Edu Falaschi: nota oficial sobre polêmica no Twitter

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Eduardo Macedo, Fonte: MS Metal Press, Press-Release
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 04/06/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Na última sexta-feira, dia 03 de junho, o vocalista Edu Falaschi postou uma série de mensagens em seus canais oficiais no Twitter e Facebook, criticando a postura de alguns indivíduos que assumem a autoria de ataques contra pessoas públicas.

2167 acessosFalaschi: vamos surpreender na 2ª parte da turnê Return of Shadows5000 acessosThe Wall - Uma obra de arte conceitual

Com a grande repercussão que a sua atitude alcançou na internet, EDU FALASCHI disponibilizou uma nota oficial esclarecendo os reais motivos que o levaram a assumir essa conduta.

Segue abaixo o depoimento de EDU FALASCHI na íntegra:

Olá a todos

Nessa ultima sexta-feira, dia 03 de junho, eu decidi passar um dia inteiro como um verdadeiro ‘Troll’ no Twitter, para ao menos tentar alertar algumas pessoas de como isso tudo é triste. Por mais engraçado que isso possa ser, às vezes parecendo ser uma simples brincadeira e, por mais indiferente que você seja, por mais famoso que você seja, por mais ídolo que você seja, você ainda é um ser humano e sempre acaba vendo coisas desagradáveis na internet! Claro que sempre terão pessoas babacas, muitas vezes são crianças, mas muitas vezes não! Isso é normal, mas o que não acho normal é que através de uma ferramenta tão importante e poderosa quanto é a internet, indivíduos passam a vida tentando destruir carreiras e pessoas.

Pode ser o mundo moderno, podem falar que é isso mesmo, pra nos acostumarmos. Mas eu tive uma criação onde o respeito, honra, moral e boa índole são características inerentes aos seres humanos! Pois temos algo valioso que nos diferencia dos demais seres vivos: a INTELIGÊNCIA!

A intenção era desde cedo ficar tirando sarro e “zoando geral” com as pessoas que perdem tempo de suas vidas tentando denegrir e fazer o mal, GRATUITAMENTE.

Não fiz isso só por mim, fiz por todos que sofrem com esse tipo de besteira! Isso acontece no mundo todo, com artistas ou não!

A missão foi cumprida, a medida que as pessoas foram ficando incomodadas, desconfortáveis e passando por vários tipos de sentimentos. Daí, confusas, descrentes que seria eu mesmo e, por fim, alguns ficaram revoltados, indignados e se sentindo completamente desrespeitados e vulneráveis a uma agressão simplesmente GRATUITA!

Enfim, consegui que, mesmo que por apenas em um dia, muitos sentissem o que pessoas, seres humanos, de carne, osso e sentimentos vivem por anos!

Obrigado a todos que participaram diretamente ou não! E principalmente àqueles que se irritaram e se moveram contra aquilo tudo!

Sei da minha importância como artista e formador de opinião. Da força de repercussão que minhas palavras têm. Exatamente por isso me sinto na responsabilidade de sempre lutar pelo certo e pelo bem! Custe o que custar!

Até breve amigos!”

Edu Falaschi

Em paralelo, o vocalista EDU FALASCHI e a banda Almah continuam no Norcal Studios em São Paulo, registrando o seu terceiro álbum de inéditas, ainda sem título definido e sucessor do aclamado “Fragile Equality”.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Edu FalaschiEdu Falaschi
Vamos surpreender na segunda parte da turnê Return of Shadows

179 acessosAltair: comédia diabólica de Progressive/Power Metal810 acessosAngra Fest: com Massacration, Geoff Tate, Noturnall e outros0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Angra"

Kiko LoureiroKiko Loureiro
Mustaine deixou ele dar palpites no novo disco?

Dave MustaineDave Mustaine
Ellefson é o baixista, Kiko é o meu braço direito

AngraAngra
A carta aberta de Edu Falaschi sobre a sua saída da banda

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Edu Falaschi"0 acessosTodas as matérias sobre "Angra"

Pink FloydPink Floyd
The Wall: uma obra de arte conceitual

Dia do RockDia do Rock
Dez tentativas brasileiras de assassinar o gênero

Sexo e rock n rollSexo e rock n' roll
Banda grava e vende pornô para bancar despesas

5000 acessosMustaine: por que ele perdeu seu emprego no Metallica?5000 acessosEpica: veja fotos da irmã mais nova de Simone Simons5000 acessosSlayer: Kerry King acha que Black Metal norueguês é uma merda5000 acessosMetallica e Motorhead: A obsessão de James Hetfield por Lemmy Kilmister5000 acessosMetalcore: 13 músicas que um fã de death metal deve gostar5000 acessosAngra: Só falta um em foto de Confessori nas redes sociais

Sobre Eduardo Macedo

Teve a felicidade de descobrir o Metal com um álbum de um grupo nacional, Theatre Of Fate dos paulistanos do Viper. Atuante no cenário nacional, Eduardo Macedo administra a empresa de assessoria de imprensa MS Metal Press, juntamente com seu trabalho de redator para o site Portal Novo Metal e para a revista Lucifer Rising, esta última voltada ao que existe de melhor no Metal extremo mundial. Amante de todas as vertentes do Metal, Eduardo tem como foco o cenário brasileiro, onde já contribuiu como vocalista das bandas Tharsis e Veuliah, além de ser um colecionador incondicional de todo material lançado por bandas tupiniquins.

Mais matérias de Eduardo Macedo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online