Godsmack: "eu não transei com aquela mulher", diz baterista

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Samuel Coutinho, Fonte: blabbermouth.net, Tradução
Enviar Correções  

Amy Harris realizou uma entrevista com o baterista do GODSMACK, Shannon Larkin. Alguns trechos da conversa seguem abaixo.

Aquiles Priester: Posters, action figures e latinhas de coca-cola

Metal Brasileiro: 10 bandas recomendáveis fora o Sepultura

Amy: Toda vez que vejo um baterista de heavy metal tocar, me parece que vocês se exercitam muito para poder exercer essa atividade. Como você se mantém em forma?

Shannon: Eu apenas tento manter meu equilíbrio. Eu suo muito durante os shows, e é tão quente no palco. Normalmente, se não é a luz intensa, é pela alta temperatura mesmo. Então, meu maior problema é manter o meu corpo sempre em equilíbrio. Eu perco peso todas as noites. Eu como muito, acreditem ou não, eu como como um cavalo, mas do jeito que eu toco, eu queimo bastante calorias. Meu maior problema é tentar manter o peso.

Amy: Você está me deixando confusa.

Shannon: Eu sei, eu sei. É uma loucura. Eu costumava fazer coisas mais complicadas, coisas que me faziam cansar muito. Agora, como eu estou ficando mais velho, eu só faço algo mais suave, como pegar as baquetas e caminhar no palco. Assim fica mais fácil.

Amy: Depois que eu o conheci no ano passado, ouvi o seu nome mencionado em um especial da VH1 sobre groupies que se envolveram com estrelas do rock. Não sei se você viu. Foi ao ar cerca de seis meses atrás. Eles estavam falando sobre você ter se encontrado com Sweet Connie, em Arkansas. É verdade?

Shannon: Me desculpe pelo que vou falar agora, mas tudo o que posso te dizer sobre isso é, que ela chupou o pau de alguém naquele dia, mas não foi o meu.

Amy: Estou feliz por você ter resolvido isso.

Shannon: Isso foi chocante. Eu já tive que suportar um monte de merda que falavam sobre mim ao longo dos anos, mas eu acho que, se eu traisse a minha mulher não seria com uma velha de 60 anos. Ela realmente gosta de bateristas. Meus amigos, acredite, todos os meus amigos me disseram: "Oh meu Deus, Keith Moon, John Bonham agora você?". Eu não sei se ela "soprou" esses caras, mas ela definitivamente não me fez explodir! (trocadilho com o termo para "boquete" em inglês, "blowjob").

Leia a antrevista completa (em inglês) no link abaixo.

http://thefirst3songs.com/?p=1682




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Inspiração: bandas que adotaram títulos de músicas como nomeInspiração
Bandas que adotaram títulos de músicas como nome

New Metal: clássicos do rock e metal em versões modernasNew Metal
Clássicos do rock e metal em versões modernas


Aquiles Priester: Posters, action figures e latinhas de coca-colaAquiles Priester
Posters, action figures e latinhas de coca-cola

Metal Brasileiro: 10 bandas recomendáveis fora o SepulturaMetal Brasileiro
10 bandas recomendáveis fora o Sepultura


Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin