Opeth: trabalhando com o tecladista Joakim Svalberg

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Kako Sales, Fonte: Blabbermouth.Net, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 03/06/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

De acordo com a edição francesa da revista Rock Hard, o tecladista Joakim Svalberg (Yngwie Malmsteen, Glenn Hughes) tem ensaiado com a banda de metal progressivo sueca Opeth durante as últimas semanas, mas ainda não foi anunciado como membro oficial da banda.

5000 acessosMudanças: bandas que não soam mais como em seus primeiros discos5000 acessosAnos 90: bandas de hard rock e metal que decepcionaram os fãs

Uma fotografia de Svalberg em estúdio com o Opeth durante as sessões de mixagem para o novo álbum da banda, “Heritage”, pode ser vista abaixo.

O tecladista Per Wiberg foi liberado de suas funções como membro do Opeth em abril, como parte de uma decisão mútua com a banda.

O vocalista/guitarrista Mikael Åkerfeldt divulgou a seguinte nota sobre o acontecido: “Bem, tem sido como uma porta giratória com relação aos membros durante os últimos dois anos, e agora Per não é mais um membro da banda. (Martin) Mendez (baixo), Axe (Martin Axenrot, bateria) e Fredrik (Åkesson, guitarra) e eu chegamos a uma decisão de que deveríamos encontrar um substituto para Per logo após as gravações do novo álbum, e isso não foi suspresa para Per. Ele, por sua vez, tem pensado em sair, então poderia se dizer que foi uma decisão mútua. Não há mágoas, somente uma relação que chegou ao fim, e é isso. Desejamos a Per o melhor, e ele fez um trabalho esplêndido gravando os teclados para o último álbum, que fica como sua última gravação com o Opeth.

Mais notícias: o Opeth embarcará em uma turnê norte-americada como headliner, em setembro, tendo o Katatonia como banda de abertura. Até agora, as seguintes datas foram divulgadas:

19/09 - Worcester, MA - Palladium
20/09 - Hartford, CT - Webster Theatre
21/09 - New York, NY - Webster Hall
22/09 - New York, NY - Webster Hall
26/09 - Columbus, OH - Newport Music Hall
28/09 - Nashville, TN - Cannery Ballroom
29/09 - Charlotte, NC - Amos’ Southend
06/10 - Kansas City, MO - Beaumont Club
08/10 - Winnipeg, MB - Garrick Centre
16/10 - Portland, OR - Roseland Theater
21/10 - Pomona, CA - The Fox Theater
25/10 - Denver, CO - Ogden Theater

O Opeth lançará seu décimo álbum, “Heritage”, em 20 de setembro via Roadrunner Records. O CD foi produzido por Mikael Åkerfeldt e foi gravado no início desse ano no Atlantis Studios (antigo Metronome Studios), em Estocolmo. A mixagem ficou a cargo de Steven Wilson (Porcupine Tree) e Åkerfeldt. O colaborador de longa data Travis Smith também trabalhou com Åkerfeldt para criar, desenhar e executar o trabalho de arte do álbum, que pode ser visto abaixo.

”Heritage” será lançado em várias configurações que certamente irão incitar o interesse da legião de fãs do Opeth, conhecidos por sua paixão por coleções. O álbum será lançado em versão standard; em edição especial carregada de extras; como box set exclusivo para a Roadrunner e para a loja online oficial da banda, Omerch; e como LP duplo. Há algo para cada fã do opeth, graças a essa variedade de opções.

Åkerfeldt comentou: “Será nosso décimo álbum/observação. Eu curti demais, todos nós curtimos. Na verdade, parece que eu estive me preparando para compor e participar de um álbum como esse desde que eu tinha 19 anos de idade.”

Åkerfeldt se aprofundou um pouco mais e descreveu o conteúdo musical de “Heritage” dizendo: “É bastante intenso, em alguns momentos soa de forma obscura, antiga, e um tanto bela e potente, se é que posso dizer assim.

”É óbvio que irei dizer coisas boas sobre o álbum, posto que eu que compus, basicamente, a peça inteira, mas acho que irá surpreender a muitos e com certeza tem um gosto refinado.

”Acredito que vocês vão precisar de um mínimo de entendimento mais profundo de nossa musicalidade como um todo para estar apto a aprecisar esse álbum.

”Eu percebi que minhs influências para esse álbum são tão diversasa que eu não realmente não consigo dizer como ele soa.

”Se é que posso compará-lo a qualquer outra banda, teria de ser com o Opeth, mas é algo diferente do que já fizemos anteriormente.

”Escutei bastante Alice Cooper durante o ano passado, assim posso dizer que soa como ‘No More Mr. Nice Guy’.

”Espero que vocês curtam assim que o escutarem.”

Segue o tracklist de “Heritage”:

01. Heritage
02. The Devil's Orchard
03. I Feel the Dark
04. Slither
05. Nepenthe
06. Haxprocess
07. Famine
08. The Lines in My Hand
09. Folklore
10. Marrow of the Earth

O primeiro single e clipe de “Heritage” será da música “The Devil’s Orchard”.

O último álbum do Opeth, “Watershed” (2008) vendeu mais de 19 mil cópias nos Estados Unidos em sua semana de lançamento, estreando na posição nº 23 da lista da Billboard 200. Seu predecessor, “Ghost Reveries”, estreou na posição nº 64 da Billboard, em setembro de 2005, com vendas na primeira semana de pouco menos de 15 mil cópias. “Damnation”, de 2003, estreou com pouco menos de 5 mil cópias.

Como parte da celebração de seu 20º aniversário, o Opeth lançou uma gravação ao vivo em áudio e vídeo da performance da banda no famoso Royal Albert Hall, em Londres. O show (gravado em 5 de abril de 2010) incluiu dois sets, o primeiro consistindo da banda tocando o hoje clássico e épico da banda, “Blackwater Park”, de 2000, na íntegra, e o segundo set, uma seleção arranjada cronologicamente de material do extenso catálogo do Opeth, totalizando quase três horas de música. “In Concerte at the Royal Albert Hall” é, como o restante do excelente trabalho do Opeth, “propositalmente lapidado nos pontos exatos” (Decibel). O conceito da capa é uma homenagem ao “Concert for Group and Orchestra”, do Deep Purple, ressaltando a grande paixão da banda por suas raízes do prog-rock.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

MudançasMudanças
10 bandas que não soam mais como em seus primeiros discos

152 acessosEm 28/05/2008: Opeth lança o álbum Watershed0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Opeth"

OpethOpeth
Para Mikael Åkerfeldt, abandonar death metal foi "libertador"

20162016
Melhores do ano pelo colaborador Leonardo Daniel Tavares da Silva

Metal ProgressivoMetal Progressivo
Os melhores álbuns do estilo segundo o About.com

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Opeth"

Anos 90Anos 90
Bandas de hard e metal que decepcionaram

Maridos traídosMaridos traídos
Não adianta: todo mundo terá seu dia de dor-de-corno

HumorHumor
Roupas de seda? Espadas? Você precisa ser épico!

5000 acessosEm vídeo: Seguidores do Demônio, as 10 bandas mais perigosas segundo pastor americano5000 acessosTraduções: Letras de rock relacionadas a ocultismo e satanismo5000 acessosBullet For My Valentine: vocal detonou Guns em turnê4347 acessosPantera: a verdadeira história por trás da capa do "Vulgar Display of Power"5000 acessosDream Theater e Guns N' Roses: 30 anos, uma no auge, já a outra...5000 acessosLucille chora sua viuvez: a história da guitarra de B.B. King

Sobre Kako Sales

Mineiro de Januária, baterista autodidata, cresceu em ambiente familiar ligado à música popular e erudita. Seu pai chegou a fazer pequenas turnês com bandas da Jovem Guarda como tecladista no fim da década de 70. Aos 10 anos, iniciou os estudos de teoria musical e piano clássico. Teve o primeiro contato com o mundo do metal ao escutar o CD Angels Cry do Angra, aos 15 anos. Desde então tem se dedicado a conhecer, colecionar e difundir o melhor do metal brasileiro e mundial. Graduado em Letras/Inglês, principalmente por influência da língua-mãe do rock, tem como principais ícones do metal as bandas Angra, Symphony X, Dream Theater e Opeth.

Mais informações sobre Kako Sales

Mais matérias de Kako Sales no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online