Obscura: Christian Muenzner trabalhando em álbum solo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Plínio Alves, Fonte: Polêmico Rock
Enviar correções  |  Ver Acessos

O guitarrista da banda alemã de Technical Progressive Death Metal, OBSCURA, está trabalhando em um álbum solo. Confira o comentário do próprio guitarrista, Christian Muenzner - "Sendo um grande fã da música instrumental por muitos anos, realizar este trabalho sempre foi um sonho. Depois de ter terminado de gravar minhas partes de guitarra para o próximo ábum do Obscura, Omnivium, eu me senti muito inspirado, e dediquei todo o meu tempo livre à este projeto".

O tempo, ah o tempo!: rockstars nos anos oitenta e hojeÓdio musical: os artistas mais detestados em lista da Spinner

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Este projeto irá contar com Hannes Grossmann (Obscura, Blotted Science) na bateria, Steve DiGiorgio (Sadus, Death, Iced Earth) no baixo, Daniel Galmarini (Mercury Falling) no teclado, dentre outras partcipações como Ryan Knight (The Black Dahlia Murder, ex-Arsis), Per Nilsson (Scar Symmetry, Kaipa) e Bob Katsionis (Firewind).




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Obscura"


Death Metal: cinco bateristas do gênero que são insanosDeath Metal
Cinco bateristas do gênero que são insanos


O tempo, ah o tempo!: rockstars nos anos oitenta e hojeO tempo, ah o tempo!
Rockstars nos anos oitenta e hoje

Ódio musical: os artistas mais detestados em lista da SpinnerÓdio musical
Os artistas mais detestados em lista da Spinner


Sobre Plínio Alves

Plínio Alves, formado em Administração de Empresas, blogueiro nas horas vagas. O primeiro contato com o Heavy Metal se oficializou aos 11 anos de idade com um um CD do Nirvana, "Nevermind". Depois deste marco, a paixão pela música pesada se desencadeou de forma bem natural e prazerosa. Dois anos depois, estarrecido com o som pesado e provocador de bandas de Death e Black Metal, se tornou um fã de carteirinha do estilo. Embora seja fã de estilos específicos, declara ter afinidade com qualquer rótulo musical dentro do Heavy Metal, sem preconceito algum. Duas bandas que resumem sua vida: Alice in Chains e Deicide. Os demais textos do autor podem ser vistos no blog Polêmico Rock.

Mais matérias de Plínio Alves no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336