Van Halen: Gene Simmons e Paul Stanley comentam a banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por João Renato Alves, Fonte: Blog Van do Halen
Enviar correções  |  Comentários  | 

Gene Simmons e Paul Stanley contribuiram para o livro Eddie Van Halen, de Neil Zlozower. A grande revelação é que não foi o Demon o primeiro da dupla a ver o guitarrista e sua banda ao vivo.

5000 acessosTop 20: os discos e singles mais odiados do rock, segundo o UCR5000 acessosDrogas e Álcool: protagonistas nos piores shows de grandes astros

Depoimento de Gene Simmons:

Uma vez, quando ser um rockstar significava algo e as groupies se orgulhavam de si e com quem tinham passado a noite, fui convidado a ir ao Starwood Club, em Los Angeles, para ver um grupo chamado The Boyz. Levei Bebe Buell (mãe de Liv Tyler) junto e sentei próximo a Rodney Bingenheimer, rei da noite local. Esperamos a banda de abertura. A vida é o que acontece quando você menos espera. Vi o Van Halen e fiquei boquiaberto. Eles detonaram.

Após duas músicas, fui esperá-los nos bastidores e imediatamente ofereci um contrato e os levei ao estúdio. Um fabricante de iogurte estava esperando para financiá-los. Implorei para que não aceitassem. Voamos até Nova York e assinamos com minha produtora, Man Of 1000 Faces. Levei-os ao Electric Ladyland Studios para fazer uma demo de treze músicas. Também comprei sapatos de plataforma e calças de couro para Dave.

Peguei a demo e mostrei aos outros caras do KISS e Bill Aucoin. Ninguém entendeu. Fiquei chocado. Devolvi a fita a eles, disse que tinha uma turnê para fazer e depois tentaria arrumar um contrato, mas depois de um tempo, rasguei o acordo e os deixei livres. Não levou muito para que a Warner Bros os chamasse.

Eu descobri o Van Halen? Não. Eu estava lá. Eu vi. Eu sabia. Eu sou um fã.

Depoimento de Paul Stanley:

Lita Ford e eu fomos ver o Van Halen no Starwood em 1977. Fiquei surpreso e levei Gene comigo na noite seguinte. O carisma, presença de palco, a atitude e as grandes músicas, com arranjos matadores fez deles algo único. Tudo em Edward, de sua técnica ao desenho da guitarra o transformava no coração da banda. Claramente era alguém que tocava em alto nível e de acordo com suas regras.

Muitos tentaram copiar seu estilo, mas sempre foi óbvio que, apesar de a imitação ser a forma mais sincera de elogio, apenas se aproxima do negócio real.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 20 de março de 2013
Post de 04 de novembro de 2014

Top 20Top 20
Os discos e singles mais odiados do rock, segundo o UCR

434 acessosLoudwire: em vídeo, 10 maiores riffs de metal dos anos setenta0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Van Halen"

Ultimate GuitarUltimate Guitar
Site elege os 100 melhores solos de guitarra

Van HalenVan Halen
Curiosidades sobre "5150", a estreia de Sammy Hagar na banda

Van HalenVan Halen
As 10 melhores faixas da banda segundo o Watchmojo.com

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Van Halen"

Drogas e ÁlcoolDrogas e Álcool
Protagonistas nos piores shows de grandes astros

CoversCovers
Quando bandas de Heavy e Power Metal prestam tributo

RammsteinRammstein
"Se alguém rir das gordinhas, eu quebro a cara dele!"

5000 acessosXia Vigor: garotinha de 7 anos incorpora Axl Rose em performance5000 acessosEm 25/09/1980: John Bonham, do Led Zeppelin, morre após intoxicação5000 acessosStoner Rock: Um guia básico para o estilo5000 acessosMegadeth: "Eu amo você não importa o quão babaca você seja"5000 acessosDimmu Borgir: "Somos uma banda satânica"5000 acessosSepultura: drum cam de Igor Cavalera tocando "Territory"

Sobre João Renato Alves

27 anos, jornalista formado pela Universidade de Cruz Alta. Kissmaníaco inveterado, um verdadeiro apaixonado pela banda de Gene Simmons e Paul Stanley. Idolatra com quase a mesma paixão Queen, Van Halen e Black Sabbath. Aprecia desde o Rock dos anos 50 (Elvis, Little Richard, Chuck Berry, entre outros) e 60 (Beatles, Rolling Stones, The Who, Led Zeppelin...), Hard Rock dos 70's (AC/DC, Deep Purple, Alice Cooper...) e 80's (Mötley Crüe, Def Leppard, Europe, Talisman...), Metal Tradicional (Judas Priest, Dio, Ozzy...), NWOBHM (Iron Maiden, Saxon, Angel Witch...) e Thrash oitentista (Slayer, Destruction, Kreator...). Já teve um programa de rádio, chamado "Lavagem Cerebral", na Unicruz FM. Solteiro e seguidor das idéias de Gene Simmons em relação ao casamento.

Mais matérias de João Renato Alves no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online