapuzado, também conhecido como o Blind Guardian, não aparece (proeminentemente, mas no plano de fundo). Cara, eu amo o mistério que aquele personagem tem! Então eu incluí o Blind Guardian secretamente na base dos degraus da pirâmide e a banda achou que ele deveria ficar lá desta vez. Eu sempre senti que é ele quem conta a história das artes de capa em segredo, viajando para cada mundo novo. Em algumas partes do novo CD e da arte do single, quando ele aparece você pode ver que anos se passaram através dos longos cabelos brancos e da barba saindo do capuz".

Havia algum tema que você tencionava demonstrar?

Machado: "O direcionamento da arte que a banda me passou tinha a intenção de promover mistério e algum tipo de narrativa secreta. Eu a vejo como um palácio onde linhas temporais diferentes se misturam e onde algo muito importante está prestes a acontecer, ou no começo da história ou no final. É assim que eu vejo a conexão com o título do álbum".

A "pirâmide" parece que está emergindo do oceano. Isso foi intencional?

Machado: Um oceano de areia eu espero, certo? Creio que poderíamos pensar que o tempo passou além da pirâmide...? Tudo que sei é que amo todas as interpretações loucas que os garotos estão criando da capa, e eu acho que é isso que o heavy metal e a arte do BLIND GUARDIAN deveriam promover.

O que os guardiões representam para você e o que eles estão protegendo?

Machado: "Eu acho que eles estão protegendo uma reunião secreta dentro da pirâmide entre o Anão segurando a bolsa com moedas de ouro de 'Follow The Blind' e seus amigos Goblins que tomam canecas de cerveja perto do fogo em 'Tales From The Twilight World', que também convidaram o tocador de gaita-de-foles e seu grupo de 'Somewhere Far Beyond'. Se eu estiver correto, todos eles estão ouvindo histórias do Sandman enquanto a garota azul de 'Nightfall In Middle-Earth' dança".

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

1449 acessosBlind Guardian: melhor trabalho ao vivo da banda até agora2110 acessosBlind Guardian e Rhapsody: Como seria Hansi e Lione cantando juntos?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Blind Guardian"

Musos do Rock e Heavy MetalMusos do Rock e Heavy Metal
Agora é a vez das garotas!

Metal sinfônicoMetal sinfônico
Os 10 melhores segundo o TeamRock

TolkienTolkien
A influência do autor no rock e no heavy metal

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Blind Guardian"

SlayerSlayer
Quando Cronos deixou Tom Araya de olho roxo

MetallicaMetallica
Lars Ulrich comenta sobre seu maior erro

HistóriaHistória
A história do rock, dos primórdios aos anos 70

5000 acessosSeparados no nascimento: Phil Lynott e Tiririca5000 acessosRoadrunner: os melhores frontmen de todos os tempos5000 acessosIndústria: 17 coisas que bandas novas simplesmente não entendem5000 acessosBon Jovi: chocando companheiros de banda com confissão5000 acessosGhost: você ainda precisa de gravadora, não escute Radiohead e U25000 acessosSlash: "muito desprezo" por American Idol e programas do tipo

Sobre Ives Leocelso

Ives Leocelso Silva Costa, estudante de Direito. Nasceu no dia 31/10/86 e reside atualmente em Arapiraca, Alagoas. Cresceu ouvindo Heavy Metal graças ao pai e ao avô que possuem um bar voltado para a boa música e uma grande coleção de discos. É completamente apaixonado por Heavy Metal Tradicional, Hard Rock e Power Metal Melódico, e considera o Blind Guardian a melhor banda de todos os tempos.

Mais matérias de Ives Leocelso no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online