Nevermore: "a maior banda que o álcool já arruinou"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por João Renato Alves, Fonte: Blog Van do Halen
Enviar Correções  

Em longa entrevista ao site do ProgPower USA XII, Warrel Dane abriu o jogo sobre várias situações relacionadas ao Nevermore, além de falar sobre a reunião do Sanctuary e seu trabalho solo. Confira alguns trechos.

Nevermore: vídeo collab com membros da banda de Warrel Dane e Antonio Araújo (Korzus)

System of a Down: casamento vai abaixo com "Toxicity", vídeo viraliza e Serj divulga

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A primeira e óbvia questão: o Nevermore acabou?

Não.

Definitivamente não? Então haverá outro álbum?

Oh, yeah!

Você se vê buscando reconciliação com Jeff Loomis e Van Williams ou essas pontes estão definitivamente queimadas?

Uma delas está, a outra ainda... é como um doloroso divórcio. Para consertar a situação é preciso querer. Mas uma das pessoas não quer. Sinto falta deles, acho que tomaram a decisão errada. Vou virar um emo se continuar falando disso.

Entendo. Deixe-me perguntar isso. Em determinado momento, houve esse rumores sobre falta de harmonia no grupo. No fórum da banda você comentou que após tantos anos juntos, isso virava uma família e que as brigas rolavam. Você estava tentando manter a paz e evitando alarmes?

Pode se dizer que sim.

Então você ficou surpreso quando eles saíram ou era algo que acabaria acontecendo?

Fiquei muito surpreso e chateado. Ainda estou.

Como fã da banda, sempre me pareceu que o Nevermore teve um pouco de azar ou talvez tenha sido vítima do momento ruim da indústria. Quando você olha para trás, não lhe parece o mesmo?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Acho que tivemos momentos ruins e desorganização. Mas não mudaria nada, tudo acontece por um motivo. Estou falando isso por uma razão. Esses caras não tiveram um problema tão ruim como o meu com o álcool.

Há alguns meses, ninguém sequer perguntaria qual seu projeto principal. Hoje, qual seria a resposta?

No momento o Sanctuary. Estou trabalho em minha carreira solo também. Na verdade, já há idéias para o próximo disco do Nevermore, que será muito bom, ao que tudo indica. Para ser honesto, não fiquei muito feliz com nosso último álbum.

Com o que, especificamente?

A produção foi incrível. Gostei das letras. Mas senti que era mais do mesmo. Houve muita coisa envolvida nisso. Tenho orgulho dele, mas não é meu favorito.

Há quanto tempo a idéia de reformar o Sanctuary vinha rolando?

Há uns dois anos. Sempre falei com Lenny (Rutledge, guitarrista), mas nunca fomos amigos novamente. A volta reatou nossos laços. Mas não foi realmente porque o Nevermore estava implodindo, embora isso estivesse acontecendo. Nevermore... a maior banda que o álcool já arruinou.

Jeff Loomis estava atuando como segundo guitarrista do Sanctuary ao vivo. Presumo que ele não estará mais envolvido.

Sim. Não quer mais isso.

A mágoa ainda deve ser grande...

O que tem sido interessante para mim é quantas pessoas de talento entraram em contato para preencher a vaga dele.

No Nevermore ou Sanctuary?

Em ambos.


Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline WhipDin