Astaroth: marco inicial do Metal Gaúcho ganha versão em CD

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Débora Reoly, Fonte: Road To Metal
Enviar Correções  

Lançado em 1986, o LP "Na Luz da Conquista" foi o primeiro registro oficial de uma Banda de Heavy Metal no Rio Grande do Sul, sendo cultuado até hoje, não só pelos Bangers gaudérios, como admiradores Brasil afora e do exterior, que acompanhavam o movimento da época.

O movimento Metal nos anos 80 no Brasil adotou, pelas principais Bandas da época, a característica de cantar na lingua natal. Só pra destacar alguns nomes, podemos citar Stress, Azul Limão, Harppia, Centúrias.

publicidade

As letras falavam de temas tradicionais do Metal tradicional oitentista (e atual também, lógico), como podemos perceber em "Invasores de Aço" ("O aço e o fogo forjaram a arma, urros de dor anunciam a derrota, ao ver tombar o inimigo na guerra, reflete a vingança e nega o perdão"), tema bem Manowar. "Deuses Vencidos" (que saiu no LP coletânea "Rock Garagem" em 1984), "Na Luz da Conquista"("Contemplo o futuro, por mais de mil anos, a força da espada será nossa lei") e temas falando sobre sentimentos e até reflexões, como a clássica "O Alienado" (que foi editada na coletânea "Porto Alegre Rock", de 85).

publicidade

Leia o restante da matéria no link abaixo:
http://roadtometal.blogspot.com/2011/02/astaroth-na-luz-da-c...




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Vírgula: o primeiro show da vida de alguns rockstars brasileirosVírgula
O primeiro show da vida de alguns rockstars brasileiros


Lemmy: Radiohead e Coldplay são bandas sub-emoLemmy
"Radiohead e Coldplay são bandas sub-emo"

Total Guitar: os melhores e piores covers da históriaTotal Guitar
Os melhores e piores covers da história


Sobre Débora Reoly

Débora Reoly era gaúcha de Ijuí, formada em Pedagogia e Turismo e dona da agência de viagens Rocktour, especializada em excursões a shows na América do Sul. Seu lema era "A vida não é um show de Rock. São vários!". Débora morreu em 2017, de uma doença auto-imune. Facebook: www.facebook.com/debora.reoly.

Mais matérias de Débora Reoly no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin