Mike Portnoy: "Não acredite na manchete do Blabbermouth"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Kako Sales, Fonte: Blabbermouth.Net, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 27/04/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Tone conduziu uma entrevista com o ex-baterista do Dream Theater/Avenged Sevenfold, Mike Portnoy, no workshop “Metal Master”, em 21 de abril de 2011, em Cerritos, Califórnia. Você pode assistir abaixo à conversa.

1103 acessosDream Theater: "Pull Me Under" é a mais importante da banda5000 acessosÁlbuns: os vinte piores discos de todos os tempos

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Durante a parte final da entrevista, Portnoy disse: “Ao contrário do que o Blabbermouth os levou a acreditar, eu estou tão feliz, saudável, produtivo e positivo como sempre. Muitas pessoas pegarão um pequeno trecho de uma entrevista e então espalhá-la e distorcê-la de uma forma que me mostre como um cara que reclama, chateado, negativo ou pessimista. Não, este não é o caso. Estou mais feliz do que nunca; sou uma pessoa muito feliz. E estou muito animado com meu futuro e aprecio muito os fãs que estão ao meu lado por todos esses anos, mas especialmente nos últimos seis meses durante essa transição. Mas estou muito confortável com essa transição. Eu não quero esse drama, eu não quero essa novela, que não quero essas chamadas do Blabbermouth – acreditem em mim, eu odeio isso. Eu só quero fazer música e continuar a ser um artista produtivo para os fãs. Eu dei meu coração e minha alma aos fãs do Dream Theater por 25 anos e isso não vai mudar agora. Eu vou continuar a colocar meu coração, minha alma, meu sangue, suor e lágrimas em tudo que eu fizer e darei 200 por cento aos fãs em qualquer coisa que eu fizer, e isso nunca vai mudar.”

Portnoy, que co-fundou o Dream Thater há mais de 20 anos, abruptamente saiu da banda no ano passado, enquanto estava em turnê com o Avenged Sevenfold.

Ele tocou no mais recente álbum do Avenged Sevenfold, “Nightmare”, após a morte do baterista da banda, Jimmy “The Rev” Sullivan, e saiu em turnê com eles durante toda a segunda metade de 2010.

Portnoy recentemente começou a gravar as trilhas de bateria do álbum de estréia da nova banda que conta com o vocalista do Symphony X, Russell Allen, e o virtuoso guitarrista Mike Orlando (Sonic Stomp). Portnoy também está envolvido em um novo projeto em separado, com o guitarrista Steve Morse (Deep Purple, Dixie Drags), o multi-instrumentista Neal Morse (Transatlantic, Spock’s Beard), o baixista Dave LaRue (Dixie Dregs) e o vocalista Casey McPherson (Alpha Rev, Endochine). O álbum de estréia do grupo provavelmente será lançado no fim deste ano.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 27 de abril de 2011

Dream TheaterDream Theater
"Pull Me Under" é a mais importante da banda, diz Petrucci

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Dream Theater"

Bruno SutterBruno Sutter
"The Dance of Eternity" do Dream Theater no baixo fretless

PortnoyPortnoy
"Death Magnetic é o disco que esperei por 20 anos!"

Separados no NascimentoSeparados no Nascimento
James Labrie e Tite

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Dream Theater"

ÁlbunsÁlbuns
Os vinte piores discos de todos os tempos

SepulturaSepultura
Derrick Green não era o cara certo, diz Max Cavalera

Heavy MetalHeavy Metal
As vozes mais impressionantes segundo a Loudwire

5000 acessosAs histórias por trás de 11 capas clássicas5000 acessosOzzy Osbourne: "O Rio de Janeiro é uma porra duma merda!"5000 acessosRock: as dez lendas mais macabras do gênero5000 acessosOzzy Osbourne: "não queria morrer de overdose"4358 acessosConservadora e bairrista: por que a cena heavy metal no Brasil é assim?5000 acessosSlipknot: Os conselhos de Corey Taylor a jovens em depressão

Sobre Kako Sales

Mineiro de Januária, baterista autodidata, cresceu em ambiente familiar ligado à música popular e erudita. Seu pai chegou a fazer pequenas turnês com bandas da Jovem Guarda como tecladista no fim da década de 70. Aos 10 anos, iniciou os estudos de teoria musical e piano clássico. Teve o primeiro contato com o mundo do metal ao escutar o CD Angels Cry do Angra, aos 15 anos. Desde então tem se dedicado a conhecer, colecionar e difundir o melhor do metal brasileiro e mundial. Graduado em Letras/Inglês, principalmente por influência da língua-mãe do rock, tem como principais ícones do metal as bandas Angra, Symphony X, Dream Theater e Opeth.

Mais informações sobre Kako Sales

Mais matérias de Kako Sales no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online